Jerusalém: tecnologia e história juntas nas novas atrações do Muro das Lamentações

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

óculos 3D no Muro das Lamentações
Fotos | Divulgação

A tecnologia chegou a um dos lugares mais sagrados da religião judaica. Óculos de realidade virtual e uma experiência multimídia permitem que os visitantes possam conhecer melhor a história do Muro das Lamentações, em Jerusalém, Israel.

muro-lamentacoes-interior-templo

Com a ajuda de equipamentos que criam uma visão em 360º, agora é possível ver como era o Segundo Templo de Salomão, destruído no ano 70. Um modelo em 3D da área foi recriado com atenção a todos os detalhes de como o local se parecia há 2000 anos. Narrado, o passeio começa no mercado ao ar livre que ficava próximo ao Templo. Chegando aos pátios internos, o visitante vai passar pelo altar e por sacerdotes fazendo suas tarefas diárias. A Menorá (o candelabro de sete braços) estará ali, assim como o Sumo Sacerdote, que realiza o “ketoret”, a queima do incenso sobre um pequeno altar de ouro. A atração custa o equivalente a US$ 8.

Museu do Amanhã: dicas para visitar
Futurismo à brasileira

  • Museu do Amanhã: dicas para comprar seu ingresso e tirar proveito da sua visita

Viagem a Jerusalém, no Muro das lamentações

Já a experiência multimídia 'Viagem por Jerusalém' tem 50 minutos de duração e fica em uma sala especial nos túneis do Muro. Seguindo uma linha do tempo, os acontecimentos históricos mostrados na atração acompanham a partir da destruição do Segundo Templo, a dispersão do povo por países de exílio, até o retorno à Jerusalém e sua reconstrução nos dias atuais. Eventos enfrentados pelos judeus nessa época contarão com a interatividade do participante, que poderá tomar decisões a respeito do que fazer. 'Viagem por Jerusalém' levou mais de dez anos de pesquisas e estudos, além de outros 3 em produção, para dar realismo e veracidade histórica ao relato. A atração é apresentada em inglês e custa o equivalente a US$ 7.

As duas novidades complementam o tour guiado pelos túneis do Muro das Lamentações, que acompanha escavações abaixo do nível do solo, entre as casas do Bairro Judeu e da Plaza. Aberto desde 2013, esse espaço concentra achados arqueológicos de diversos períodos da história de Jerusalém. O tour é apresentado em inglês e custa o equivalente a US$ 8.

Escavações no Muro das lamentações

O Muro das Lamentações é administrado por uma fundação criada para preservar a área. O ideal é agendar as atividades com antecedência, aqui (há faixas de horários para visitação com limite de participantes em cada uma).

Leia mais:

4 comentários

Malu Esper
Malu EsperPermalinkResponder

Grandes novidades em Jerusalém . O tour guiado pelos túneis do Muro das Lamentações deve ser espetacular. Tudo é emocionante e aproveitar essas novas atrações é fundamental !

Cezar Benjó
Cezar BenjóPermalinkResponder

gostei

Maria de Assunçao

Fui em Jerusalem em junho de 2016 e ainda nao tinha estas opçoes tecnologicas. Fiz o tour guiado pelos muros e ja achei fantastico viajar no tempo e na rica historia de Jerusalem, imagina agora com todo este aparato de tecnologia. Voltarei em fevereiro de 2017 com uma amiga, com certeza farei este tour tecnologico.

Eduardo Barros Leal

Estive no período de 01/11 à 17/11/16 em Israel, conheci vários lugares sagrados da cristandade em Tiberias, Mar Morto, Mar da Galileia, Cesareia de Felipe e Marítima, rio Jordão, Monte das OLiveiras, Haifa (antes do Incendio), Belém na Cisjordania, Jericho na Palestina, Domo da Rocha, Igreja do Santo sepulcro, Igreja das Nações, Museu do Holocausto, Casa de Pedro, e várias outras atrações, entre elas o Muro das Lamentações, mas infelizmente a agencia não mencionou esta atração nos subterraneos do muro, vi várias entradas de de túneis e se soubesse da existencia deste roteiro iria sem pestanejar, Jerusalém é uma cidade fascinante, exuberante, recheada de religiosidade e história, este período que fui a menos de um mês, estava lotada de turistas de todo o mundo, que pena que perdi esta atração.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar