Enquete: qual foi sua viagem inesquecível com a sua mãe?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Enquete viagens com mãe

Foto | Marco Ferraz

Sou de um tempo em que as famílias eram numerosas, e as viagens de pais de classe média com filhos eram sempre de carro, para a casa de algum parente. Ainda não tinham inventado os resorts; o que existia de mais parecido era a Pousada do Rio Quente, em Goiás. A Disney, recém-inaugurada na Flórida (e ainda chamada pelo nome completo, 'Disney World', para diferenciar da 'Disneylândia' da Califórnia) era destino de excursões só de crianças -- não passava pela cabeça de um adulto se aborrecer uma semana em parques de diversão.

Meus pais só começaram a viajar de verdade depois que meu pai se aposentou. Fizeram algumas excursões da Abreu, e quando meu pai tomou coragem de viajar por conta própria, passou a alugar carro para fazer o tipo de viagem que eu menos recomendo hoje em dia: cruzar a Europa pelas auto-estradas, ficando quase nada em cada lugar...

Infelizmente meus pais se foram muito cedo, e eu não tive a oportunidade de experimentar o prazer de levar meus pais para viajar. Snif.

Aproveitando que o Dia das Mães está aí, que lembranças você tem das viagens com ela, em qualquer fase da sua vida ou da vida dela?

Ah, sim -- valem também viagens em que o seu pai estava junto, claro! smile

Leia mais:

40 comentários

Carla
CarlaPermalinkResponder

Eu já carreguei a minha mãe (e o meu pai!) para tantas viagens que fica até um pouco difícil escolher uma para ganhar o prêmio de inesquecível... Vou ficar com uma das poucas que fizemos só nós duas: uma semaninha de sol, sombra, água de coco, caipirinhas e comidinha baiana em Arraial d'Ajuda, Trancoso e Praia do Espelho - uma viagem bem ao gosto dela, que é muito mais "praieira" do que eu... wink

Diógenes
DiógenesPermalinkResponder

Meus pais são meus melhores companheiros de viagem. Já fizemos várias juntos. A última foi pra Balneário Camburiú em abril/2017. Talvez a mais "impactante" foi aquela onde vimos, juntos, a Torre Eiffel pela 1ª vez. Foi em setembro/2015.

Yuri
YuriPermalinkResponder

Um dia estávamos eu e minha mãe vendo qualquer coisa na TV sobre Roma ou o papa, e ela, católica, menciona o quanto gostaria de um dia conhecer o Vaticano. Eu disse, "vamos em julho do ano que vem?" como quem não quer nada. Ela ficou em cima do muro, porém 1 mês depois consegui convencê-la e compramos as passagens! Eu já tinha ido à Roma sozinho um ano antes, e foi muito legal mostrar o que eu já conhecia a ela, além de ter conseguido marcar uma audiência com o papa. Já tínhamos viajado outras vezes e com outras pessoas, nessa fomos somente nós e foi bem especial. smile

Diva Pacheco
Diva PachecoPermalinkResponder

A minha viagem inesquecível com minha mãe foi a que fizemos pro Chile em 2014. Ver os olhos dela deslumbrados não tem preço!

Carla Rosa
Carla RosaPermalinkResponder

Minha mãe é a pessoa que me passou o gosto por viajar. E no início era sempre de trem no interior do RS, para a casa de minha vó nas férias escolares. Inesquecível mesmo presenciar a emoção dela em frente à casa onde Carlos Gardel morou em Buenos Aires. Ela colocou as mãos na parede, como se pudesse reviver ou sentir toda a história passada ali dentro. Foi em 2015, ela passou o aniversário de 72 anos na capital portenha. Detalhe: a velhinha aguentou firme nossa viagem de mochileiras, porque fomos de ônibus desde Ciudad del Este até Buenos Aires. Viagem longa e divertida. E para lembrar dos velhos tempos, seguimos de trem para La Plata, pois meu filho queria ver os esqueletos de dinossauros no museu de lá.

Sergio Lulkin
Sergio LulkinPermalinkResponder

Em 1964, mãe com três filhos pequenos viaja de Porto Alegre para Buenos Aires, via Paso de los Libres, de trem! Impossível esquecer os dois dias de viagem.

Aurea
AureaPermalinkResponder

Desde criança acompanho a paixão de minha mãe por Carlos Gardel, seus tangos maravilhosos, sua elegância.

Há alguns anos chegou o momento de levá-la a Buenos Aires para um belo passeio e show de tango. Foi uma delícia vê-la realizando um sonho antigo e curtindo cada instante da experiência.

Inesquecível!

Gabriel Britto

Praga, 2001. Mãe e pai foram me visitar lá e viram a primeira neve da vida deles. Nunca esquecerei do encanto de ambos com alguns floquinhos que mal dava para ver. Depois, na mesma viagem, eles viram várias nevascas fortes, mas a cena dos floquinhos é mais marcante. Eu recomendo muito aos filhos adultos: se possível, viajem com seus pais, de preferência para lugares onde eles não iriam sozinhos. Alguns momentos são complicados, mas o sentimento geral é extremamente positivo. =)

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Foi uma viagem de familia q tenho clara lembrança: eu tinha 10 anos e atravessamos a Cordilheira dos Andes de trem . Minha māe falou pra mim e irmao de 9 anos: aproveitem q este trem anda muito devagar e desçam pra pegar um pouco de neve ! Sair e voltar de um trem em movimento foi uma tatuagem permanente na minha vida viajante.

Alberto G. Martins

Quando descobrimos que meu pai estava com câncer, decidi que enquanto ele vivesse dedicaria um tempo para viajarmos juntos. E assim foi até que falecesse há exatos dois anos. Claro que minha mãe sempre estava conosco e essas viagens passaram a ter um gosto muito especial: agora era minha vez de mostrar o mundo pra eles!
Desde que passamos a viajar só nós dois, eu e minha mãe já fomos para Miami, Orlando, Paris, Cuzco, Lima e Machu Picchu. Mas a viagem que mais me marcou com ela, até agora, foi a Paris! Como ela amou a Cidade Luz e até hoje me pede pra voltar. <3

Rosany
RosanyPermalinkResponder

Eu queria ter um tempo só nosso e propus Buenos Aires, ela ficou reticente porque além de ser um destino com outra língua, bem parecida de fato, também nunca havia viajado de avião, mas topou e adorou, contou para todas as amigas..rsrsrs. Estou planejando outra, agora com minha irmã junto.

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Minha mãe é minha companheira de viagem.
Já fizemos algumas boas viagens juntas mas a que mais me surpreendeu e marcou foi fazer a rota romântica na Alemanha de trem em pleno inverno, contrariando todas as previsões de que não daria certo. Conhecemos Fussen a -16 graus, com muita neve caindo.....
Nunca me esquecerei !

Adinora Ferreira

A viagem inesquecível que fiz com minha mãe,em 2010,ela com quase 90 anos,foi a Santiago de Compostela.Estávamos no Porto e de carro foi muito fácil chegar lá.Foi emocionante ! Ao chegarmos na praça do Obradoiro,frente a magnífica Catedral,choramos de emoção !

Renata
RenataPermalinkResponder

Minha mãe é minha melhor companhia de viagem.
Já fizemos muitas, mas uma que me marcou foi Macchu Picchu, que era o sonho dela. Quando telefonei para dar a notícia de que iríamos para lá, no dia seguinte ela já estava vacinada contra febre amarela e já havia emitido a certidão internacional. Isso 4 meses antes da viagem...
Outra viagem emocionante foi a Cartagena e San Andrés. Levei, além da minha mãe, minha avó (que completou 87 anos na viagem) e minha tia/madrinha. Foi tão bom que estamos nos preparando para voltar.

Ines Martins
Ines MartinsPermalinkResponder

Minha mãe é portuguesa mas veio para o Brasil com 10 anos de idade e já estava com 53 quando eu tive condições de levá-la para a Terrinha. Dá pra imaginar a emoção de voltar à casa onde nasceu e cresceu e que continuava do mesmo jeitinho de quando ela partiu?
Pude reviver com ela as histórias da infância, conhecer pessoas daquela época. Foi inesquecível!!

A mais recente foi em março deste ano para a Disney. Mamãe vira criança tirando fotos com as princesas! Bom demais! ?

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

"... Infelizmente meus pais se foram muito cedo, e eu não tive a oportunidade de experimentar o prazer de levar meus pais para viajar. Snif...."

Parabens, e obrigado, pela sua generosidade de propor um tema tão singelo e emocionante, mesmo voce proprio não tendo a sua historia para compartilhar, Ricardo!

Sut-Mie Guibert | Viajando com Pimpolhos

Tive a sorte de ter várias viagens em família, mas 2 me marcaram com a minha mãe, pelo simples fato que fomos só nós 3: três mulheres, a mãe e suas 2 filhas. Uma foi quando eu era mais jovem: fomos de carro de Natal até Recife/Porto de Galinhas e foi uma delícia, porque há muito tempo não viajávamos assim só as 3, ainda mais numa época em que as filhas já tinham namorados... ??
E a outra, foi para os 70 anos dela. Novamente, que dificuldade viajarmos sozinhas! Ainda mais que hoje em dia, as filhas tem filhos, marido, família... Mas por isso mesmo achamos que tínhamos que ir sozinhas com ela: ela é que tinha que ser o centro das nossas atenções e ela é que merecia ter as filhas dela para ela. E foi maravilhoso! Levamos ela para Florença e Pisa, fizemos passeios com tours programados para ela não se cansar e termos tudo organizado, comemos muito bem, tiramos muitas fotos e selfies e demos muitas risadas no nosso quarto triplo! ❤️
Hoje sou eu que tenho 2 filhas: faço de tudo para elas descobrirem o mundo com prazer! Espero que "amanhã", elas escrevam pra vc contando que elas tiveram uma mãe que as empurrava para o mundo...e principalmente, te contando o lugar onde elas planejam me levar para os meus 70 anos!
Bj, Riq e equipe! Obrigada pelo carinho de nos deixar contar essas lembranças tão doces!

Livia Tellini
Livia TelliniPermalinkResponder

Todas que fiz só eu e minha mãe são inesquecíveis! Miami, NY, Londres, Paris, Espanha, cada lugar traz uma lembrança só nossa e a viagem não seria tão legal se ela não estivesse junto, afinal, ela topa tudo que eu proponho!

Isadora
IsadoraPermalinkResponder

Março de 2017. João Pessoa e Pipa. Foi a primeira vez que minha mãe foi ao tão sonhado Nordeste que ela queria tanto! Foi tb época do aniversário do meu pai que passou o ano passado muito doente e decidimos que quando ele se recuperasse iriamos todos viajar. A felicidade está estampada nas fotos!

Jessica Costa
Jessica CostaPermalinkResponder

Em março deste ano fomos para o deserto do atacama. Levei minha mãe para fazer um mochilao por buenoa aires, santiago, deserto do atacama e salar de uyuni. Minha mãe com 58 anos adorou Essa foi uma das muitas. Minha mae sempre viaja comigo. Muitas pessoas perguntavam se eu era louca de levar minha maeo atacama e para o uyuni

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Minha viagem inesquecível com a minha mãe também foi ao Atacama, em 2010. Meus pais já estavam na casa dos 60, mas a gente se divertiu à beça!

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Em 2013 fomos para a Europa, primeira vez de meus pais, e o programa mais especial para mim foi levar minha mãe, que é florista, pra conhecer os jardins de Monet em Giverny. Eu não sabia se admirava as flores ou se admirava ela se admirando com os jardins. Foi muito especial. Ainda quero levá-la para conhecer o Keukenhof. <3

Silvana Aiala
Silvana AialaPermalinkResponder

Fui buscar meu filho depois de dez meses de intercâmbio no Oregon, e levei minha mãe, com 76 anos, e meu outro filho, de 14. Éramos quatro viajantes, percorrendo, de carro, durante 26 dias, mais de dois mil quilometros da costa entre Portland e San Diego. Simplesmente maravilhoso e absolutamente inesquecível!!!.Fizemos essa viagem em junho de 2014. Até hoje, olhando as imagens no porta retrato digital, embarcamos, por alguns instantes, naqueles momentos.......

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Roma! Ano passado convenci minha mãe a viajar pela Itália. Nos encontramos em Veneza, eu já estava pela Europa, e fomos descendo até Roma, passando por Florença. A emoção da minha mãe ao ver o Papa de perto foi linda de ver!!

MOEMA QUEIROZ ANTUNES

Somos uma família de 09 filhAs e quando minha mãe fez 80 anos, em 2014, a presenteamos com uma viagem à Gramado. Somente ela e as 09 filhas, quase uma excursão de 10 mulheres (rs). Foi tudo lindo e maravilhoso! Ela amou...

Mariana Ribeiro

Vixe, foi em 1998, primeira vez que saimos do Brasil pela falida Sabena e Vasp. Cerca de 27 dias na Europa, nao tinhamos reservas de nada e tinhamos em maos os famosos Europasses. A viagem foi da minha mae, ela me levou junto porque na epoca falava um ingles mais ou menos.

Cláudia Itaborahy

Foi para os lençóis maranhenses. A nossa primeira viagem só nossa. Ver minha mãe igual criança naquelas dunas foi o melhor.

Amanda
AmandaPermalinkResponder

A melhor por mais boba que seja, foi quando fomos ao Kennedy space center! Eu queria muito conhecer, ela não fazia ideia do que ia encontrar, e acabou se apaixonando. A visita tinha a opção de tradução em português e pra ela que não entende um pingo de ingles foi incrível! Ela saiu com os olhos cheios de lágrimas e toda vez que fala sobre lá com detalhes ela se emociona!

Christhiane Van Der Schaynereder

Foram muitas!!! Mas, sem dúvida, Lisboa e Madri com mamy foi apoteótico!!!

Adela Worcman
Adela WorcmanPermalinkResponder

Ha 40 anos atrás, qdo estava para comemorar 10 anos de casada e com 3 filhas, falei para minha mãe: mae , vou completar 10 anos de casada e depois da lua de mel, nunca mais viajamos eu e meu marido. Vc e papai poderiam ficar com as crianças para pegarmos um passeio de navio?
Ela me respondeu: tenho uma idéia melhor, vamos todos! Vcs nao vao acreditar, mas esta foi a última viagem com ela. Na volta, descobrimos que ela estava com metástase ossea, e veio a falecer. Nao da para esquecer esta viagem!

Cesar Luz David

Já tive a oportunidade de viajar como ela algumas vezes, mas as mais especiais foram a que passamos o Natal em NY e a que fomos para Suíça. Na viagem no Natal tivemos chance de ver a cidade toda enfeitada, fazer uma ceia de natal num restaurante que nós adoramos e depois andar à noite pela cidade. Foi uma viagem linda. Já na Suíça foram duas semanas viajando pelo país, conhecendo os lugares, subindo montanhas e nos divertindo muito. Rimos bastante, tiramos muitas fotos e pudemos passar um bom tempo juntos. Foi uma das melhores viagens que já fizemos.
Beijos Mãe!

Rosane Lucca da Luz

A minha viagem inesquecível com minha mãe foi a que fizemos para Gramado no verão de 2006. Voltamos a cidade mais uma vez, que já conhecíamos muito bem. No entanto, foi tudo novo. Um hotel em um Parque exuberante, que permitia caminhar descalças no gramado verde, escutando os pássaros. O café da manhã estimulante para anunciar um dia maravilhoso. Fizemos alguns passeios como conhecer uma fábrica de erva mate, e um local com forno de barro produzindo pães cheirosos, além de vinícola e música que vinha de um gaiteiro inspirado, e as pessoas dançando. Poucos meses depois ela faleceu, pois já estava bastante doente. Foram apenas 5 dias, mas parecem eternos para mim, pois não se dissiparam até hoje. Gostaria que minha mãe tivesse conhecido a Itália, onde nasceu o seu pai. Hoje, tenho viajado bastante, e todas as igrejas que conheço pelo mundo, o meu primeiro pensamento é para minha mãe, rezo por estar realizando o que ela gostaria de ter feito. Viajar com as pessoas que amamos é uma combinação perfeita.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Impressionante nos dias de hoje não da p pensar nisso

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Que tema singelo Riq, que bonito da sua parte! Eu estava em Miami longe no dia do post então vou contar a minha - antes de eu me casar eu perguntei para onde minha mãe queria ir só nos duas - em Maio de 2010 fomos a Roma e ficamos no Vaticano - cansadas do voo na econômica deixamos as malas e fomos p lá. Depois fomos a Paris que ela Tb pediu e lá compramos muitas roupinhas para a neta dela (ela virou avó meses depois). Inclui Tb a Provence que era novidade para mim - Avignon sem falar uma palavra de inglês ou francês ela comprou uma água enquanto eu fui ao Palais du Pape (com 63 anos não encarou as escadarias). Outra já casada mas sem filho que fomos sozinhas foi em 2011 que visitamos família em BH e conhecemos juntas Inhotim, depois desbravamos estradas novas graças ao Google Maps até Carmo do Rio Claro ver mais parentes. Rimos até hoje do buraco na ponte no meio da noite

Eduardo monte
Eduardo montePermalinkResponder

Minha mãe sempre viajou muito, num dia perguntamos a ela qual seria o destino dos seus sonhos e ela escolheu Samarcanda no Uzbequistão!!o detalhe é que ela estava na época com 86 anos !!resolvemos ir assim mesmo e a viagem foi inesquecível .Fomos incialmente a Tasken depois a Khiva, Bukhara e Samarkand.É uma região com muita história e uma cultura muito diferente. Éramos os únicos brasileiros e todos pediam para tirar fotos conosco.O Registan , as madrassas e o palácio branco de Tamerlao são impressionantes.

Mariana G.
Mariana G.PermalinkResponder

Em 2012, eu e minha mãe fomos sozinhas pela primeira vez pra Europa.. o mais marcante pra mim foi quando chegamos ao hotel em Milão, que era nosso primeiro destino, e como eu estava morta de cansada da viagem, acabei caindo na cama e cochilando quase que imediatamente, aí uns minutinhos depois despertei e, sem que minha mãe percebesse, fiquei a observando por alguns segundos enquanto ela olhava pela janela e dizia baixinho pra ela mesma que não acreditava que estava na Itália e que tudo era muito lindo (isso pq a vista da janela nem era lá essas coisas, rs), nesse instante me obriguei a levantar e aguentar o cansaço pra sair com ela e dar uma volta pela cidade... e ver como ela ficou fascinada com cada nova descoberta foi a coisa mais incrível!! Uma viagem dessas pra nunca mais esquecer smile

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Meus pais são daqueles que trabalharam a vida toda e deixaram pra curtir na aposentaria, só que infelizmente só minha mãe tem gosto pra viagem. O sonho dela era conhecer Paris, e pra lá fomos, em outubro de 2015 (época em que eu completava 24 anos e minha mãe 59). Fomos também para Amsterdã. Ela me surpreendeu muito sendo receptiva às adversidades, aos airbnb apertadinhos, coisas que achei que ela reclamaria horrores. Viajar ensina muito a nós, e ensina que temos muito ainda a aprender com nossos pais. Foi uma viagem muito especial, sem dúvida.

Inês Martins
Inês MartinsPermalinkResponder

Meu Deus! Exato 1 mês depois de ter respondido, minha mãe partiu para sua última viagem...
Jamais serão esquecidas as diversas viagens e momentos que tivemos juntas. Nossa última viagem foi a que postei, para a Disney. Mas talvez a mais inesquecível foi quando a levei para rever sua Terrinha em Portugal. Saudades...

Ana Beatriz
Ana BeatrizPermalinkResponder

Todas as viagens com meus pais são sempre incríveis, mas com a ninha mãe especificamente, foi a viagem que fizemos pra NY. Não foram as melhores programações, mas ter a comoanhia dela 24hs foi absolutamente incrível ❤️

Jorge Otávio
Jorge OtávioPermalinkResponder

Era uma viagem tão simples. De carro do Rio para Mangaratiba. Singelos 110 Km de casa mas parecia uma eternidade de distância nos meis distantes 10 anos de idade.
Hoje pode parecer ridículo depois de ter viajado para 101 países mundo a fora mas nunca esqueci os preparativos e aquele verão especial de 1981 que sempre revivo na memória.
Saudades e que Deus os tenha a seu lado.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar