Enquete: você tem medo de avião?

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Los Roques

Quem tem medo de avião aí? Até na equipe do Viaje na Viagem temos a nossa cota de medrosos (presente!). Eu sei, eu sei: viajar de avião é muitíssimo mais seguro do que viajar de carro ou de ônibus. Mas, na hora da decolagem, quem é que consegue se lembrar disso? Na 23D, um está se benzendo. Na 5C, outro parece querer esmagar os braços da poltrona. Os tranquilos? Desconfio que metade tomou um uisquinho, um remedinho, ou pelo menos um suco de maracujá.

É um troço que não é racional. Eu, por exemplo, fico logo cismada quando pego um vôo de São Paulo ao Rio e entra aquele monte de global no avião. Galã da novela das 9, apresentadora de canal a cabo, narrador de futebol. Pronto: já penso logo nas manchetes da tragédia. "Morre âncora de telejornal e mais 54 passageiros na ponte-aérea" -- e eu, obviamente, entre os tais 54. (Tirando o dia em que entrou a Nicette Bruno no avião. Pensei: não iam aprontar uma dessas, derrubar avião com a Nicette dentro. Me deu até uma tranquilizada.)

Aprendi no Aviões & Músicas: turbulência não faz avião cair; arremeter é algo corriqueiro (para quem pilota, ao menos), e falha no motor não é suficiente para o avião despencar. No último relatório anual da IATA, consta que em 2016 houve apenas 1,61 acidentes a cada um milhão de vôos comerciais. De repente é uma boa idéia, no próximo vôo, levar tudo isso anotado em um papelzinho.

Queremos saber: você tem medo de avião? O que faz para (tentar) se acalmar? Deixou de fazer alguma viagem por medo? E superstições, adota alguma?

Conta pra gente!

Mais enquetes:

126 comentários

bianca
biancaPermalinkResponder

Sempre viajo de boa mas confesso que depois do acidente da Tam sempre oro um pouquinho no pouso em Congonhas!

Andrea Gesse
Andrea GessePermalinkResponder

Eu tenho PAVOR de viajar de avião, já viajei 4 vezes e todas foram terríveis pra mim, eu entro em pânico, choro do início ao fim, e rezo, rezo muito. Oq eu faço é tomar muitos remédios, mas eles só fazem efeito quando estou fora do avião ? Já desisti de algumas viagens sim, geralmente quando eu aceito viajar é pq insistiram muito e eu fico com vergonha de dizer não, mas assim q chega a data da viagem eu me arrependo rs

Isabella Barriviera

Não tenho medo, mas acho incômodo. Não é a melhor sensação do mundo, mas me incomodo muito mais com o aperto da classe econômica do que com o voo em si. Mas sou daquelas que faz orações durante o voo pedindo pra acabar logo e chegar em terra firme. Rsrs
Acho que era mais corajosa quando era mais nova.

Wellington Esperancin de Jesus

Sou cristão e sim oro, mas eu aprendi enfrentar meus medos, uma vez assisti uma entrevista do Will Smith onde após enfrentar seu maior medo que era pular de pára-quedas ele disse: "Deus colocou as melhores coisas da vida do outro lado do medo" E procurando mais sobre essa analogia achei Mandela: "Aprendi que a coragem não é ausência do medo, mas o triunfo sobre ele. O homen corajoso não é aquele que não sente medo, mas conquista esse medo." É desse jeito que consigo andar de avião enfrentando de frente o medo.

Lenilza
LenilzaPermalinkResponder

Sempre tomo Rivotril, dependendo do tempo de Vôo , é a parte do comprimido que tomo. Não entro sem tomar meu "rivo". Quando começam a chamar para entrar no avião , puxo minha bolsinha e já tomo meu pedaço, ou se vôo internacional, um comprimido inteiro . E olha que viajo umas 5 vezes ao ano . Mas não perco mesmo uma viagem pelo medo .

Solange Cruz
Solange CruzPermalinkResponder

Aplicatovos como o " conquer your fear of flying" e artigos do Captain Tom do SOAR, técnicas de respiração relaxante e ficar pensando nas estatísticas me confortam. Tenho nos APP os cartõezinhos e os leio- a probabilidade que tudo vai dar certo no seu voo é de 99,999999%. E - "talk to the capital and crew" - eles estão acostumados com os medrosos e vao te ajudar. Se eles tem família e saem todos os dias para trabalhar é porque são corajosos ou normais?

Conceição Anibal

Se disser que fico super a vontade em avião, estarei mentindo, mas procuro desencanar. Procuro relaxar e foco em outras coisas. Penso que o que tiver que ser será. Meu medo não me ajudará em nada. O que mais me incomoda no avião é o espaço entre assentos na classe econômica e viajar em outro lugar que não seja o corredor.

Luis Renato
Luis RenatoPermalinkResponder

Sempre evito assistir programas ou filmes sobre acidentes aéreos e também procuro esquecer a música "American Pie".

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Medo zero de avião! Tenho medo de andar nas estradas horrorosas do Brasil, isso sim.

Laura
LauraPermalinkResponder

Eu não tenho medo de aviões, pelo contrário. Tenho é medo de sair do aeroporto para a rua em um país desconhecido. Aí complica.

Anuaria Cantuaria

Tenho medo mas não deixo de viajar por causa disso. Tento pensar nas estatísticas, mas sempre tomo Frontal, e vou de boa.

Marcia Palhares

Tenho medo sim, mas já foi bem pior. Hoje não deixo mais de viajar por isso. Prefiro viagens longas, porque não fico naquela aflição de subir e descer em 2 ou 3 horas. Ponte aérea é a pior pra mim. Detesto.

Andréa
AndréaPermalinkResponder

Caracas, penso Igualzinha como vc, não consigo nem ir ao banheiro, parece que se eu me levantar desestabiliza o avião.Já viajei dopada, chorando, bêbada e segurando nas mãos de desconhecidos e também fiz hipnose pra ver se melhorava desse meu pânico, não adiantou nada, mas viajo, é difícil, melhorei um pouquinho da ansiedade, pois conhecer novos lugares é muito bom e não podemos viver sob o signo do medo! Rezo muito também,? repito pra eu mesma: não cai uma folha sem Deus querer...

Érica
ÉricaPermalinkResponder

Hoje 05/01/18 Não consegui embarcar num voo pela Latam de Salvador para São Paulo para ir ver meu marido que agora está trabalhando lá em SP.
O meu sofrimento começou no dia 03/01/18 quando ele comprou minha passagem e sem meu consentimento. Do dia 03/01 até o dia 05/01 a sensação que eu tinha era que estava indo para um abatedouro. Essa seria minha terceira viagem de avião e sozinha. Eu não parava de pensar momento nessa viagem e achava que algo daria errado. Me sinto aprisionada dentro de mim mesma. Meu marido ainda por cima em casa fica assistindo uns documentários sobre catástrofes aéreas. E o pior que ele também tem medo. Mas viaja de avião porque não tem escolha.
Li todos os relatos aqui e vi que não estou sozinha nessa. Meu maior desejo é perder esse medo e ir conhecer o mundo com a certeza que um avião é 100% seguro.
Hoje me senti Alegre e aliviada por não ter viajado. Deixei a passagem em aberto. Porém me senti uma covarde de não enfrentar esse medo. Chorei o dia todo, so pensava em meus filhos, é tudo que qualquer pessoa falava pra mim sobre qualquer coisa, eu ja achava que seria uma despedida. Não tive coragem de viajar e ainda ganhei de presente a fúria de meu maridoque não me entende e o comentário de algumas pessoas da família dizendo que é frescura minha.
Obrigada pela atenção e desculpa o desabafo.

Monica Mariz
Monica MarizPermalinkResponder

Tenho medo sim, mas não me paraliza. Viajo. Mas não relaxo no avião

Sergio
SergioPermalinkResponder

Minha história começa quando ainda jovem ficava tonto ao atravessar uma...ponte! Janela de edifício, montanhas, nem pensar. Um dia me tomei de brios, lentamente fui desafiando minhas pernas bambas, meu frio nas mãos, primeiramente pequenas alturas, depois médias, mirantes. Hoje viajo sem traumas, até me dei o direito a desafios impensáveis como voo duplo de asa delta e ultra-leve.
Tornei-me livre.

Gabriela Gutierrez

Tenho medo sim, mais isso não me impede de viajar .
O panico é quando o avião estaciona no aeroporto com as portas fechadas e demora em abrir , ja dei um show quando os passageiros esperavam para sair dele.
E claustrofobia pura.

Helena
HelenaPermalinkResponder

Eu tenho verdadeiro pavor, mas viajo, mas só acompanhada de meu marido e filhos. Meu marido brinca que eu estou na lista vermelha das companhias aéreas...passageira problema! Eu tomo medicamento qd vou viajar, faço sessões de terapia e vou. O problema que quando entro desaprendo tudo, choro, grito um horror. Minha filha pequena diz..não chore mamãe. O melhor é que minhas histórias nos vôos sempre rendem muitas risadas para todos quando volto. É o que me consola!!! Ano que vem será o grande desafio...viajar eu e o marido sem as crianças.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar