Circuito das Frutas de Louveira e Itupeva: um roteiro de comilança perto de SP

Heloísa Dall'Antonia
por Heloísa Dall'Antonia

Placa do Circuito das Frutas

Quem sai de São Paulo pelas rodovias Anhanguera, Bandeirantes ou Fernão Dias certamente já deparou com placas indicando que a próxima cidade faz parte do Circuito das Frutas. Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo fazem parte de uma associação em torno do turismo rural, privilegiando suas propriedades agrícolas.

Circuito das frutas: restaurante Menegon

As festas de frutas típicas de cada cidade (uvas, morangos, figos, caquis, pêssegos), realizadas na época da colheitas, são famosas há um bom tempo. Mas há outras atrações fora dos festivais. Sítios que que permitem visitação -- e eventualmente a atividade 'colha e pague'. Restaurantes de comida de fazenda. Lojas de artigos feitos com ingredientes locais. Você não perde o passeio.

Em meio às frutas, um momento zen. O templo budista de Cabreúva oferece uma pausa para meditação.

Conheça as propriedades do circuito entre Itupeva e Louveira, com direito a uma escapadinha a Cabreúva.

Mexa no mapa! Use o comando (+) para aproximar e ver detalhes que não aparecem. Use o comando (-) para afastar e ter um plano ainda mais geral.

  • Em Itupeva

Adega Lourençon

Adega Lorençon, Circuito das Frutas

Enquanto a lojinha recebe os visitantes com sucos, vinhos, queijos, mel, salames e uvas, a plantação de diversos tipos da fruta pode ser visitada a pé pela propriedade da família.

Circuito das Frutas, Adega Lourençon, parreiras

É possível ver como funciona a produção artesanal das bebidas e, claro, degustar algumas delas.

Adega Família Lourençon

  • Rodovia Akzo Nobel, 3420, Itupeva | De 2ª a 6ª das 8h às 18h, domingo e feriado das 8h às 12h | Tel. (11) 4582-6328 | Estacionamento no local

Sítio Santa Vitória & restaurante Família Menegon

Circuito das Frutas

É uma delícia caminhar pela área do sítio Santa Vitória, onde plantações de uvas se apresentam conforme sua variedade: niagara, nacional, bordô, corvina... Algumas ficam cobertas, para que passarinhos não acabem comendo tudo, mas basta levantar o véu para experimentar as uvas. Num passeio com José Roberto, um dos integrantes da família, dá para descobrir que nem sempre a mais bonita é a mais docinha, entre outras histórias que contextualizam a produção de vinhos na região de Jundiaí. O passeio custa R$ 5 por pessoa (valor de dezembro de 2017).

Circuito das Frutas

Gostaria de participar da colheita? Sem problemas. Depois de uma explicação sobre a forma correta de tirar os cachos do pé, é possível pagar pela caixa das frutinhas que você mesmo colheu.

Cercado de muitas árvores e animais de fazenda, o local também inclui um restaurante. Com fogão a lenha, serve buffet com sobremesa a R$ 38 por pessoa (valor de dezembro de 2017). Nas noites de sexta, serve caldos e porções, com música ao vivo, a partir das 20h.

Sítio Santa Vitória / Restaurante Família Menegon

  • Via Paulo Leone, 706, Itupeva | Sábado, domingo e feriado das 11h30 às 15h30 | Tel. (11) 4496-2528 | Estacionamento no local

Apiário Nona Emília

Apiário Nona Emília, abelhas

Mais de dez espécies de abelhas sem ferrão podem ser observadas trabalhando em suas colmeias no Apiário Nona Emília. O sítio, porém, tem muitos outros atrativos. Há uma sala aberta, em que acontecem apresentações sobre as abelhas, incluindo como se defender no caso de um ataque. Na Casa do Mel você vê a produção de alguns dos produtos derivados no meu. Existe uma sala de apiterapia (é necessário marcar horário) e outra área com abelhas de fato perigosas.

Se você der sorte de chegar lá quando um grupo com guia estiver se preparando para conhecer a área, pode acompanhar o grupo, por R$ 10 (valor de dezembro de 2017). Se não houver nenhum grupo agendado, é possível andar livremente por parte desses locais, sem custo.

Circuito das Frutas, Apiário Nona Emília, Circuito das Frutas

Na saída, a tradicional lojinha com produtos feitos ali (tem mel líquido, favos, doces, vinhos, licores e geleias).

Apiário Nona Emília

  • Via Paulo Leone, 1050, Itupeva | Loja aberta de 2ª a sábado das 8h às 17h30; domingo e feriado das 8h às 13h | Tel. (11) 4591-3124 | Estacionamento no local

Sítio Sassafraz

Circuito das Frutas: Sítio Sassafraz

Um pomar enorme, com uma grande variedade de frutas, além de muitos animais de fazenda e outros silvestres, recebem os visitantes do aconchegante sítio.

Um 'trenzinho' puxado por um trator leva você por uma volta pela propriedade, que também oferece cavalos para crianças (R$ 4, valor de dezembro de 2017). Dá para tirar frutas do pé e coletar legumes no sistema 'Colha e pague'. Uma vendinha com cara de antiga completa o cenário.

Nos fins de semana a visita fica mais interessante, com o café da manhã colonial.

Circuito das Frutas: Sítio Sassafraz

Produtos feitos artesanalmente com ingredientes da fazenda também podem ser comprados no local.

Sítio Sassafraz

  • Via Paulo Leone, 1400, Itupeva | Tel. (11) 4496-2201 | Visitação de 2ª a 6ª das 8h às 17h; sábado e domingo das 8h às 14h | Café da manhã colonial sábado e domingo (R$ 39,90 por pessoa, valor de dezembro/2017). | | Estacionamento no local
  • Em Louveira

Chácara Alvorada & restaurante Comida de Sítio

Circuito das Frutas: Chácara Alvorada

Antes ou depois do almoço, os jardins e o pomar da Chácara Alvorada são um convite para uma agradável caminhada. Apesar de receber em sua maioria grupos agendados, o local também abre as portas para visitantes eventuais (que podem explorar sozinhos).

Circuito das Frutas: Chácara Alvorada

O restaurante serve buffet por quilo e funciona de 2ª a 6ª das 11h às 14h e no sábado até as 15h. Uma lojinha vende produtos artesanais feitos com ingredientes colhidos ali mesmo.

Chácara Alvorada / Restaurante Comida de Sítio

  • Estrada Atílio Biscuola, 1628, Louveira | Tel. (19) 3878-1373 | Estacionamento no local

Sítio Santa Rita / Adega Micheletto

Fachada da Adega Micheletto, Circuito das Frutas

Dá pra ver da estrada a bonita estrutura da loja da Adega Micheletto. Entrando na propriedade, pode-se visitar também um trechinho das plantações de uva e mesmo dar um oi para as aves ornamentais dos viveiros.

Adega Micheletto, Circuito das Frutas

No Natal, Papai Noel pode ser visto aos fins de semana -- o bom velhinho ganha até uma casinha.

Sítio Santa Rita / Adega Micheletto

  • Estrada Tereza Biseto Cestarolli, Louveira | Tel. (19) 99732-5953 | Estacionamento no local
  • Em Cabreúva

Centro de Meditação Kadampa Brasil

Templo budista Cabreúva

Pausa na comilança para meditação. Cabreúva não está na lista de cidades do Circuito das Frutas, mas se sua ideia de passeio pelos arredores de São Paulo estiver mais voltada para o equilíbrio, o templo budista de Cabreúva é uma parada imperdível. A construção, cercada de muito verde, pode ser vista da estrada e oferece retiros e cursos, além de visitação. Não é necessário declarar-se budista para conhecer o espaço.

Templo budista Cabreúva

Ao redor do templo há jardins de meditação. O interior, muito interessante, pode ser melhor aproveitado nas visitas guiadas que acontecem todo domingo, pontualmente às 14h.

Templo budista Cabreúva

O templo tem uma pequena cafeteria e uma livraria.

Centro de Meditação Kadampa Brasil

  • Av. Cláudio Giannini, 2035; Cabreúva | Tel. (11) 4858-0155 | Estacionamento no local

O Viaje na Viagem se hospedou a convite do Quality Resort & Convention Itupeva.

Leia mais:

3 comentários

Camila
CamilaPermalinkResponder

Há tempos espero um post sobre o Circuito das Águas Paulista... está chegando perto!

Alcimari Christina Gorla Franco Bueno

Boa Noite Heloisa...Em Jundiaí temos a Rota da Uva com 11 Adegas, 9 restaurantes e 6 lojas especiais, vamos desde a Adega de Tradição até a Indústria, venha desfrutar das nossas Cores, Sabores e Paisagens..

Marciela
MarcielaPermalinkResponder

E
Sao
Roque?????

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar