Rio de Janeiro: onde comer no Leblon e em São Conrado

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Restaurantes no Leblon: Sushi Leblon

Sushi Leblon

Este post é um guia rápido de restaurantes no Leblon e em São Conrado, com ênfase na localização. A intenção é ajudar você a encontrar um bom restaurante perto do seu hotel ou no caminho do seu passeio.

Para uma seleção de restaurantes por categorias, consulte a página Rio de Janeiro: onde comer.

  • Restaurantes no Leblon

Mexa no mapa! Use o comando (+) para aproximar e ver detalhes que não aparecem. Use o comando (-) para afastar e ter um plano ainda mais geral.

Dono do metro quadrado mais, digamos, proibitivo do país, e cenário fixo do núcleo gente-fina nas novelas de Manoel Carlos, o Leblon não tem restaurantes caros. Botequins, casas de suco e até espetinhos completam o cardápio do bairro.

Dias Ferreira

Os restaurantes desta área estão assinalados em vermelho no mapa.

A Dias Ferreira é o corredor gastronômico mais famoso do Rio. Corre mais ou menos em paralelo à rua principal do bairro, a Ataulfo de Paiva, só que vai descrevendo um arco. Nas esquinas com a Bartolomeu Mitre e a General Urquiza, a Dias Ferreira está a 4 quadras da Ataulfo. A partir da General Artigas, fica a apenas uma quadra da Ataulfo -- quadra essa que vai diminuindo de tamanho até as duas ruas se encontrarem, na quadra adiante da Aristides Espínola.

No fim dos anos 90, os restaurantes se concentravam na quadra entre Rainha Guilhermina e Aristides Espínola, mas hoje estão espalhados por toda a extensão da rua. Se você for de metrô, salte na estação Antero de Quental e verifique qual o ponto do seu restaurante: se estiver para lá da General Artigas, é melhor caminhar à esquerda pela Ataulfo de Paiva e só virar à direita na rua que desembocar no trecho desejado da Dias Ferreira.

Passando a Dias Ferreira em revista, da Bartolomeu Mitre à Ataulfo de Paiva:

Restaurantes no Leblon: Chico & Alaíde

Chico & Alaíde

Na esquina com a Bartolomeu Mitre, o Chico & Alaíde é o melhor boteco da rua -- leia em Botequins (Dias Ferreira, 679, tel. 21 2512-0028)

Restaurantes no Leblon: CT Boucherie

CT Boucherie

Na quadra entre Bartolomeu Mitre e General Urquiza, a CT Boucherie serve um excepcional rodízio ao contrário -- leia em Chefs do Rio (nº 636, tel. 21 2529-2329).

Restaurantes no Leblon: Massa

Massa

O cardápio do Massa tem a grife do chef em ascensão Pedro Siqueira -- leia em Italianos & Pizza (nº 617, tel. 21 3985-8191). Procurando um bom japa básico sem invencionices, aproveite a filial do Deusimar Sushi -- leia em Asiáticos (General Urquiza, 188, tel. 21 2511-0157).

Restaurantes no Leblon: Sawasdee

Sawasdee

Nas duas quadras entre General Urquiza e General Artigas, três destaques. O Sawasdee -- leia em Asiáticos (nº 571, tel. 21 2511-0057), o boteco de chopes artesanais Brewteco (nº 420, tel. 21 2512-3114) e o japonês Manekineko (nº 410, tel. 21 2540-6981).

Restaurantes no Leblon: Sushi Leblon

Sushi Leblon

O trecho mais nobre da rua começa na esquina da Rainha Guilhermina, onde está estacionado o Sushi Leblon -- leia em Supercariocas (nº 256, tel. 21 2512-7830). Na calçada em frente funcionam outros dois restaurantes do mesmo grupo: o Zuka, cujo forte são os pratos finalizados na brasa -- leia em Charmosos (nº 233, tel. 21 3205-7154), e o Nola, que tenta ser uma opção mais ou menos em conta no pedaço -- leia em Novos (nº 247, tel. 21 2274-5590).

Na quadra até a altura da Aristides Espínola você encontra os drinks do elegante Vinil Rio (nº 247, tel. 21 3598-8714), as massas do Quadrucci (nº 233, 21 2512-4551) e o saudável-a-peso-de-ouro Celeiro - leia em Supercariocas (nº 199, tel. 21 2274-7843).

Restaurantes no Leblon: Togu

Togu

Dali até a Professor Azevedo Marques estão o Vokos -- veja em Novos (nº 135, tel. 21 3205-6792), a portinha onde começou a rede Venga -- leia em Tapas (nº 113, tel. 21 2512-9826) e os japas Minimok (nº 116, tel. 21 2511-1476) e Togu -- este, um dos meus favoritos: leia em Asiáticos (Dias Ferreira, 90, tel. 21 2294-2749).

O trecho final (ou inicial, segundo a numeração...) é pontilhado de gastro-bares. Dois têm sotaque italiano: Bottega del Vino, com uma seleção de vinhos em taça (nº 78, tel. 21 2540-5019) e o Stuzzi Bar, com tapas à moda da Bota (nº 48, tel. 21 2274-4017) -- leia sobre os dois em Tapas. Um terceiro é francês: o Oscar Bistrô Bar (nº 64, tel. 21 3269-1888).

O árabe da rua fica na calçada oposta: é o Yalla (nº 45, tel. 21 2540-6517).

Veja também | Onde ficar no Leblon | Passeios na Zona Sul

Conde de Bernadotte e arredores

Os restaurantes desta área estão assinalados em verde no mapa.

Restaurantes no Leblon: Chez Claude

Chez Claude

Uma galeria na esquina da Conde de Bernadotte com Adalberto Ferreira funciona como um pólo de barzinhos sempre animados. Em 2017 o lugar perdeu um de seus maiores atrativos -- o Teatro Leblon, com três boas salas no fundão da galeria, está fechado. Em compensação, a calçada ganhou um upgrade gastronômico. Ali se instalou o Chez Claude, o novo restaurante informal de Claude Troisgros -- leia em Chefs do Rio (Conde de Bernadotte, 26, tel. 21 3579-1185)

Outro cozinheiro estrelado, Pedro de Artagão, mantém uma casa na vizinhança: o Formidable Bistrô -- leia em Chefs do Rio (João Lira, 148, tel. 21 2239-7632).

Restaurantes no Leblon: Pabu Izakaya

Pabu Izakaya

Também por ali, o Pabu Izakaya tem um astral rua Tubira, mas está mais perto do metrô -- leia em Novos (Humberto de Campos, 827, tel. 21 3738-0416, metrô Antero de Quental, saída A Bartolomeu Mitre).

Veja também | Onde ficar no Leblon | Passeios na Zona Sul

Rua Tubira

Os restaurantes desta área estão assinalados em lilás no mapa.

Até poucos anos atrás, você não teria motivos para ir à rua Tubira se não precisasse regular a suspensão do seu carro, ou trocar as pastilhas do freio -- a rua e as adjacências eram dominadas por oficinas mecânicas. Mas as coisas têm mudado por ali, e a Tubira vêm se transformando num pólo gastrômico com pegada de street food.

A mudança começou com a chegada da Jeffrey, cervejaria artesanal carioca que volta e meia promove eventos culturais na rua. Na loja-conceito da Tubira, a refrescante Jeffrey Niña (witbier cheia de personalidade, com limão siciliano e sementes de coentro) está à venda para tomar na hora ou levar (Tubira, 8, tel. 21 2274-0000).

Restaurantes no Leblon: Da Roberta

Da Roberta

Logo depois foi a vez de abrir o Da Roberta, food-truck indoor da chef Roberta Sudbrack que tem seus célebres cachorros-quentes disputando atenção com sanduíches de pastrami, brisket, SudBurgers e com um indecoroso bolo molhado de chocolate -- leia mais em Chefs do Rio (Tubira, 8A, tel. 21 2239-1103).

E por último chegou a Steak Me, espetaria supercool de Belo Horizonte que deixa a cargo do cliente combinar seu espetinho de carne angus (ou de camarão, ou de cordeiro, ou de queijo mussarela) com uma variedade de molhos e tipos de farofa (Tubira, 8, tel. 21 2529-8153).

Veja também | Onde ficar no Leblon | Passeios na Zona Sul

Ataulfo de Paiva e transversais

Os restaurantes desta área estão assinalados em azul no mapa.

O antigo Baixo Leblon, no finzinho da avenida Ataulfo de Paiva, pode ter perdido o carisma dos anos 80, mas sobrevive como destino certeiro para tomar umas e outras. A grife maior do pedaço, o legendário Jobi, mantém o prestígio inalterado -- leia em Botequins (av. Ataulfo de Paiva, 1166, tel. 21 2274-5055). Para uma experiência mais contemporânea, baixe na filial do TT Burger, a 'hamburgueria brasileira' de Thomas Troigros (Ataulfo de Paiva, 1240, tel. 21 96458-8678).

Restaurantes no Leblon: Nam Thai

Nam Thai

Meu tailandês favorito fica na Rainha Guilhermina: o Nam Thai -- leia em Asiáticos (Rainha Guilhermina, 95, tel. 21 2259-2962). A filial da Zona Sul do cultuado boteco Aconchego Carioca -- leia em Chefs do Rio (Rainha Guilhermina, 48, tel. 21 2294-2913).

Ao longo da Ataulfo você encontra outros três ícones do bairro: a deli Talho Capixaba, à altura da General Artigas -- leia em Supercariocas (av. Ataulfo de Paiva, 1022, tel. 21 2512-8760); a matriz da rede Bibi Sucos, na esquina com José Linhares -- leia em Supercariocas (Ataulfo de Paiva, 591, tel. 21 2259-0000); e o boteco tradiça Bracarense -- leia em Botequins (José Linhares, 85, tel. 21 2294-3549).

Procurando um quilo no Leblon? O melhor está na General Urquiza: é o Fellini (Gen. Urquiza, 104, tel. 21 2511-3600). Para um café com um strudel (ou uma fatia de 'picada de abelha', torta com recheio de baunilha e cobertura de mel), vá à Confeitaria Kurt, de quase 70 anos de tradição (General Urquiza, 117, tel. 21 2294-0599).

Veja também | Onde ficar no Leblon | Passeios na Zona Sul

Praia

Os restaurantes desta área estão assinalados em amarelo no mapa.

O calçadão do Leblon gourmetizou: virou uma Dias Ferreira-sur-mer. Os novos quiosques só não podem ser chamados de beach lounges porque não têm serviço de praia.

Quiosque Riba Leblon

Riba

Os dois quiosques-estrela ficam já no começo do calçadão, no Posto 11, logo depois do canal. O Riba traz sua comida de boteco com preços de bar de tapas para a altura da Afrânio de Melo Franco.

Restaurantes no Leblon: Azur

Azur

Duas quadras adiante, à altura da Almirante Guilhem, o Azur (tel. 21 98295-0045) tem astral importado da Riviera Francesa. O cardápio do incensado chef Pedro de Artagão tem um defeito: a maioria dos pratos é para duas pessoas (só venha com quem tem o mesmo gosto que você).

À altura da José Linhares tem o Varanda; da Bartolomeu Mitre, o Du Leblon (tel. 21 97939-4173).

A marca de produtos naturais Mãe Terra tem um quiosque-conceito, integrado a uma feirinha de produtos orgânicos, que serve sanduíches integrais e sucos poderosos. Fica no Posto 12, em frente à General Venâncio Torres (pertinho do Baixo Bebê).

A última adição de peso ao grupo foi a filial rede Café de la Musique, numa versão pocket (em comparação às outras casas da rede), à altura da Rainha Guilhermina, no Posto 12 (tel. 21 99590-4006).

  • Restaurantes em São Conrado


Mexa no mapa! Use o comando (+) para aproximar e ver detalhes que não aparecem. Use o comando (-) para afastar e ter um plano ainda mais geral.

Inaugurado em 1982, o Fashion Mall (Estrada da Gávea, 899) sempre foi o shopping mais bonito do Rio de Janeiro: seu interior recebe luz natural e todo o interior é ajardinado. Com a proliferação de shoppings na Barra e, principalmente, com a inauguração do Shopping Leblon, seu movimento diminuiu bastante. Nos últimos anos, tem apostado na ala gourmet, com bons resultados. Se você vier para o almoço, pode usar o metrô: salte na estação São Conrado e pegue a saída B Aquarela do Brasil. À noite é melhor usar táxi ou Uber.

Restaurantes em São Conrado: Gurumê

Gurumê

O restaurante mais concorrido do shopping é o fenômeno Gurumê (tel. 21 3324-4290), que entrega uma versão ampliada do que um certo público entende por cozinha japonesa: muito maçarico, cream cheese, um pouco de ceviche, burrata (com atum?) e wagyu (inclusive num sushi).

Restaurantes em São Conrado: Luce

Luce Cucina e Carbone

O mais recente campeão de audiência é o italiano Luce Cucina e Carbone, aberto no fim de 2017 -- veja em Novos (tel. 21 3518-5627).

Restaurantes em São Conrado: Pipo

Pipo

O mais interessante da turma é o Pipo, endereço casual do chef Felipe Bronze -- leia em Chefs do Rio (tel. 21 2239-9322).

Restaurantes em São Conrado: Chez L&/#039;Ami Martin

Chez L'Ami Martin

O andar tem também uma filial da CT Brasserie -- leia em Chefs do Rio (tel. 21 3322-1440) e o bistrô francês classiquinho Chez l'Ami Martin (tel. 21 3322-2005).

Veja também | Onde ficar em São Conrado | Passeios na Zona Sul

Restaurantes por categoria | Chefs do Rio | Hotéis | Novos | Botequins | Supercariocas | Charmosos | Tapas | Italianos & Pizza | Asiáticos | Quilos | São Paulo no Rio

Por bairro | Barra da Tijuca | Botafogo | Catete | Centro | Copacabana | Flamengo | Gávea | Glória | Humaitá | Ipanema | Jardim Botânico | Lagoa | Lapa | Leblon | Leme | Santa Teresa | São Conrado | Urca | Vargem Grande & Guaratiba | Zona Norte

Leia mais:

Nenhum comentário, deixe o primeiro!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar