Rio de Janeiro: onde comer na Barra da Tijuca, Vargem Grande e Guaratiba

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Rio de Janeiro: restaurantes na Barra - Shiso

Shiso

Este post é um guia rápido de restaurantes na Barra da Tijuca. A intenção é ajudar você a encontrar um bom restaurante perto do seu hotel ou no caminho do seu passeio.

Para uma seleção de restaurantes por categorias, consulte a página Rio de Janeiro: onde comer.

  • Onde comer na Barra da Tijuca

Durante muito tempo, a Barra da Tijuca carregou a fama de ser uma região onde só vingavam churrascarias. Não é mais verdade. Os grandes shoppings da Barra ganharam alas gourmet sofisticadas, com cozinhas de todas as especialidades -- incluindo filiais de restaurantes famosos em outros bairros. Fora dos shoppings, o Jardim Oceânico tem uma animada cena de barzinhos na avenida Olegário Maciel, um pólo de bons restaurantes na Érico Veríssimo e o melhor elenco de lounges de praia do Rio, na orla Pepê. Vargem Grande, na zona rural, e Barra de Guaratiba, quase na restinga da Marambaia, são tradicionais destinos gastronômicos para além da Barra.

Restaurantes no Jardim Oceânico e arredores

Mexa no mapa! Use o comando (+) para aproximar e ver detalhes que não aparecem. Use o comando (-) para afastar e ter um plano ainda mais geral.

Almoço na praia

Os restaurantes desta área estão assinalados em azul-claro no mapa.

A praia do Pepê é o melhor lugar da orla carioca para almoçar junto à areia. Sucesso no Leblon, o boteco de tapas Riba tem um quiosque em frente à Olegário Maciel (tel. 21 99679-7721). O pizza-bar Skipper, desde o fim de 2016, é o titular do restaurante do clube KitePoint Rio (altura do nº 930, tel. 21 2137-8557; tem serviço de praia). Seu vizinho K08 também combina kitesurf com azaração e bom mobiliário praiano (altura do nº 1000, tel. 21 99738-0808; tem serviço de praia). O Clássico Beach Club é o mais estiloso da turma, com velas fazendo as vezes de tendas (altura do nº 1014, tel. 21 99933-6204; tem serviço de praia). A experiência mais autêntica de todas, porém, ainda é traçar um sanduba, um suco ou um açaí na Barraca do Pepê (altura do nº 1300, tel. 21 2433-1400).

Olegário Maciel

Os restaurantes desta área estão assinalados em vermelho no mapa.

É o Baixo Barra: uma rua pontilhada de botecos e lugares para comer, que fica com as calçadas transbordando de gente nos fins de semana. O Brewteco tem 21 torneiras com chopes artesanais fluminenses (nº 231, tel. 21 3986-1012). No quesito hamburger, duas casas se destacam: a filial do T.T. Burger de Thomas Troigros (nº 460, tel. 21 96458-8675) e a Hell's Burger, original de Botafogo (nº 110, tel. 21 3579-4824). Reencarnação de um clássico de Búzios, o Skipper Pizza Bar tem pizza e baladinha (nº 207, tel. 21 3199-2077). Procurando algo mais roots, experimente os quitutes árabes do Bar do Elias (nº 162, tel. 21 3435-4977). Para um lanche ou refeição saudáveis, escolha entre a filial da rede Bibi Sucos (nº 440, tel. 21 2493-3000) e o vegetariano/vegano/orgânico .Org Bistrô (nº 175, tel. 21 2493-1791; abre até as 20h).

Érico Veríssimo

Os restaurantes desta área estão assinalados em grená no mapa.

A avenida enviezada à praça central do Jardim Oceânico funciona como um pólo de restaurantes -- sobretudo o primeiro trecho da avenida, mais próximo ao início da avenida das Américas. Aberto em 2011, o italiano Duo foi o primeiro restaurante do pedaço a chamar a atenção da crítica gastronômica carioca (nº 690, tel. 21 2484-4547). A rua também foi a escolhida pela rede de restaurantes temáticos Paris 6 para seu primeiro endereço carioca (nº 725, tel. 21 2494-7320). Na parte de baixo da avenida, mais residencial, instalaram-se as filiais de dois paulistas de primeiro time: o Gero (nº 190, tel. 21 3523-5700) e a pizzaria Bráz (nº 46, tel. 21/2491-7170). Leia sobre os três últimos em São Paulo no Rio.

Guia da Barra: Zo Sushi

Zo Sushi

Av. Lúcio Costa

Os restaurantes desta área estão assinalados em azul no mapa.

O limite oeste do Jardim Oceânico tem um enclave de restaurantes. Alguns têm mesas na calçada, como o japa-design Zo Sushi, que além dos crus tem um menu 'izakaya', de especialidades quentes (nº 1976, tel. 21 2495-1295). A elegante churrascaria Esplanada Grill ocupa parte do térreo do hotel LSH (esquina Professor Coutinho Gois, tel. 21 2494-2202).

Min. Ivan Lins/Armando Lombardi

Os restaurantes desta área estão assinalados em amarelo no mapa.

O trecho inicial da avenida das Américas, passagem entre a Zona Sul e a Barra, é um tradicional enclave de restaurantes. Na pista Barra-Zona Sul, dois restaurantes conjugados são point de famílias: a churrascaria-rodízio Barra Grill (av. Min. Ivan Lins, 314, tel. 21 2493-6060) e o Rialto, que funciona em sistema de buffet (av. Min. Ivan Lins, 314, sobreloja, tel. 21 2493-3784). Na pista Zona Sul-Barra, o italiano veterano Ettore é uma instituição da Barra (av. Armando Lombardi, 800, tel. 21 2495-3316); o Mocellin Steak marca a volta dos donos do extinto Porcão, agora num esquema de rodízio enxuto, apenas com carnes nobres, sem espeto (av. Armando Lombardi, 1010, tel. 21 2492-1878).

Ilha da Gigóia e Itanhangá

Os restaurantes desta área estão assinalados em verde no mapa.

Para um almoço tardio num ponto da Barra rodeado por verde, pegue um dos barquinhos que circulam pela Ilha da Gigóia (saiba como aqui) e peça para ir ao Bar do Cícero, forte petiscos e frutos do mar (Ilha Primeira da Gigóia, tel. 21 2493-8053). No iniciozinho da estrada que leva da Barra ao Alto da Boa Vista, o simpático Espaço Itanhangá (Estrada da Barra da Tijuca, 1636) é um pequeno shopping aberto com bons restaurantes. Ali você encontra o vegetariano Pomar Orgânico, que também tem opções veganas (tel. 21/2494 6745) e uma das filiais da Barra do japonês Manekineko (tel. 21 2492-2442).

Veja mais | Onde ficar na Barra da Tijuca | Passeios na Zona Oeste

  • Shoppings e av. das Américas


Mexa no mapa! Use o comando (+) para aproximar e ver detalhes que não aparecem. Use o comando (-) para afastar e ter um plano ainda mais geral.

Restaurantes em shoppings

Os restaurantes desta área estão assinalados em lilás no mapa.

Sorria, você está na Barra e por isso não tem razão nenhuma de implicar com restaurante de shopping. Na Barra os shoppings centers funcionam como habitat natural da boa gastronomia. (Você vai se sentir num Second Life onde vivem réplicas de vários restaurantes que você conhece e considera pacas -- das casas de Claude Troisgros ao La Cabrera de Buenos Aires.)

Village Mall
Guia da Barra da Tijuca: Capim Santo

Capim Santo

Espécie de ala ultrachique do BarraShopping, ocupando um prédio à parte, o Village Mall (av. das Américas, 3900; BRT: Parque das Rosas) tem uma ala gourmet arejadíssima no 3º piso. Ali estão:

  • O paulistano-de-Trancoso Capim Santo, que no almoço serve um buffet excelente -- leia em São Paulo no Rio (tel. 21 3252-2528)
  • Uma CT Brasserie, o francês prêt-à-porter da família Troisgros -- leia em Chefs do Rio (tel. 21 3252-2777)
  • A churrascaria protoargentina Pobre Juan (tel. 21 3252-2637)
  • O japa upscale Naga, do grupo paulistano Nagayama (tel. 21 3252-2698)
  • O ítalo-carioca Quadrifoglio, que numa encarnação prévia existiu no Jardim Botânico (tel. 21 3252-2652)
  • A filial da Barra do Aconchego Carioca, a fantástica fábrica dos bolinhos de feijoada e almofadinhas de tapioca (tel. 21 3252-2691)

BarraShopping & New York City Center

No pioneiro BarraShopping (av. das Américas, 4666. BRT: BarraShopping), a maioria dos bons restaurantes está concentrada na ala Boulevard Gourmet.

Aproveite para experimentar a comida do badalado chef Pedro Artagão, que abriu ali a Cozinha Artagão, seu restaurante 'bistronomique' -- leia em Chefs do Rio (tel. 21 2431-9389). As carnes argentinas do La Cabrera também estão presentes, com seus potinhos de acompanhamento (tel. 21 2431-4113). O ítalo-nova-iorquino Serafina, também presente em São Paulo, abriu sua filial carioca aqui (tel. 21/3089-1339). Se quiser uma opção carioquíssima, procure o Gula Gula no piso Lagoa (tel. 21 2431-9180).

O anexo New York City Center (av. das Américas, 4666; BRT: BarraShopping) tem perfil mais juvenil (e popular). Encontre aqui o infalível Outback (tel. 21 3328-3030). e o hamburger paranaense do Madero (tel. 21 3089-1201).

Casa Shopping

No Casa Shopping (av. Ayrton Senna, 2150), os restaurantes mais bem-apessoados não estão reunidos numa ala gourmet, e sim espalhados pelo shopping. Aqui você vai encontrar restaurantes de perfil família, como o ótimo buffet Ráscal (tel. 21 3325-0894), o rodízio (caro) do Fogo de Chão (tel. 21 2108-6442), as carnes à la carte do Royal Grill (tel. 21 3325-6166), a cozinha com sotaque português do Da Silva, que aqui funciona à la carte (tel. 21 2108-6403), os contra-filés com molho secreto do L'Entrecôte de Paris (tel. 21 2108-6318), as pizzas da Mamma Jamma (tel. 21 2108-6411) e os sushis do Manekineko (tel. 21 2429-8033).

RioDesign Barra

Guia da Barra da Tijuca: CT Boucherie

CT Boucherie

O Rio Design Barra (av. das Américas, 7777; BRT: Novo Leblon ou Américas Park) tem um elenco de restaurante reduzido mas bastante simpático (os cafés e pontos de comidinhas são bacanas também). Aqui fica a filial da Barra da CT Boucherie, que, não bastasse ostentar a grife Troigros, ainda criou um conceito sensacional: o rodízio ao contrário -- leia em Chefs do Rio (tel. 21 3328-2604). Para uma experiência de churrasco mais tradicional, há o portenho-de-São-Paulo Corrientes 348 (tel. 21 3648-7008). Os outros destaques são todos cariocas da gema: o mediterrâneo Alessandro e Frederico, original de Ipanema (tel. 21 2498-1481), o portuga castiço Adegão Português, vindo de São Cristóvão (tel. 21 2431-2958), um ponto da rede de comida light Gula Gula (tel. 21 2438-7608) e o bistrô brasileiro Azam (tel. 21 2408-3269). Por sua vez, o japonês do shopping é padrãozinho: o Kotobuki (tel. 21 3328-8844).

Vogue Square

O Vogue Square (av. das Américas, 8585; BRT: Santa Mônica Jardins) é a maior novidade pós-olímpica da gastronomia da Barra. A área gourmet deste complexo empresarial (que também tem um hotel, o Best Western Premier Américas) fica numa área externa nos fundos do piso inferior -- formando uma agradável esplanada integrada aos jardins. Como não se trata de um shopping, a maioria dos restaurantes fecha entre almoço e jantar; clique ou ligue para conferir horários.

A curadoria gastronômica do Vogue Square foi feita pelo bon-vivant profissional Ricardo Amaral, que contribuiu com duas casas para o line-up: o refrigerado Boteco do Amaral (tel. 21 3030-9496) e o revival de sua antiaga pizzaria da Lagoa, a Gattopardo (tel. 21/3030-9498). No front barzinho-comida rápida também se encontram o tijucano Botto Bar, de cervejas artesanais (tel. 21 964-521-229), o botequim japa Roman Izakaya (tel. 21 3030-9091), o lounge Vizinho Gastrobar (tel. 21 3030-0272) e a hamburgueria ipanemense B, de Burger, fora da área gourmet, na entrada do complexo (tel. 21 2523-6098).

Guia da Barra da Tijuca: Filho da Mãe

Filho da Mãe

A melhor surpresa do Vogue é a tasca portuguesa Filho da Mãe, do filho da dona do cultuado Gruta de São Francisco, de Niterói (tel. 21 3030-9080). No caminho dos carnívoros está a churrascaria Tragga, vinda de Botafogo, que trabalha com cortes argentinos (tel. 21/3507-2235). A presença mais luxuosa é a do japonês gastronômico Shin Koike, dos mesmos donos do Aizomê de São Paulo (tel. 21 3030-9092). O Vogue Square também permite matar a curiosidade de experimentar a cozinha de Bela Gil, autora do cardápio do Da Bela, no hotel Best Western Premier Américas (tel. 21 3609-3300).

Av. das Américas, fora de shoppings

Os restaurantes desta área estão assinalados em amarelo no mapa.

Importada de Petrópolis, a Casa do Alemão tem sandubas com lingüiças e salsichas artesanais (av. das Américas, 1699, tel. 21 2497-2629). Pais em situação de filhos adolescentes viciados em cebola frita australiana podem contar com um Outback logo passando o Terminal Alvorada (av. das Américas, 6101, tel. 21 2438-5155). Quem madruga para chegar nas praias da Zona Oeste enquanto tem vaga no estacionamento pode dar uma paradinha para um café da manhã na Paneterie, já na região do Recreio; também é um ótimo lugar para um lanche pós-praia (av. das Américas, 12.300, tel. 21 3627-0109).

Fim da Lúcio Costa e Praia da Reserva

Os restaurantes desta área estão assinalados em laranja no mapa.

Guia da Barra da Tijuca: Shiso

Shiso

No Grand Hyatt, o omakase (menu-degustação) do fabuloso japonês Shiso, harmonizado com saquê, a R$ 385 por pessoa, sai tão caro quanto a diária do hotel. Mas fique certo de que será uma refeição memorável -- e pelas razões certas. Leia em Grandes hotéis (av. Lúcio Costa, 9600, tel. 21 3797-9523).

As duas pontas da Praia da Reserva têm quiosques com serviço de praia e restaurante. A rede Pesqueiro tem dois quiosques: na fronteira com a Barra, o Pesqueiro Eco-Gourmet (av. Lúcio Costa, s/n, tel. 21 3128-0762); e na transição para o Recreio, o novo Pesqueirinho (av. Lúcio Costa, s/n, tel. 21 3149-9903).

Veja mais | Onde ficar na Barra da Tijuca | Passeios na Zona Oeste

  • Onde comer em Vargem Grande e Guaratiba

A Zona Oeste sempre foi um destino gastronômico de fim de semana, depois da praia. Hospedando-se na Barra, a viagem de volta fica menos puxada. Note, porém, que poucos restaurantes abrem durante a semana (sempre confirme antes de ir; e no caso de Vargem Grande, reservar é essencial).

Rio de Janeiro: onde comer - Quinta

Quinta

A Estrada dos Bandeirantes perpassa a zona rural de Vargem Grande -- que, apesar da acelarada urbanização das últimas décadas, ainda conserva chácaras, haras e viveiros. O clássico da região é o idílico Quinta, onde você almoça cercado de verde e paz -- leia em Charmosos (Luciano Gallet, 150, tel. 21/2428-1396; abre sábado e domingo para almoço). O Maison VG, do chef holandês Jos Boomgaardt, também funciona como bed & breakfast (Estrada do Sacarrão, 867, tel. 21 99492-2712; abre 6ª para jantar, sábado para almoço e jantar; domingo para almoço; outros dias, mediante reserva de no mínimo 4 pessoas). Já o Alpendre é especializado comida brasileira de raiz, com peixes do Norte e baião-de-dois (estrada do Sacarrão, 897, tel. 21 2428-6078; abre 5ª para almoço e 6ª a domingo para almoço e jantar). E o Skunna é para quem quer terminar o dia praiano com peixes ou frutos do mar (Estrada dos Bandeirantes, 23363, tel. 21 2428-1213; abre de 5ª a sábado para almoço e jantar, domingo para almoço).

Guia da Barra da Tijuca: Tia Palmira

Tia Palmira

Para chegar à Barra de Guaratiba, basta ir pela beira-mar até Grumari e então seguir as placas. Quem iniciou o pólo de restaurantes do pedaço foi a >Tia Palmira, que continua servindo no quintal de sua casa, no alto de uma rua de acesso precário. A refeição é servida em dois tempos: primeiro vem a mesa de aperitivos, depois os pratos principais -- sim, tudo no plural; é como se o buffet viesse até você (Caminho do Souza, tel. 21 96703-3738; abre de 3ª a domingo para almoço).

Guia da Barra da Tijuca: Bira
Para uma experiência mais sofisticada (e mais cara), escolha o restaurante do filho de tia Palmira -- o Bira de Guaratiba, que serve moquecas com vista para o rio -- leia em Charmosos (estrada da Vendinha, 68, tel. 21 2410-8304; abre de 5ª a domingo para almoço).

Veja mais | Onde ficar na Barra da Tijuca | Passeios na Zona Oeste

Restaurantes por categoria | Chefs do Rio | Hotéis | Novos | Botequins | Supercariocas | Charmosos | Tapas | Italianos & Pizza | Asiáticos | Quilos | São Paulo no Rio

Por bairro | Barra | Botafogo | Catete | Centro | Copacabana | Flamengo | Gávea | Glória | Humaitá | Ipanema | Jardim Botânico | Lagoa | Lapa | Leblon | Leme | Santa Teresa | São Conrado | Urca | Vargem Grande & Guaratiba | Zona Norte

Leia mais:

1 comentário

FLAVIA A TORRES

olá, faltou citar no BARRASHOPPING o LE VIN, e no RIO DESIGN BARRA, o Gurumê,oriental contemporâneo que é o queridinho dos cariocas!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar