49% cancelaram viagens no feriadão por causa da greve dos caminhoneiros

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

greve caminhoneiros

A sondagem realizada pelo Viaje na Viagem em parceria com o Conselho de Turismo da FecomercioSP constatou o prejuízo para o turismo no feriado de Corpus Christi.

Na amostra pesquisada, 46,6% tinham planos definidos de viagem. Desses, somente 20,4% (49% dos que tinham intenção de viajar) mantiveram seu plano original de viagem. Mais 12,4% estavam na dependência de encontrar combustível, e 4,5% ainda precisavam confirmar seu vôo.

Entre os que precisaram alterar seus planos, 83% viajariam de carro para cidades a até 200 km de distância de onde moram. Desse grupo que acabou não indo viajar, 33% se hospedariam em hotéis e pousadas (61,6%, em casas próprias, de amigos ou parentes).

Este era o orçamento de viagem dos que precisaram cancelar seus planos:

  • 17,2% gastariam até R$ 300
  • 18,2% gastariam até R$ 600
  • 10,5% gastariam até R$ 900
  • 10,3% gastariam até R$ 1,2 mil

Com base no número de veículos que deixaram a cidade de São Paulo no feriado de Corpus Christi de 2017, a FecomercioSP estima que no feriado de 2018 as cidades do interior e do litoral paulistas perderam uma receita de R$ 640 milhões.

“É aqui que se percebe o grande prejuízo para o turismo. Quando um grupo significativo de pessoas desiste de viajar, os recursos que tinham planejado para a viagem são gastos em outros setores nas cidades em que essas pessoas residem. São recursos que deixam de entrar na economia do turismo, e as empresas e os profissionais que seriam remunerados por seus serviços não têm como recuperar essa perda”, explica a presidente do Conselho de Turismo da FecomercioSP, Mariana Aldrigui. “Uma das características mais perversas da atividade do turismo é que ela não pode ser estocada, um feriado sem turistas é irrecuperável, especialmente em cidades cuja maior ocupação aconteça em função do lazer”.

O questionário foi publicado aqui no Viaje na Viagem em 30 de maio, e respondido por mil pessoas de todo o país.

Os resultados da pesquisa foram noticiados pelo Valor, Veja São Paulo e Destak.