Coronavírus: devo cancelar minha viagem?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Coronavírus e viagens - Milão

Milão: Galleria Vittorio Emanuele vista do terraço do Duomo

Coronavírus e viagens

Leia o nosso post mais atualizado sobre o assunto

Coronavírus: não viaje até (pelo menos) o fim de abril

(E veja como cancelar sua viagem.)

Dia 11 de março a OMS declarou declarou a COVID-19, a doença respiratória causada pelo coronavírus, uma pandemia.

A Itália está inteira em quarentena até o dia 3 de abril. Em Israel, passageiros provenientes do exterior são obrigados a cumprir quarentena. Os Estados Unidos suspenderam os vôos de/para a Europa por 30 dias. Os parques Disney em Orlando e Paris anunciaram o fechamento entre o dia 15 e 31 de março. Museus de Madri e Amsterdã estão fechados até o fim do mês. Dinamarca, Noruega e Polônia fecharam as fronteiras. A República Tcheca anunciou a proibição de entrada de turistas de qualquer nacionalidade entre 16 de março e 11 de abril.

Outros países podem decretar a qualquer momento medidas restritivas para conter o vírus, que vão afetar a vida dos viajantes.

Além disso, com a pandemia decretada pela OMS, os seguros-viagem ficam dispensados (por cláusula contratual) de cobrir o tratamento. Na Europa isso é menos problemático, por causa do sistema de saúde pública, mas nos Estados Unidos e em outros países o viajante poderia ter que custear do seu próprio bolso uma internação de até duas semanas, que é o tempo médio de tratamento dos casos graves.

Atualização: Allianz Travel cobre coronavírus

Recebemos o comunicado da nossa parceira Allianz Travel assegurando, desde 11 de março, a cobertura de despesas médicas e hospitalares relacionadas à Covid-19 de seus segurados.

Caso você não tenha como adiar ou cancelar sua viagem, é um alento.

Veja o comunicado da Allianz aqui.

Cancelar ou não cancelar?

NÃO VIAJE ATÉ O FIM DE ABRIL

Viajar nas circunstâncias atuais é inseguro e vai trazer mais preocupação do que prazer. Países e cidades estão anunciando novas medidas restritivas a cada dia. A possibilidade de atrações estarem fechadas é cada vez mais alta. Em alguns lugares já há restrições para funcionamento de lojas e restaurantes. Até mesmo as ligações aéreas podem ser interrompidas enquanto você estiver fora do Brasil.

Verifique as condições de alteração e cancelamento da viagem que você comprou. Várias cias. aéreas estão facilitando a remarcação de bilhetes -- algumas delas até mesmo para lugares que ainda não decretaram emergência.

Reembolso de hotéis previamente pagos só é fácil em lugares com restrições de viagem decretadas. Mas você pode tentar negociar em outros lugares também -- por exemplo, em forma de crédito para uma hospedagem futura.

Acompanhe o noticiário: à medida em que forem impostas medidas restritivas em mais países, ficará mais fácil obter reembolso nesses lugares.

Vai viajar em maio?

Você ainda tem tempo para acompanhar a evolução da situação. Se a crise continuar até lá, não deverá ser difícil conseguir os reembolsos.

Viagens de junho em diante ao Hemisfério Norte

Eu mantenho o otimismo para viagens ao Hemisfério Norte de junho em diante, durante o verão, já fora da época de transmissão doenças respiratórias. Mas é um chute, ninguém pode garantir que o coronavírus se comporte como um vírus comum.

Viagens pelo Brasil

Ainda não há medidas restritivas de viagem no Brasil. Mas é bom acompanhar as recomendações do Ministério da Saúde.

Leia mais:

932 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Gi
GiPermalink

Existe algum seguro viagem que cobre tratamento de epidemias e pandemias?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Gi! Os seguros cobrem o primeiro atendimento. Confirmado o diagnóstico de coronavírus, o paciente fica a cargo da assistência pública local, devido ao caráter de epidemia.

Frank
FrankPermalink

Até em casos de países como os Estados Unidos, que não possuem "saúde pública"?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Frank! Nos Estados Unidos a conta de uma internação será salgada.

Hugo Medeiros
Hugo MedeirosPermalink

Se eu tivesse alguma viagem marcada para o exterior, e pudesse adiar, certamente deixaria para depois. No meu caso, o receio nem é tanto por causa do coronavírus, mas principalmente em virtude das medidas, muitas vezes extremas, adotadas pelos governos, que incluem quarentena, restrição de entrada/saída, etc.

Na forma como tudo está indo, um simples resfriado já pode gerar uma grande dor de cabeça para o viajante. E apesar de já ter chegado no Brasil, e termos risco de contrair a doença em qualquer lugar (o que, reforço, não é o que mais me preocupa), melhor passar por isso no nosso país, na nossa casa, com nossas leis, do que em um país desconhecido.

Enfim, o que mais assusta não é o vírus, mas o pânico que ele está gerando.

Neftalí
NeftalíPermalink

Excelente texto e análise, sereno e sem paranóia, em tempos de histeria coletiva. Lembro que no inverno 2017/18 a temporada de influenza mais severa em décadas matou pelo menos 80 mil pessoas somente nos EUA, e ninguém deixou de viajar à Orlando ou Nova Iorque por isso.
Eu pelo menos viajo à Espanha e França no começo de junho, e nem passa pela minha cabeça cancelar, pois justamente nessa época o problema vai estar mais no Hemisfério Sul que na Europa. Inclusive acho que a situação vai favorecer quem viaje, com menor quantidade de turistas e consequentemente, preços mais baixos, como me ocorreu viajando à Turquia entre atentados e tentativas de golpe de estado.
O que mais me complica, disparado, é o forte aumento do dólar, tanto pelo coronavírus como pela instável situação interna brasileira.

Larissa
LarissaPermalink

Olá, também irei a Europa em julho e nem cogito cancelar. Mas o meu grande receio é: por aqui no Brasil ser inverno nesse período da nossa viagem, se a transmissão aumentar em decorrência do clima, nossa entrada poderá ser barrada por sermos provenientes do Brasil?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Larissa! Se isso acontecer você conseguirá o reembolso da sua passagem. Faça reservas canceláveis de hotel para não ter dor de cabeça.

AMANDA ALVES
AMANDA ALVESPermalink

Estou com viagem marcada para Espanha no 7 de março e estou pensando seriamente em em adia-la para final de junho/julho tendo em vista que viajarei com minha filha de 5 anos. Vamos lá começar a saga de cancelamento/alteração de tudo sad

Yasmin Fong
Yasmin FongPermalink

Eu voltei da Itália na quinta e impediram a minha enteada de frequentar as aulas por 14 dias, fora o preconceito de amigos que desencorajaram a presença em festinha de aniversário para "não ficar com o peso na consciência de infectar criancinhas".
Eu passei por Milão, Florença e Roma, sendo que fiquei 2 dias em Milão.
Meu congresso foi cancelado e eu adiantei meu voo.
Eu acho que é melhor adiar para não ser tratado como pestilento na volta.

Miriam Margarida Martire

Gostaria de saber se uma empresa de cruzeiros pode devolver pelo menos 50% do valor pago por causa do coronavírus??
Essa viagem marítima é rumo a Alemanha partindo de Santos.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Miriam! É preciso negociar com quem vendeu sua viagem.

Patrícia
PatríciaPermalink

Olá Ricardo,
Obrigada pela ajuda. Estou com viagem marcada para julho: Inglaterra e Escócia. Cheguei a pensar em cancelar mas vou aguardar.

Valéria
ValériaPermalink

Planejei ir à Amsterdã, Londres e Paris em fim de maio com minha filha. Estamos desde início de fevereiro observando os valores de passagem. Mas esta semana foi um banho de água fria. As pessoas estão esquecidas do que aconteceu com a H1N1 anualmente e estão histéricas. Com as pesquisas que fiz hoje, com o seu texto já me sinto à vontade para continuar os planos. O chaveirinho com álcool está sempre à mão na mochila. Levo sempre ele cheio e mais refil. Continuarei com os cuidados de sempre. Obrigada pelo sensato conselho. Saúde e paz a todos nós.

Leila Azevedo
Leila AzevedoPermalink

Em 2009 eu fui para a China no mês de junho, época da H1N1. Uma semana antes da minha viagem o pessoal de 2 vôos ficaram em quarentsena em hotéis pq passageiros tinham febre.
Eu não estava com medo da doença, mas fiquei com receio de ser colocada em quarentena. Na hora que o avião pousou entraram pessoas vestidas com trajes de segurança para tirar a temperatura de todos. Por sorte ninguém tinha febre e a viagem foi ótima.
Este ano eu não tenho dinheiro pAra viajar, a viagem, a viagem para Noruega e Islândia em 2019 me deixou lisa, mas se eu tivesse grana iria para um lugar onde museus e lugares fechados não interferissem na viagem.

Jaqueline Cordeiro
Jaqueline CordeiroPermalink

Olá Ricardo!

Tenho viagem marcada para a Europa daqui duas semanas! Londres, Dublin e Paris com um Stopover de 20h em Roma. Se antes esse stopover era motivo de alegria agora é motivo de preocupação! Que medo de chegar em Roma e o governo resolver o "ninguém sai, ninguém entra". Estou realmente indecisa do que fazer!

Haynna
HaynnaPermalink

Vou em abril pra Barcelona. De lá, eu pegaria um cruzeiro de 7 noites pelo Mediterraneo. Esse eu já cancelei, com multa de 20%. Com as restrições a navios, achei muito arriscado manter. Ainda pretendo preencher esse gap de 7 noites com Roma e mais uma cidade, mas estou observando até decidir com certeza. Reservei hotel em Roma com cancelamento grátis e não comprei os trechos internos. Só deixarei de ir a Roma se as atrações turísticas fecharem. Aí talvez eu troque por outras cidades. Estou bem chateada, mas tentando evitar o pânico. Acho que o pior são os palpites alheios...

Simone
SimonePermalink

Estou pensando em adiar, seriam 24 dias na Liguria, com um cruzeiro de 7 dias saindo de Savona. Meu medo é alguém do navio estar contaminado e ficarmos de quarentena.

Angelo Tabet
Angelo TabetPermalink

Apenas uma correção. Temos apenas um paciente com diagnóstico de Coronavírus. Ou outros cento e tantos aguardam resultados de exames.Isso às 17:55 de 28.02.20

Edilene Nascimento
Edilene NascimentoPermalink

Eu cancelei uma viagem para Orlando agora no carnaval pelo motivo do novo vírus. Paguei as multas de cancelamento e de reembolso perto de 400 dólares no total por passagem pela Azul. Pesou na decisão que eu ia com criança e que tenho doença pulmonar prévia. Apesar de tudo, foi melhor não ir neste momento de incertezas.

Alana
AlanaPermalink

Estou com viagem para Itália marcada para Maio. É a minha primeira viagem para a Europa. Vou aguardar até final de abril para decidir o que fazer. Mas, por enquanto, parei de fechar alguns passeios que ainda faltavam resolver. Obrigada pelo texto.

Lilia
LiliaPermalink

E os cruzeiros ? Tenho reserva para 15 de abril com chegada em Gênova.
Melhor cancelar ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Lilia! Vale a lei do travesseiro. O que ele lhe disser. Verifique as condições de cancelamento.

Lyra Leite
Lyra LeitePermalink

Estamos com viagem marcada para Europa, iniciando o roteiro pela Itália, dia 19 de março (não iremos para o norte). Mesmo apreensivos, pretendemos realizá-la, somos quatro jovens adultos, a ideia de remarcar/cancelar causa ainda mais dor de cabeça.

Leovegildo
LeovegildoPermalink

Estou comprado para 15 de Abril, Miami, incluindo Orlando com as crias.

Será bem no início se um eventual surto nos Estados Unidos e viajar com criança complica um pouco a situação.

Acho que vou aguardar mais uns 10 dias e dependendo cancelar. (vai ser ruim demais cancelar Disney pros filhos - choradeira certa)

Neusa
NeusaPermalink

Já havia comprado passagens para Escandinávia ( Noruega, Suécia e Dinamarca) em setembro. Tá longe ainda mas estou com uma pontinha de preocupação.

José Roberto Romano
José Roberto RomanoPermalink

Comprei duas passagens ida e volta para Milão, para maio, com milhas via Latam. Consigo cancelar e reaver as milhas?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, José Roberto! Por enquanto a Latam só garante alteração de vôos cancelados. Você pode tentar.

Andrea Santos
Andrea SantosPermalink

Obrigada pelo post! São palavras que estão me ajudando a refletir e manter a calma. Estamos com viagem marcada para abril. Vamos acompanhar como a situação evolui. Grande abraço!!

Joice
JoicePermalink

Ótima reflexão. É exatamente o que estou fazendo,porem minha viagem a Itália é agora em Abril.

Vânia
VâniaPermalink

Boa noite, Ricardo Freire, eu não pensei 2 vezes para solicitar na agência o cancelamento do pacote Europamundo todo pago para Itália no mês de junho.
Prefiro pagar a multa do cancelamento do que colocar a minha saúde e minha vida em risco.
O aéreo não cheguei a comprar.

Roberta Giordano
Roberta GiordanoPermalink

Minha situação foi a seguinte:
Viagem programada durante quase 10 meses para a Itália, com embarque dia 22 de fevereiro, eis que 3 dias antes aconteceu essa situação do Coronavirus, tive que pensar rápido...e optei por vir, eu só estou no sul da Itália ( Sicília), e por hora segue tudo normal...Sei que tem a questão do aéreo no retorno , mas estou seguindo todas as precauções padrão. Já recebi 2 ou 3 piadinhas devido estar na Itália, mas vida que segue ..
Texto extremamente sensato...

Marcelo
MarceloPermalink

Na segunda semana de março eu vou sozinho para o Japão pela primeira vez. Já estou levando máscaras, alcool gel e muito esperteza. Aliás estou esperando enfrentar uma Tóquio bem vazia a tranquila.

Maria Helena
Maria HelenaPermalink

Há focos de contágio no mundo todo, com exceção da Austrália e Nova Zelândia. E o problema maior não é estar nas ruas. É passar horas de vôo respirando o mesmo ar de centenas de pessoas, são os aeroportos onde transitam pessoas de todas as nacionalidades e mais todos os transportes públicos. Por enquanto, que não há vacinas, nem remédios específicos. Então, é de muito bom senso ter toda a cautela...

Marcelo
MarceloPermalink

Pessoal, no link abaixo está recomendação médica sobre viagens atualizada a todo momento:

https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/travelers/index.html

Leticia
LeticiaPermalink

Eu e meu marido estamos com viagem marcada para Veneza e Milão para dia 18 de Março. Compramos as alguns meses e temos pouco tempo para decidir... Por estarmos na faixa dos 40 anos e sem problemas de saúde prévios...decidimos manter os planos , tomaremos as medidas de precaução e vamos curtir as cidades sem culpa. Acho que o risco aqui não será tão diferente do que lá em alguns dias. Bom senso em relação as extravagâncias, mas sem histeria...

Leticia
LeticiaPermalink

Reiterando: O Duomo em Milão reabriu hojee e o prefeito de Milão pede as pessoas que toquem suas vidas... Pode ser que tenha atrações fechadas: sim! Pode ser que eu não queira ir a uma ou outra atração de grande aglomeração: sim! Respeito aqueles que desembarcaram: sim, como o texto diz , o travesseiro é o melhor conselheiro...mas o meu fã dizendo: vai!

Vânia Brochado
Vânia BrochadoPermalink

Oi Ricardo
Eu sou a irmã da Vera, lembra?
Q bom q te achei neste momento. Temos um grupo de viagem e estamos com medo de ir p Europa em função desse problema todo. Nossa viagem inicia dia 13 de março p Roma. Queremos remarcar p março do ano q vem e a nossa empresa está relutando. Eu paguei a vista em setembro e o pacote q eu comprei está comprometido, muitos lugares fechados, enfim, o q tu tens para me dizer?
Bj gde

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vânia! Quem responde é A Bóia. Se o grupo é composto por muitas pessoas acima de 60 anos, vocês têm mais uma razão para negociar, já que o vírus é mais perigoso na idade madura. Há dois caminhos para adiar essa viagem: a negociação e, se não der certo, a via judicial. A Braztoa, que é a associação de operadoras de viagem do Brasil, recomenda que seus associados negociem:

https://www.panrotas.com.br/matcher/seguranca/2020/02/braztoa-disponibiliza-conteudo-sobre-coronavirus-confira_171423.html

Vocês podem propor como negociação o adiamento da viagem para mais na frente este ano. A partir de junho já estará quente e a Europa será um lugar menos propício a pegar a gripe do coronavírus do que o Centro-Sul do Brasil, que estará sob inverno.

Miriam
MiriamPermalink

Tenho passagem comprada para agosto. Amsterdã, Londres e Paris. Espero que, até lá tudo esteja bem.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Miriam! No alto verão da Europa você vai pegar calor, não gripe.

Marilda Costa
Marilda CostaPermalink

Viagem marcada para final de maio para Portugal (q, até agora, não relatou nenhum caso, nem suspeito!). Por enqto, não me passa pela cabeça cancelar a viagem. Até porque meu maior prejuízo não seria a passagem aérea, mas o ap do BnB já reservado. Aliás, vc sabe informar se o BnB devolveria o valor já pago, ou parte dele? Ou isso depende exclusivamente do proprietário?
Obrigada pelo texto

Mara
MaraPermalink

Obrigada Marcelo!

Angela Araujo
Angela AraujoPermalink

Estou com reserva de voo para Coréia do Sul para 07/03 para acompanhar o nascimento do meu neto mas muito preocupada com a viagem de ida e volta. Qual o conselho para esse caso? Melhor cancelar?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Angela! Pergunte ao seu travesseiro, só ele pode responder. Não há restrição de vôos à Coréia do Sul.

Ciro
CiroPermalink

Vendo nos comentários pessoal com viagem pra meio, final do ano, já querendo cancelar... gente, que absurdo!!! Paranoia com um vírus que não passa de uma gripe, onde o brasileiro vai parar desse jeito...
Vou pra Europa em junho e jamais passou pela minha cabeça cancelar, e vou estar 4 dias aglomerado em um festival com 60 mil pessoas do mundo todo. E se a viagem fosse amanhã, também não mudaria uma vírgula.
Enfim, a decisão é pessoal e há de se respeitar. Mas quem não tem uma situação específica (como problemas graves de saúde) e não vai pegar atrações fechadas, não tem o menor motivo para cancelar. Texto sensato como sempre do Ricardo Freire!

Frank
FrankPermalink

O que acho complicado é o seguro-viagem não cobrir os custos, caso seja decretado pandemia ou epidemia...

Ana
AnaPermalink

Aqui em Roma, pois moramos aqui, está tudo na normalidade! Museus do Vaticano abertos, Coliseu e demais Museus abertos.
Trens partindo normalmente, nos aeroportos apenas existe o.controle de temperatura das pessoas que chegam com infra vermelho.
Norte, Duomo ja reabre dia 2 de março e talvez a Basilica San Marco em Veneza tambem.
Os bares em Milao nao tem mais restrição de horario para a abertura, voltaram a funcionar normal.
Enfim... turistas tenham calma!
Viva a Italia!

FERNANDA BAGUINHO
FERNANDA BAGUINHOPermalink

Fico muito feliz em ler seu relato. Minha viagem para Paris começará em Roma por 2 dias. Estou com muito medo do "ninguém entra e ninguém sai" esse seria apenas o único fator determinante para que eu cancelasse minha viagem, pois visto que o vírus chegou aqui e que meu marido e eu estamos na faixa dos 30 e 40 anos não seria tão arriscado pra nós. O meu medo é realmente que Paris feche as portas para voos vindos de Roma. O que resta é aguardar. Com o aumento das temperaturas agora para a primavera há uma previsão de normalização, né?

Fred
FredPermalink

Olá Ana... estou indo para Roma agora dia 05/03... estou muito receoso, pois passarei 4 dias e vou para Paris e Londres depois. Seu comentário é animador, pois é nossa primeira viagem. Um sonho há muito planejado. Todavia, ainda penso em cancelar. sad

Eduardo Lyz
Eduardo LyzPermalink

Uma boa pesquisa é a ocupação dos voos. E tomara que com todo este movimento as passagens diminuam os seus preços (também acredito que é uma super gripe e o meu travesseiro diz: sim).

Amelia Maria Cardoso Stella

Vamos fazer uma viagem para Paris, Frankfurt, Holanda e Bélgica dia 29 de abril com conexão em Roma para Paris. Estamos um pouco apreensivos. Estou acompanhando os noticiários para definir se vamos ou não. Espero que até a data já tenha passado essa fase .

Andréa
AndréaPermalink

estou fazendo a mesma coisa, minha viagem é para Genebra em meados de abril. Como estou levando dois filhos adolescentes e tenho 55 anos, vou avaliar o que fazer, o problema maior é a reserva do hotel já paga e a passagem tb.

Camila
CamilaPermalink

Na página do airbnb já tem informações específicas com relação a política de cancelamento com relação ao coronavírus. Além disso vc pode olhar qual o “tipo” de cancelamento da hospedagem q vc alugou. Cada uma segue uma regra. Tb estou nessa situação...rs

Marilda Costa
Marilda CostaPermalink

Obrigada, Camila

Juliana
JulianaPermalink

Nossa tão sonhada e planejada viagem seria em 23 de abril, chegando em Barcelona, com um cruzeiro de 7 noites com paradas em 4 portos da Italia e 1 da França, depois mais 1 semana em Madri. Com este surto de coronavirus penso emcancelar/postergar a viagem pois viajo com minha mãe (grupo de risco) e meu filho. Cruzeiro neste momento está completamente fora de cogitação. Realmente é uma situação muito triste, pois foi muito gostoso planejar essa viagem e a ansiedade por chegar o dia só aumentava, seria a primeira vez na Europa. O travasseiro já me mandou cancelar. Alguém colocou aqui o link de orientações do CDC - Italia ja aparece como nivel 3 de recomendação - evitar qq viagem não essencial. Acredito fortemente que nos próximos dias essa recomendação irá se estender a outros países europeus.

Pri
PriPermalink

Maria Helena, já foi colocado que os voos não são tão perigosos assim devido ao sistema de refrigeração e renovação do ar. Cerca de 99% do ar é totalmente renovado .
O que devemos lembrar é que precauções simples como higiene das mãos já irão ajudar muito na prevenção e disseminação de qualquer doença.
O álcool Gel deve ser usado como alternativa à lavagem , não é necessário fazer as duas coisas .
Mas se há sujeira visível só a lavagem das mãos será eficiente neste caso .

Marcia r manalda
Marcia r manaldaPermalink

Estou em Portugal e ia fazer o Leste Europeu, por ser considerada uma paciente de risco, estou com quase 60 anos, achamos melhor desistir, a informação que tivemos e que as pessoas provenientes de Viena, seria a primeira cidade que faríamos, ou da Itália , está sendo medida a temperatura, caso apresente qlquer coisa q esteja condicionada a doença como febre tosse etc, poderá ser colocada em observação, daí o nosso medo , já pensou vc em um país que não conhece em observação ? Então penso se houver possibilidade de cancelar ou remarcar sem dúvida e a melhor opção.Tudo ainda e muito novo, tanto para a medicina as quanto para nós.Portugal ainda está tranquilo, então vamos aproveitar por aqui mesmo.Pra quem vai ótima viagem, quem puder aguardar, creio que aproveitará melhor, quando as coisas estiverem mais definidas.

Filipe
FilipePermalink

Olá, estou planejando uma viagem pra europa para Julho, minha primeira Eurotrip. (Inglaterra,Itália, França e Alemanha)

No que diz respeito as passagens resolvi esperar por conta do coronavirus.

Você acha que deveria repensar minha viagem?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Filipe! Julho será alto verão na Europa. Não é temporada de gripe. Em julho a gripe estará atuando aqui no Centro-Sul do Brasil.

FERNANDA BAGUINHO
FERNANDA BAGUINHOPermalink

Bom dia!!
Estou de fato bem apreensiva também. Tenho viagem marcada para Paris agora dia 03 de abril com stopover de 2 dias em Roma. Viagem dos sonhos e comemorativa aos 10 anos de namoro e 7 anos de casados. Hotéis comprados nas tarifas não reembolsáveis(que arrependimento), quanto aos voos e passeios estou tranquila, pois são ok para cancelamentos ainda mais se a situação piorar. Não quero cancelar, mas também não quero que de sonho vire pesadelo. O que me resta é aguardar, tenho muita fé e esperança de que até a abril o pior tenha passado e que já esteja tudo normalizado na medida do possível.
Estou muito triste com tudo isso, e a cada notícia que vem chegando, vem junto aquele sentimento de negação, de que não é possível que isso esteja acontecendo!!!

Andre L.
Andre L.Permalink

Aqui na Suíça, eventos com previsão de reunir mais de 1000 pessoas estão cancelados pelo conselho federal até 15 de março (pelo menos). Isso inclui o 'carnaval tardio' de várias cidades, feiras importante em Basel e Genève, e algumas festas públicas previstas, além de shows, concertos e eventos esportivos de grande porte.

Charles
CharlesPermalink

Estamos de viagem marcada agora para 4 de março, próxima quarta-feira, Cruzeiro de travessia saindo de Recife, passando pelas Ilhas de Mindelo e Funchal com destino a Lisboa, depois vamos fazer em terra Lisboa e Paris. Eu e minha esposa resolvemos manter, já vínhamos buscando fortalecer a imunidade semanas antes. Mesmo antes do Corona! Vamos em frente e esperamos que dê tudo certo. Está muito em cima e não pretendo cancelar !

Edoardo
EdoardoPermalink

Após muita pesquisa e dúvidas resolvi ir para a Índia....saio dia 10 de abri ! Aquele povo todo e quase nada de notícias de lá! Vou sem medo, seja o que Deus quiser

Carlos Alberto Krause
Carlos Alberto KrausePermalink

Sair da porta de casa pra fora hoje é um risco. Histéricas a parte, se tivesse alguma lógica a população mundial estaria diminuindo desde a década de 80 por conta da AIDS. Estive em Israel a primeira vez logo apod o fim da guerra do Golfo. Não poderia ter sido mais proveitoso, o país inteiro a minha disposição mr

Jessica
JessicaPermalink

Oi Ricardo!! Primeiramente parabéns pelo texto!!
Estou com viagem marcada para final de maio e começo de junho para a Itália. Nessa época já tem calor suficiente para não ter mais gripe (rsrs) ou ainda faz um pouco de frio (por ser primavera)?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jessica! Quem responde é A Bóia. Ainda pode ter algum friozinho, mas o normal é já estar quente.