Qual é a bandeira da sua cabeça? | #PensamentoViaja

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Corumbau reaberta

Ponta do Corumbau, BA: a bandeira do barquinho está vermelha, mas o destino reabriu

Em todo o Brasil, vamos nos acostumando ao sistema de bandeiras.

Vermelha, laranja, amarela, verde: as bandeiras decretadas pelos governos e prefeituras determinam o que pode e o que não pode funcionar, dependendo da fase local da pandemia.

Nesses próximos tempos, viajar vai depender de uma complexa combinação dessas bandeiras.

Primeiro, tem a bandeira vigente onde você mora. Além de regular o funcionamento das atividades locais, esta bandeira também indica o grau de risco que os moradores da sua cidade oferecem ao viajar a outro lugar.

Depois, tem a bandeira do destino para onde você quer ir. Ela mostra o grau de risco do lugar, e também o quanto será possível aproveitar na viagem.

Mesmo se essas duas bandeiras forem favoráveis, ainda tem mais uma bandeira a ser combinada: a bandeira da sua cabeça. De nada adianta existir um destino bandeira verde, se a sua bandeira mental ainda for vermelha.

Mas quando você decidir trocar por uma bandeira de cor mais leve, não esqueça: máscara, sempre!

Publicado em 2/8/2020

Leia todos os textos da Quarentena VNV aqui.

1 comentário

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

A bandeira da minha cabeca eh verde! A do meu bolso, vermelha

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar