Turismo e vacinas: para que países dá para viajar?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Vacina e turismo Europa

Com o avanço da vacinação contra a Covid, muitos países devem passar a aceitar turistas já vacinados com duas doses.

A União Europeia está regulamentando a aceitação de turistas vacinados em seu território - e permitindo que seus países-membros estabeleçam políticas próprias.

A entrada em vigor dessas regras deve acelerar a adoção de políticas semelhantes por outros países.

Este post vai acompanhar a evolução das regras nos destinos mais procurados por brasileiros com relação a turismo e vacinas. Favorite e volte sempre.

Alarme falso: Espanha deixa brasileiros de fora da abertura

No dia 21 de maio, o primeiro-ministro Pedro Sánchez anunciou que a Espanha abriria no dia 7 de junho para turistas do mundo inteiro vacinados com qualquer vacina aprovada pela EMA (agência europeia de medicamentos) ou OMS.

No dia 5 de junho as regras foram publicadas. E o "mundo inteiro" ganhou três exceções: turistas de Brasil, África do Sul e Índia continuam impedidos de entrar na Espanha, por causa das variantes locais.

Basta estar vacinado para poder viajar?

Infelizmente, não é tão simples.

Muitos países devem continuar fechados a viajantes que, mesmo vacinados, venham de lugares onde a pandemia não esteja minimamente controlada. É provável que brasileiros vacinados sigam proibidos de entrar (ou precisem fazer quarentena na chegada) em vários países, por algum tempo mais.

Mas à medida que a confiança nas vacinas for aumentando, é possível que a vacinação em si seja um critério que baste. Vamos acompanhar (e torcer).

Em breve, mais destinos serão acrescentados. Clique para ir direto ao destino desejado:

EUROPA

União Europeia | Croácia | Espanha | França | Grécia | Islândia | Reino Unido

AMÉRICA DO NORTE

Estados Unidos | México | Canadá

AMÉRICA DO SUL

Argentina | Chile | Uruguai | Colômbia | Peru

CARIBE

República Dominicana | Aruba | Curaçao

ÁSIA

Dubai | Maldivas

Turismo e vacinas: Europa

União Europeia

Turismo e vacinas: Espana

Barcelona

A União Europeia deve anunciar nos próximos dias as regras de abertura para turistas estrangeiros.

O mais provável é que permita a entrada de visitantes provenientes de países com a pandemia controlada (até 75 novos casos diários por 100 mil habitantes, na média móvel dos últimos 14 dias), e que tenham sido vacinados há pelo menos 14 dias com a segunda dose de uma das vacinas aprovadas pela EMA (Agência Europeia de Medicamentos). Essas vacinas são: AstraZeneca, Janssen (Johnson & Johnson), Moderna e Pfizer.

Brasileiros poderão viajar à Europa?

Caso a regra do número de novos casos por 100 mil habitantes seja confirmada, o Brasil ficaria de fora dos países aceitos neste momento, já que estamos com média de 400 casos por 100 mil habitantes.

Caso o Brasil se enquadre na lista dos países com acesso permitido, apenas brasileiros vacinados com a segunda dose da AstraZeneca ou da Pfizer seriam aceitos.

A EMA já começou a análise da CoronaVac (conhecida no exterior como SinoVac). Vamos torcer para que seja aprovada e, quando o Brasil estiver entre os países com acesso liberado, mais brasileiros possam entrar na Europa.

Cada país vai poder adotar sua política

Mesmo recomendando um protocolo comum para todos os países do grupo, a União Europeia vai permitir que cada membro tenha sua própria política de acesso. Os países vão poder estabelecer quais vacinas aceitar, e a lista dos países de onde podem vir os viajantes.

A Espanha foi o primeiro país a anunciar que aceitará brasileiros (vacinados com duas doses de AstraZeneca, Pfizer ou CoronaVac há pelo menos 14 dias) a partir de 7 de junho.

É bom lembrar que, no Espaço Schengen, você faz imigração no país de chegada. O voo de conexão é um voo doméstico intra-europeu. Por isso será importante atentar para a política de entrada do país aonde chega o seu primeiro voo.

Croácia

Brasileiros já podem entrar na Croácia, com teste PCR negativo e reservas confirmadas de hospedagem por toda a estada.

O site do governo da Croácia menciona que a vacinação exime o teste PCR, mas não cita nominalmente a Coronavac (só a AstraZeneca).

Como a Croácia não faz parte do Espaço Schengen, é possível voar à Croácia com conexão em qualquer país europeu. Você ficará na área de trânsito internacional entre seu voo de chegada e o voo à Croácia.

Espanha

turismo e vacinas: Madri

Aeroporto de Madri

O primeiro-ministro Pedro Sánchez anunciou dia 21 de maio (veja o vídeo aqui) que a partir de 7 de junho a Espanha estará aberta a visitantes de qualquer país do mundo que tenham sido completamente vacinados com alguma das vacinas aprovadas pela EMA (a Anvisa europeia) ou a OMS.

Infelizmente, quando a regra foi oficialmente publicada, dia 5 de junho, o Brasil entrou para lista das exceções, junto com África do Sul e Índia. Continuamos barrados de entrar na Espanha, mesmo vacinados.

Turistas de outros países de fora do Espaço Schengen (mesmo os que já apresentam casos da variante brasileira, como Argentina, Uruguai, Peru e Bolívia) poderão entrar depois de 14 dias de tomar a segunda dose das vacinas Pfizer, Moderna, AstraZeneca, Sinopharm ou Coronavac, ou a dose única da Janssen.

França

Mont St.-Michel

Mont St.-Michel

Dia 9 de junho a França abre as fronteiras para visitantes da União Europeia e de um punhado de países de fora do Espaço Schengen.

Visitantes do 'grupo verde' de países - União Europeia, Austrália, Nova Zelândia, Japão, Cingapura, Líbano e Israel entram com comprovação de vacinação ou teste PCR negativo.

Visitantes do 'grupo amarelo' de países - Estados Unidos, Reino Unido, toda a América do Norte, quase toda a Ásia e quase toda a África - podem entrar depois de 14 dias de terem tomado a segunda dose de uma vacina aprovada pela EMA (Pfizer, Moderna, AstraZeneca) ou da dose única da Janssen/Johnson & Johnson.

Moradores do 'grupo vermelho' de países - Brasil, Argentina, Uruguai, Argentina, Colômbia, Bolívia, Chile, Suriname, Costa Rica, Turquia, Bahrein, África do Sul, Índia, Nepal, Paquistão, Bangladesh - não podem viajar a turismo à França. Viagens especiais podem ser autorizadas pelo consulado, mas será preciso fazer quarentena na chegada.

Grécia

turismo e vacinas: Grécia

Santorini

A Grécia foi o primeiro país europeu a aceitar oficialmente viajantes vacinados com vacinas ainda não aprovadas pela EMA, como a Coronavac (internacionalmente conhecida como Sinovac) e a russa Sputnik V. A Grécia também anunciou que a vacina não será obrigatória: o país vai aceitar também visitantes que apresentem testes PCR negativos.

No entanto, o visitante precisa vir de uma lista de países pré-aprovados. Neste momento (20/5), são países fora da União Europeia: Arábia Saudita, Austrália, Barhein, Belarus, Canadá, China, Cingapura, Coreia do Sul, Emirados, Estados Unidos, Kwait, Israel, Macedônia do Norte, Nova Zelândia, Qatar, Reino Unido, Ruanda, Rússia, Sérvia, Tailândia e Ucrânia. Veja a lista aqui.

Caso o Brasil entre para lista da Grécia mas continue fora da lista da União Europeia, brasileiros só poderão viajar à Grécia com conexão num aeroporto fora do Espaço Schengen - como Londres ou Dubai - onde seja possível fazer trãnsito internacional.

Islândia

Viaje na Viagem 12 anos - Islândia

Islândia: apenas algumas vacinas aprovadas

A Islândia está aberta sem necessidade de quarentena a turistas de todas as nacionalidades que tenham tomado duas doses de alguma vacina aprovada pela EMA ou pela OMS. São elas: AstraZeneca, Janssen (Johnson & Johnson), Moderna, Pfizer e Sinopharm. (A Coronavac/Sinovac ainda está em processo de aprovação pela EMA.)

Ou seja: brasileiros vacinados com a segunda dose da AstraZeneca ou da Pfizer já podem viajar à Islândia. É preciso, porém, voar por um país onde seja possível fazer trânsito internacional, como o Reino Unido.

(A Islândia faz parte do Espaço Schengen. Se você voar via um país do Espaço Schengen, estará sujeito às regras do país de conexão, já que o segundo voo entre este país e a Islândia será doméstico.)

Tem mais uma pegadinha: o certificado de vacinação deve estar em inglês, francês ou alguma língua escandinava. Caso não esteja, precisa vir acompanhado de tradução. Veja as exigências aqui.

Reino Unido

Londres dicas - London Eye

Londres

Por enquanto, a política de entrada no Reino Unido é ditada pelo risco de contágio no país de origem do viajante. Não há nenhuma política baseada em vacinação.

O Reino Unido divide os países em três listas: vermelha, âmbar e verde.

O Brasil atualmente está na lista vermelha (veja aqui).

Isso significa que, sem passaporte britânico ou residência no Reino Unido, brasileiros não podem entrar no país, estejam vacinados ou não.

Voltar | Índice de destinos | Topo

Turismo e vacinas: América do Norte

Estados Unidos

Onde ficar em Nova York: região da Penn Station e rua 34

Nova York

Os Estados Unidos ainda não anunciaram a vacinação como critério de entrada no país.

No momento, brasileiros que não tenham dupla cidadania nem residência no país só podem entrar nos Estados Unidos depois de passar 14 dias num terceiro país (e fazer teste PCR até 72 horas antes do embarque).

O México e a República Dominicana têm sido os lugares preferidos dos brasileiros que viajam para lá.

Muitos brasileiros têm inclusive conseguido se vacinar gratuitamente nos postos de vacinação em todos os Estados Unidos, devido à abundância de vacinas por lá.

México

Chichén-Itzá

Chichén-Itzá

O México tem entrada livre. Não é preciso vacina, nem mesmo teste PCR.

Canadá

Turismo e vacinas: Canadá

Vancouver

O Canadá ainda não anunciou intenção de permitir a entrada de viajantes vacinados.

Por enquanto, brasileiros precisam fazer quarentena de 14 dias na chegada - os primeiros dias, em hotéis designados pelo governo.

Voltar | Índice de destinos | Topo

Turismo e vacinas: América do Sul

Argentina

Viagens de Natal: El Calafate

El Calafate

A Argentina ainda não anunciou nenhuma política de permitir a entrada de viajantes vacinados.

As fronteiras permanecem fechadas para o turismo. Os voos diretos para o Brasil estão suspensos.

Chile

O que fazer em Santiago: Sky Costanera

Santiao

Mesmo com vacinação adiantada, o Chile ainda não sinalizou intenção de permitir a entrada de viajantes vacinados.

As fronteiras permanecem fechadas para o turismo.

Uruguai

Uruguai devolução IVA problemas MasterCard

Punta del Este

O Uruguai ainda não divulgou nenhum plano de receber viajantes vacinados.

As fronteiras permanecem fechadas para o turismo.

Colômbia

San Andrés dicas: praia Spat Bright

San Andrés

A Colômbia reabriu ao turismo de brasileiros em 11 de maio. Há a exigência de um teste PCR feito até 96 horas antes do embarque.

É bom lembrar que o país enfrenta um momento delicado da pandemia, além de manifestações de rua. Não é um momento proveitoso para fazer turismo.

Peru

Machu Picchu novas regras

Machu Picchu

O Peru ainda não anunciou nenhuma intenção de permitir a entrada de viajantes vacinados.

Os voos diretos do Brasil estão suspensos. Brasileiros precisam fazer quarentena de 14 dias ao chegar.

Voltar | Índice de destinos | Topo

Turismo e vacinas: Caribe

República Dominicana

Turismo e vacinas: Punta Cana

Punta Cana

A partir de 31 de maio será necessário apresentar um teste RT-PCR feito a no máximo 72 horas antes do embarque.

A República Dominicana também exige vacinação contra febre amarela.

Aruba

Aruba

Palm Beach

O país reabriu a fronteira para brasileiros no dia 7 de junho. Não é preciso estar vacinado. Veja todos os requisitos.

Curaçao

Kenepa Grandi

Kenepa Grandi

Curaçao está aberto a visitantes de todos os países que apresentem teste PCR negativo.

Ainda não há nenhuma política de entrada vinculada à vacinação.

Voltar | Índice de destinos | Topo

Turismo e vacinas: Ásia

Dubai

turismo e vacinas: Dubai

Dubai

A Emirates voltou a vender passagens a brasileiros com destino final Dubai.

Brasileiros podem entrar nos Emirados Árabes apenas com teste PCR negativo.

Ainda não foi anunciada nenhuma política de entrada vinculada à vacinação.

Maldivas

Anantara Dhigu

Maldivas

Brasileiros podem entrar nas Maldivas.

Depois de anunciar que viajantes vacinados com duas doses estariam isentos de apresentar PCR na chegada, as Ilhas Maldivas voltaram atrás.

Todos os viajantes precisam apresentar um teste PCR negativo feito até 96 horas antes da chegada.

Voltar | Índice de destinos | Topo

Leia também:

75 comentários

Leda Feijó Silveira

Preciso saber sobre o México

Beatriz Cervone

E como funciona para brasileiros com cidadania italiana? Podemos entrar na Itália ou no espaço Scheng sem quarentena?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! Você pode entrar, mas além do PCR pode ter que fazer quarentena, dependendo do país. O site Skyscanner mostra as exigências de cada país.

https://www.skyscanner.com.br/restricoes-de-viagem/

Marina
MarinaPermalinkResponder

Olá, sei que é tudo muito recente ainda. Mas estou ansiosa por uma informação. Como comprovar que tomei a vacina Aztrazeneca se no meu cartão veio escrito "Fiocruz"? Como será feito esse certificado internacional de vacinação para podermos entrar na Europa? Se alguém souber sobre isso agradeço bastante.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! Tudo isso precisará ser solucionado ainda, inclusive para viajantes europeus. Se não criarem um aplicativo ou certificado internacional, provavelmente a ferramenta brasileira será o aplicativo Conecte SUS, onde ficam anotadas as suas vacinações. (Entre lá para ver como a sua vacina aparece.)

Marina
MarinaPermalinkResponder

Muito obrigada! Super atencioso!

Geilma
GeilmaPermalinkResponder

Olá, no site da EMA aparece a vacina astrazeneca (Vaxzevria), no Brasil veio a covishield da astrazeneca produzida pela Fiocruz. É preciso esclarecimentos para não haver confusão.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Geilma. É a mesma vacina. A diferença de nome deve se referir ao local de fabricação.

Ana karolina adriano

Olá Boia
Tenho uma viagem para a África do Sul que foi transferida de 2020 para 2021 em setembro.
Não achei esse destino do seu post.

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Carolina! Brasileiros podem entrar com teste PCR. Mas tenha em mente que a África do Sul tem uma variante temida do vírus e severas restrições de voos.

Cesar
CesarPermalinkResponder

Bom dia, tenho um voo para 10 junho voo direto para os eua. Acreditam que abram as fronteiras até lá? Tenho cidadania italiana ajuda em alguma coisa? Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cesar! Europeus também não podem entrar nos Estados Unidos diretamente. Pode ser que alguma coisa mude nas próximas semanas, mas tenha um plano B (adiar a viagem ou passar 14 dias no México).

Djamila Feijó

Leda! A minha mãe se chama Leda Feijó! Não é incrivel?? E o pai dela tinha Silveira no sobrenome!!!

Karina Azevedo

Como os países que abriram para vacinados estão fazendo em relação às crianças?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karina! Os poucos que já aceitam vacina pedem PCR das crianças.

Karina Azevedo

Muito obrigada pelo esclarecimento!
Tomara que todos os países continuem melhorando!

Cleova calado
Cleova caladoPermalinkResponder

Quando podemos viajar para marselha

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cleova! Não sabemos ainda.

Tereza
TerezaPermalinkResponder

Brasileiros que tomaram Covishield (AstraZeneca produzida na Índia) poderão entrar na Europa? No conect Sus aparece Covishield

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tereza! Sim, é o nome oficial da vacina.

Elizabeth
ElizabethPermalinkResponder

Boa noite! Meu receio é que nem todos na imigração saibam que Covishield é o nome da vacina da AstraZeneca. No site do Conect SUS eles colocam cores diferentes para vacina da Fiocruz( verde) e vacina da AstraZeneca ( rosa), sendo que penso que isso pode gerar confusão na interpretação já que não existe vacina Fiocruz e sim vacina Astrazeneca. O histórico
no certificado de quem se vacinou com a Astrazeneca ( Covishield) vem com a cor verde quando você acessa. Esse é o meu receio. No site da ANVISA consta que eles ainda não estão orientados a emitir o Certificado Internacional de Vacinação para o Covid 19. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elizabeth! Muita coisa ainda está para ser ajustada. Isso pode ser um problema, sim. Mas CoviShield é o nome internacional da vacina, assim como Sinovac é o nome da Coronavac. Mas com o volume de viajantes provenientes do Brasil, talvez os agentes de imigração acabem sabendo que FioCruz quer dizer AstraZeneca/CoviShield.

Elizabeth
ElizabethPermalinkResponder

Boa noite. Muito obrigada pela resposta.

Leandro Yoshida

Gostaria de obter informações sobre a política para viajar para a África do Sul. Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! O país está aberto para o turismo com teste PCR. Porém existe uma enorme restrição de voos para lá por causa da variante sul-africana do vírus.

Edla
EdlaPermalinkResponder

Qdo pode viajar para Portugal, já tomei as 2 doses da coronavac.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Edla! Não temos como saber. Vamos acompanhar e torcer.

Ilma
IlmaPermalinkResponder

Muito obrigada pelas informações Ricardo Freire.
Você sabe dizer se brasileiro pode entrar em algum pais do Espaço Schengen vindo da Turquia? (é possível entrar na Turquia com quarentena).

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ilma! Se você não tem passaporte europeu ou residência na Europa, não.

Daiane
DaianePermalinkResponder

Ola, Sou brasileira mas estou a 1 ano e 4 meses em Hong Kong ( não tenho passaporte europeu). Quero viajar para Londres..e Hong Kong esta na lista amarela mesmo assim eu teria algum Problema para entrar em Londres ? obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daiane! Consulte o consulado britanico em Hong Kong para ver como você pode chegar caracterizada como residente em HK.

mirna
mirnaPermalinkResponder

Oi, Bóia! E como fica para um ítalo-brasileiro (munido de passaporte italiano) que chega direto em Madri, passa uns dias lá e depois pega um vôo para um país Schengen qualquer? Vc acha que rola?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mirna! Com passaporte europeu você pode ir direto para qualquer país europeu. O problema é que na maioria deles vai precisar fazer quarentena. É possível que tentem descobrir no seu embarque na Espanha para outro país se você esteve no Brasil nos últimos 14 dias. Mas é só uma suposição, não temos como saber como vai acontecer, não há regra publicada.

Maria Cristina

Primeiramente, agradeço pela iniciativa da matéria quantos as atualizações referente ao tema viagem x vacina x possibilidade; esse site transmite confiante e confiabilidade quanto ao que publica, parabéns!
Se possível, gostaria de saber como as informações constantes no ConectSUS são alimentadas e qual a média de prazo para que as informações sejam adicionadas.
Grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Cristina! Ainda não dá para saber. É de se esperar que o ConecteSUS seja o aplicativo brasileiro que seja reconhecido internacionalmente, mas até isso ainda está para ser definido. Tudo ainda é muito incipiente. Vamos acompanhar e qualquer informação nova será atualizada aqui.

Reginaldo Prieto

Como provarei que fui vacinado, chegando na Espanha por exemplo ? A única prova que tenho é o cartão verde do Estado de São Paulo que óbvio, ninguém lá fora conhece e o atestado do SUS que já fala que é válido no território nacional e está em português.... Não li nada a respeito ainda

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Reginaldo! Ainda não há nada definido, mas provavelmente será o aplicativo ConecteSUS, onde suas vacinas já devem estar registradas.

Maria Cristina

Vocês sabem dizer qual a média de prazo para registro da vacinação contra COVID?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Cristina! Não sabemos.

Daiane
DaianePermalinkResponder

Eu preciso viajar pra Polonia. Se eu for vacinada e conseguir entrar na Espanha eu posso pegar um vôo doméstico pra Polonia? Ou serei barrada?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daiane! Você precisa ver quais são as exigências de entrada da Polônia para pessoas que estiveram no Brasil.

MARTHA DIAZ
MARTHA DIAZPermalinkResponder

Olá, como fazer para viajar com menorers de idade? Já que não podem ser vacinados? Pai e mãe vacinados. Poderiam entrar com os pais?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Martha! Temos que esperar alguma regra detalhada da Espanha. Acredito que não devam poder entrar, não.

Atualização: segundo o Travel Weekly, veículo do "trade" turístico americano, menores entre 7 e 17 anos entrariam com PCR negativo, e crianças até 6 anos estariam isentas.

https://www.travelweekly.com/Europe-Travel/Spain-allowing-entry-to-vaccinated-Americans

Melanie
MelaniePermalinkResponder

Olá,

Parabéns pela iniciativa.
Você sabe se sendo brasileira com cidadania europeia (dupla nacionalidade) consigo entrar em algum país da UE e me vacinar? Por que estou no fim da fila aqui no Brasil. rs

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Melanie! Teria que ver como é o esquema de vacinação do país do seu passaporte. É possível que a vacinação esteja ligada ao serviço de saúde pública, acredito que seja necessário algum cadastro. Lembre-se de que passageiros provenientes do Brasil precisam fazer quarentena ao chegar na maioria dos países.

Adolfo
AdolfoPermalinkResponder

No meu caso, a vacina apareceu no aplicativo do SUS no mesmo dia da aplicação.

Maria da Paz
Maria da PazPermalinkResponder

Pretendo viaja para USA no próximo mês
Já tomei a vacina coronaVac
Estou preocupada, se vai haver
Problema na entrada
E que eu tenho que fazer

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria da Paz! Não há previsão de liberarem brasileiros em voos diretos para os Estados Unidos, vacinados ou não. No item Estados Unidos vamos atualizando as exigências de chegada. Neste momento, se você não tem passaporte americano nem residência nos Estados Unidos, não importa que vacina você tenha ou não tenha tomado: você precisa passar 15 dias no México ou na República Dominicana antes de embarcar para os Estados Unidos. Pode mudar até julho? Pode. Mas tenha um plano B à mão.

paula
paulaPermalinkResponder

Minha família toda vacinou, porem ficaram de fora meus dois filhos 6 e 7 anos, mesmo assim poderemos entrar na Espanha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paula! Saberemos quando publicarem as regras. Por enquanto temos só o anúncio verbal do primeiro-ministro, sem detalhes.

Lis Weaver
Lis WeaverPermalinkResponder

Por favor, a Islandia permite entrada de menores de 18 anos nao vacinados, acompanhado de pais vacinados, sem a necessidade de quarentena de 5 dias? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lis! Não acredito que pessoas vindas do Brasil possam entrar na Islândia sem quarentena.

A página oficial está aqui:
https://www.covid.is/categories/travel-to-and-within-iceland

Maria Celeste Dias

Li acima sobre as regras de entrada na Islândia. Saberiam informar se os outros países, como Noruega, Suécia e Dinamarca também estão liberados? Já tomei as duas doses da AstraZeneca e passagem a ser remarcada para agosto ou quando possivel, ja que a viagem era em 2019.
Obrigada pela atenção

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Celeste! As regras são só da Islândia. Os outros países são outros países. Por enquanto o Brasil não está na lista de países liberados nem mesmo pela Islândia.

Elizabeth
ElizabethPermalinkResponder

Bom dia! Acabei de ler essa notícia na versão espanhola do jornal " El País ". Infelizmente é o que vocês já tinham previsto. Por enquanto só nos resta aguardar por dias melhores.
Vacunados con pauta completa y test de antígenos: así son los nuevos requisitos de acceso a España
A partir del lunes, todos los turistas del espacio Schengen podrán acceder con lo estipulado en el certificado digital de la UE. Quedan excluidos de la orden ministerial la India, Brasil y Sudáfrica

Regina Caciquinho

Bom dia

Brasileiras ja podem viajar para a Itália

Ja tomado duas doses coronavac

Para assistência de um idoso

Documentos que e necessário

Gratidão

Regina

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Regina! Infelizmente ainda não podemos viajar à Itália, mesmo vacinados.

alfredo
alfredoPermalinkResponder

Boa tarde! Ótimo post
tenho passaporte europeu (português) e estou vacinado com astrazenica preciso ir a frança. Pelo que pesquisei mesmo assim precisaria de um motivo "imperioso" para entrar no pais, enquanto em Portugal não é necessário.
Poderia viajar para frança via Portugal dessa forma?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alfredo! Com passaporte europeu você entra em qualquer país da Europa. Mas vai precisar fazer quarentena por estar vindo do Brasil.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Boa noite! Eu estava aguardando a divulgação da Espanha para tentar visitar meu irmão, que não vejo desde o início da Pandemia, mas parece que não vou conseguir ve-lo, infelizmente. Será que consigo entrar na Europa através da Croácia? Se passar 15 dias lá, consigo depois ir para a Espanha? Precisaria ficar a quarentena no hotel?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alexandre! É um caso para você pôr o seu irmão para descobrir...

É uma interpretação possível da regra, mas você vai estar na mão de atendentes de cia. aérea na Croácia e agentes espanhóis que talvez não tenham o mesmo entendimento. Vale a pena esperar para ver se esse vai ser um caminho viável.

Maira
MairaPermalinkResponder

Oi Ricardo, primeiramente parabéns pelo teu conteúdo tão completo e informativo! Uma coisa bastante interessante a se ver são os dias que cada país delimita para que turistas que passaram por países que estão na 'red list' como o Brasil possam entrar. Moro no Reino Unido e aqui são dez dias, a Itália são 14 dias. Um país com informações bastante desencontradas é a Croácia, tu saberia dizer como estão as coisas por lá? Por último, sei que não é vidente, mas acredita numa mudança antes do fim do verão Europeu? Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maira! Depois da guinada da Espanha, qualquer mudança vai depender do Brasil conseguir controlar a pandemia e a nossa variante deixar de ser uma ameaça. É provável que brasileiros sejam aceitos nos Estados Unidos (sem quarentena em outro país) antes de poderem viajar para a Europa.

Rosangela Lucena Tuvetto

Boa tarde a todos , alguém sabe me dizer se a Corovac será aceita na União Europeia? Ela foi aprovada pelo OMS , mas parece que grande parte dos países seguem a aprova da,EMA . Li a respeito de um passaporte de vacina, será que considerarão a coronavac ? Preciso ir ver minha filha na Irlanda, assim que for possível

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosângela! No texto está explicado, mas eu explico de novo.

A Coronavac está ainda em análise pela União Europeia.

Por enquanto, a União Europeia recomenda que se permita a entrada apenas de visitantes vacinados com vacinas aprovadas pela EMA. Mas liberou os países para fazerem suas próprias regras. A Espanha, por exemplo, aceita vacinas aprovadas pela OMS.

Mas nada disso vale para brasileiros. Continuamos sem poder visitar nenhum país da Europa, vacinados com qualquer vacina, mesmo Pfizer ou Moderna.

Quando brasileiros forem aceitos na Irlanda, acrescentaremos aqui no texto, especificando as condições.

Elisa Piovani
Elisa PiovaniPermalinkResponder

Olá! Sou italiana mas moro no Brasil há 11 anos. Meu marido é brasileiro. Nossos filhos tem dupla nacionalidade. Eu tenho vacina Pfizer, podemos ir para italia visitar minha família? Mesmo tendo que fazer quarentena na chegada..podemos entrar lá?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elisa! Veja com o consulado italiano ou com um agente de viagem a situação do seu marido. Eu acredito que seja possível, mas é melhor ter garantia de quem está lidando com isso no dia a dia. Deve haver documentos específicos requeridos, como tradução de certidão de casamento - é preciso pegar a informação oficial do país.

Elisa Piovani
Elisa PiovaniPermalinkResponder

Vou fazer isso! Muito obrigada! Mas então eu e meus 2 filhos menores (9 anos o menino e 1 mês a menina) podemos entrar na Itália diretamente sem quarentena? Ou quarentena na casa da minha mãe sei lá....
O problema seria mais o meu marido. Ms eu posso viajar? Tenho vacina, da Pfizer, mas meus filhos não ainda.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elisa! Eu por acaso escrevi isso? Não escrevi isso. Só disse que acredito que vocês possam entrar na Itália (com passaporte brasileiro nem isso é possível). Provavelmente sim será necessária quarentena, mas veja: nós aqui não estudamos os requisitos de cada país para europeus provenientes do Brasil. Não é o nosso escopo, estamos a par apenas de onde o turista com passaporte brasileiro pode ir. POR FAVOR, siga a resposta que foi dada e CONSULTE O CONSULADO ITALIANO ou um agente de viagem. Não use informações de internet. Na internet a gente entende o que quer, como acaba de acontecer com você.

Elisa Piovani
Elisa PiovaniPermalinkResponder

Oi!! Eu disse isso, no sentido que iria consultar o consulado sim, é que depois formulei mal a pergunta rsrs...mas em momento nenhum entendi que era pra ir pra lá direto...foi mal. Rsrs
Enfim, agradeço a resposta é vou indo atrás pra saber como faço pra entrar no meu país. E realmente a internet é muito confusa em relação às informações atualizadas, então melhor coisa é ligar no aeroporto, consulado etc...bom domingo!

Ione Andrade
Ione AndradePermalinkResponder

Vou para Israel em novembro e gostaria de saber se posso tomar vacina AstraZeneca, estou em dúvida se ela é aceita?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ione! Tome a vacina que estiver disponível na sua vez. Israel ainda não tem nenhum protocolo sobre entrada de turistas vacinados.

MIRIAN MANTOVANI

Eu preciso viajar para Itália em Dezembro de 2021, tomei a primeira dose da Pfizer e até setembro terei tomado as duas, será que tem alguma previsão de entrada, vou para fins de cidadania.?!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mirian! A gente espera e torce para que até lá a entrada esteja liberada, mas espere as fronteiras abrirem para comprar sua passagemm.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar