A Bóia em: Ponte Aérea para duros :-) 1

A Bóia em: Ponte Aérea para duros :-)

ponte aérea rio são paulo santos dumont

Quando eu soube que A Bóia — ela mesma, em plástico e vento, a respondedora oficial das caixas de comentários do VnV — vinha do Rio passar o fim de semana em São Paulo num esquema low-cost/high-perrengue (com direito a ônibus de linha de Cumbica até o metrô Tatuapé), não tive como não encomendar um post. (Ou seja: além de pagar mal o funcionário e sequer dar-lhe direito à cota de vôos do patrocinador, eu ainda aumentei o volume de trabalho da criatura. E o pior é que o relato ficou bom. E pode ser aproveitado por todo mundo que desembarque em Guarulhos e não queira morrer com R$ 150 de táxi ou R$ 45,50 de ônibus especial — atualização: junho/2016 — até o centro da cidade.) Com a palavra, A Bóia:

Caríssimo Comandante,

Tenho uma filosofia: não é porque a maré não está mansa que a gente não pode passear. Com paciência, antecedência e um cartãozinho de crédito é possível encontrar e se beneficiar de tarifas bem camaradas. Desta maneira, em vez de um tsunami no orçamento, a viagem faz no máximo uma marolinha!

Pois bem. Venho relatar aos seus leitores a minha experiência testada, aprovada e fotografada na ponte aérea Rio-São Paulo, numa versão que só não chamo de economiquíssima porque foi necessário envolver um táxi no planejamento. Mas, na ponta do lápis, continuou valendo mais a pena do que as seis horas sacolejantes dentro de um ônibus entre a Novo Rio e a Tietê.

thumb-guarulhos-hotel

Hospedagem pertinho do aeroporto:

Guarulhos: 11 hotéis com trânsfer grátis, para descansar antes da conexão

Em tempo de férias e tarifas um tantinho mais salgadas, pesquisei bastante e consegui uma barbada pela Avianca: Santos Dumont-Guarulhos por R$ 69,00 cada trecho, saindo no sábado bem cedinho (6h) e voltando na segunda-feira pela manhã, em um horário duas horinhas mais humano (7h50). No sábado, para minha surpresa, a fila de madrugadores estava bem grande! (Veja na foto lá do alto.) Pode ser que o din-din não esteja sobrando, mas disposição para viajar nós sempre temos!

A ponte aérea para duros envolve uma certa logística de transporte, mas na prática é tudo bastante simples.

SDU–>GRU

táxi ou ônibus > aeroporto Santos Dumont > aeroporto de Guarulhos > ônibus sentido Tatuapé > metrô (e a partir daí, a gosto do freguês: caminhada, ônibus ou táxi)

GRU–>SDU

caminhada, ônibus ou táxi > metrô (até a estação Tatuapé) > ônibus > aeroporto de Guarulhos > aeroporto Santos Dumont > táxi ou ônibus

ponte aérea aeroporto guarulhosponte aérea aeroporto guarulhos

Quando desembarcar em Guarulhos, depois de buscar a bagagem, basta seguir o corredor que leva à saída, conforme indicado no painel, e virar à direita.

Em um minutinho de caminhada, você verá vários super maxi ônibus daqueles bem confortáveis, com ar-condicionado, enfileirados junto à calçada, com a inscrição Airport Bus Service.

aeroporto guarulhos ônibus

Não são esses.

Atravesse a rua para encontrar logo à frente o mais modesto ônibus da linha 257 – Metrô Tatuapé. Mas não desanime! Ele também é bastante confortável e custa mais ou menos 10% do preço do outro!

aeroporto guarulhos ônibus

aeroporto guarulhos ônibus

Tive sorte e ainda peguei um que era refrigerado.

aeroporto guarulhos ônibus

Dentro do ônibus há bastante espaço para acomodar as malas. Elas são colocadas dentro do veículo antes da entrada dos passageiros, o que ajuda a não atravancar o fluxo. A tarifa custa módicos R$ 5,55 (atualização: junho/2016) e o trajeto durou apenas 25 minutos, com o trânsito fluindo que era uma beleza.

são paulo metrô

são paulo metrô

O ônibus deixa os passageiros na estação Tatuapé do metrô, que corresponde à linha 3 – vermelha.

são paulo metrô

O bilhete unitário custa R$ 3,80 (atualização: junho/2016) e convém já comprar o da volta para não precisar pegar fila novamente na manhã do retorno. (Não custa lembrar: segunda-feira é um dia nervoso em São Paulo.)

são paulo metrô

Meu trajeto no metrô compreendeu duas trocas de linha e levou cerca de 40 minutos (seria menos, mas deixei dois carros muito cheios passarem. Ser econômico não significa passar aperto!) Eu já sabia o caminho, mas no site do Metrô SP é possível fazer uma simulação de trajeto que dá o tempo estimado de duração da viagem.

hotel avenida paulista

Localização nota 10 em São Paulo:

14 dicas de hotéis na região da Av. Paulista, entre Consolação e Masp

Para alguns toda esta logística pode parecer trabalhosa, mas garanto que flui perfeitamente! Entre o ônibus em Guarulhos e o destino final, na estação Clínicas do metrô, levei 1 hora e 10 minutos apenas me valendo de transporte público. É ou não é uma bela marca?

são paulo metrô

E por isso eu digo: navegar é preciso, ficar em casa não é preciso!

Até a próxima!

A Bóia

Leia mais:

Passagens mais baratas para São Paulo no nosso parceiro Kayak

Passagens mais baratas para o Rio de Janeiro no nosso parceiro Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Aluguel de carro em São Paulo na Rentcars em até 10 vezes

Aluguel de carro no Rio de Janeiro na Rentcars em até 10

311 comentários

eu já sou fã da Bóia!

e aproveitando, se puder abusar: qual o melhor caminho para duros de Congonhas à Paulista?

    Alô, Ana Carolina! Tem ônibus pra estação São Judas do metrõ — linhas 675I Terminal João Dias e 675J Jardim Itajaí.

    Ana, tem um ônibus que vai para Perdizes (não sei o numero, mas a ida é Perdizes e a volta é Aeroporto) que passa pela Paulista toda, até a Bela Cintra.

    Eu já peguei esse uma vez! Mas é uma viagem de duas horas, por baixo… :mrgreen:

    Riq, posso fazer uma sugestão besxta?

    Deixa a Bóia com o avatar da “bóia” e você muda o seu para um “colete salva-vidas”. Afinal, vocês dois sempre estão “salvando nossas vidas” e assim fica mais fácil identificar quem é quem 🙂

    🙂 acho que vou ter tempo, mas conto na volta a opção que peguei, obrigada, Carla2

    Então, fui a SP, usei muuuito transporte público em 3 dias e resolvi devolver as dicas:

    o site http://www.sptrans.com.br/Default2.aspx é fantástico – você preenche endereço “de” e “para”, se prioriza tempo ou custo, até quantos metros topa andar, o dia e horário em que vai e ele te dá todas as opções possíveis, incluindo o tempo médio de trajeto.

    Táxi mesmo eu só usei para ir/voltar a um casamento no sábado (eu de longo e o marido de terno: sem chance fazer diferente).

    Entre Congonhas e a região da Paulista (Av. Jaú, para ser mais exata), por indicação do tal site acabei pegando um único ônibus entre Congonhas e o hotel, que foi pela Brigadeiro e me deixou na esquina da Al. Jaú, onde fica o hotel em que me hospedei (Royal Jardins, recomendo, a 2 quadras do MASP). O trajeto do ônibus, em sábado de feriado prolongado, durou cerca de meia hora (para menos, eu diria). Tanto que chegamos junto a outros dois convidados do casório, que se hospedaram no mesmo hotel e pegaram o mesmo vôo, mas foram de carona para lá (nós não nos conhecíamos antes).

    Na volta a Congonhas, embora já estivesse decidida a ir até a estação de Metrô São Judas, acabei pegando só um ônibus partindo do Ibirapuera (tinha anotado todas as dicas) e em meia horinha eu estava lá – tão cedo que consegui até adiantar meu vôo.

    Quem preferir pode trocar o site do sptrans pelo google maps, pois ambos têm uma parceria para rotas via transporte público – o mais recomendado é usar os dois juntos e, de quebra, ainda dar uma ‘olhada’ na cara do ponto de ônibus.

    Espero que a dica do sptrans ajude a quem precisar se locomover em SP. Há anos, quando fui babá de irmã mais nova modelo (irmã menor eu não posso dizer que a menina tem 1,83), aprendi na Ford a usar um serviço de telefone que dava as direções exatamente como o sptrans – se antes eu já era fã, em tempos de internet vou criar um altar e reclamar para que Curitiba melhore as informações de transporte público (embora seja elogiado, faltam informações de rota tão detalhadas como as do sptrans)

    Ana

    Se voce não estiver com pressa pode ir de onibus. Voce vai demorar 1 hora e meia para chegar na Paulista, pois o onibus dá muitas voltas. Em geral dá para ir sentado, pois o ponto inicial é perto do aeroporto.

    Como opção, pegue um que vá pela Brigadeiro, e desca na paulista.

    Caso contrário é melhor pegar um taxi.

    🙂
    se tudo der certo vou chegar bem cedo (se Curitiba tiver teto, se a empresa aérea não me deixar na mão, etc), muito antes até do check in no hotel, então posso escolher tranquila opções lentas de transporte (e ônibus faz parte da brincadeira pq vou estar só com uma mochilinha ridícula).
    Se não for (muito) inseguro, vou curtindo o caminho.

    Ernesto, segui sua dica, conjugada às informações do site do sptrans, e peguei um ônibus até a Brigadeiro (com a Al. Jaú, onde ficava o hotel). Em sábado de feriadão, o trajeto durou cerca de meia hora (o tempo estimado no site é de 42minutos, mas com o feriado…). Valeu!

    V tb pode pegar o ônibus p/ Perdizes até São Judas (ou qualquer outra estação lá perto mas acho que São Judas é a 1ª) e dp o metrô até a Paulista.

Belo relato, Sra. Bóia (ou seria Sr. Boio? Gostei do nome, aliás hehe).
E para o pessoal que tem medo…o metrô de Sampa é bastante decente quando não está super-lotado, e no fim de semana por aqui não costuma ficar super-lotado, então não vejo problema nisso!

Só não daria para fazer isto durante a semana em horário de pico… ia esperar umas 3 horas e a mala fica do lado de fora hehe

Excelente! morei em sampa e vinha sempre a minha cidade natal ( Aracaju) e sempre peguei esse trajeto.
Nas fotos, me vi fazendo tudo isso. inclusive essa semana vou pra BsAs e farei esse caminho novamente.Não li os posts todos acima, mas o site do airport bus service informa os horários, e digo por experiência própria que eles são pontualíssimos.
site: http://www.airportbusservice.com.br
ou o http://www.passaromarron.com.br

Riq,
precisando de outra bóia..rsrsrs.. digamos uma bóia nordestina, estamos aqui!!!!

Se não tivesse a informação que a bóia (ou será o “boio”?) mora no Rio, poderia jurar que era o Ernesto :-)))

    Se bem que… voltando no texto… o boio ou bóia “estava”, não morava!

    Era isso mesmo que eu ia dizer: quem falou que A Bóia ( ou o “boio”) mora no RIo? 😉

    Cer-te-za que a Bóia mora no Rio: ela classifica os ônibus pelo número da linha, e não pelo destino :mrcool:

    Meilin: vc estava agora , quarta de tarde, na lapa, perto do correio da Joaquim Silva? Passei, olhei, achei que era vc, mas não tive reflexo de perguntar…

    haha, mas pode ser que a Bóia já tenha morado no Rio, saiba andar bem no Rio, e não more no Rio mais.. 😉

    Onde A Bóia nasceu é muito evidente!

    A Bóia saiu de uma fábrica de bóias! 😀

    Uma fábrica de bóias em Rometta, lógico!

    A Bóia é romettense e adora passar as férias em Los Roques. Chiquérrimo! :mrgreen:

Gente, curtam o mistério! Vamos deixar Dona Bóia incógnita. Ela ( ou ele, por que não?) podem produzir mais assim, não? 😉

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.