16 receitas de Buenos Aires, no blog do Marco

Palermo Soho, Buenos Aires

Você sabe: ViBANAs são Viciados em Buenos Aires Não-Anônimos. O termo foi criado e patenteado pela Mô Gribel (eu gasto uma fortuna em direitos autorais todos os meses). Existem muitos trips que se enquadram na categoria: voltam a Buenos Aires na primeiríssima oportunidade e já circulam por seus bairros prediletos com maior desenvoltura do que muito portenho de fato.

Não é preciso conhecer a expressão para ser um vibana. O Marco Cavalheiro, do Buenos Aires Dreams, tem uma série de entrevistas de mega-utilidade pública com viciados na cidade — alguns têm carteirinha emitida aqui na Bóia, outros não imaginam que a sua compulsão portenha já está cientificamente catalogada.

Numa das entrevistas a vibaníssima Sylvia dá o seguinte conselho de mestra:

Experimente passar ao menos um dia sem buscar nenhuma atração turística. Escolha uma região e caminhe, parando nos cafés, olhando os restaurantes, as livrarias… Não olhe o relógio, basta ir em frente, seguindo o instinto.

Quer mais pílulas de sabedoria viajandona aplicada a Buenos Aires? Devore as entrevistas do Marco com vibanas queridos:

Mi Buenos Aires…: Sylvia Lemos

Mi Buenos Aires…: Cris Berger

Mi Buenos Aires…: Marcio nel Cimatti

Mi Buenos Aires…: Marcelo Barbão

Mi Buenos Aires…: Destemperados

Mi Buenos Aires…: Constance Escobar

Mi Buenos Aires…: Geraldo Figueras

Mi Buenos Aires…: Mariana Pereira

Mi Buenos Aires…: Carla Portilho

Mi Buenos Aires…: Quéle Jacques e Marília Cavalheiro

Mi Buenos Aires… Gisele Teixeira e Eduardo Baró

Mi Buenos Aires… Ariel Palacios

Mi Buenos Aires… Fernanda Paraguassu

Mi Buenos Aires… Alexandra Aranovich

Mi Buenos Aires… Ana Manfrinatto

Mi Buenos Aires… Marina de Luca

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

21 comentários

Parece que existe uma coisa em comum entre todos os Vibanas… a dica principal que pude ver é “ande, caminhe, coma, caminhe, coma, coma, ande, caminhe”.
Vou conhecer Buenos Aires dentro de algumas semanas, e mal posso esperar por ter essa experiencia!

Adoro esse projeto do Marco Cavalheiro. Vibanas sempre dão preciosas dicas off-lerês. Sou fã, parabéns!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.