A propósito: a Rita

ritaribing450.jpg

Para quem já tinha adorado “Tecnomacumba” num palco improvisado na praça em São Luís, rever o show no Sesc Pinheiros foi um upgrade e tanto.

Eu, que já conhecia o repertório, os arranjos e a interpretação, fiquei encantado com o show em si; cenário, iluminação, direção de arte e marcação de palco de gente grandíssima.

Dessa vez, o volume das guitarras me incomodou um pouquinho, por esconder, de vez em quando, o belo timbre de Rita. Ao mesmo tempo, porém, é essa presença abusada das guitarras que faz toda a diferença — se “Tecnomacumba” apenas olodunzasse os clássicos da MPB e da música brega que falam de candomblé, o show continuaria lindo, mas seria bem menos original.

Guitarras e orixás: é como se, quarenta anos mais tarde, Maria Bethânia finalmente aderisse à Tropicália.

Não que a voz ou a interpretação de Rita lembrem, sequer de longe, Bethânia. Se as duas podem ser comparadas é no quesito energia.

Durante uma hora e meia, Rita faz gato e sapato da pomba-gira. É Rita Ribeiro que baixa na Cabocla Jurema, e não o contrário 😆

E aí, quando é que sai o DVD?

5 comentários

eu gostaria de saber o uqe é marcaçao de palco:

sou universitario e estou fazendo um trabalho sobre teatro

gostaria muito uqe vcs me respondessem

Obrigado

OLA !
PRIMEIRO QUERIA DIZER QUE ADOREI ESSE SITE,
ESTOU AGORA EM SETEMBRO PARA A EUROPA JA TENHO TODO O ROTEIRO DEFINIDO (PARIS 5 NOITES /ROMA 03 NOITES /VIENA 02 /HAMBURGO 05 NOITES CONGRESSO)
POREM ESTOU EM DUVIDA SOBRE O HOTEL DE ROMA ALGUEM PODE ME DAR DICAS ?
UM ABRAÇO

Ai, eu queria tanto ter ido nesse show!! Tava fora de São Paulo! Comprei o CD antes da Páscoa, e vc tem razão, é o máximo!!!

Vc já viu a versão dela para Banho Cheiroso? Tem numa daquelas coletâneas da Putumayo Records. É uma delíciaaaaaa…

Puxa!!! Errei de dia 🙂 Fui ontem, domingo. Tb adorei! Mas achei que a voz dela ficava meio escondidinha mesmo…