Duna de Jericoacoara

Acidente com morte na duna de Jericoacoara: até quando vão permitir veículos na praia?

Duna de Jericoacoara

O pior aconteceu. A Ana Roberta deixou um comentário lamentando a morte de seu amigo, o instrutor de kitesurf Renato Pinho, de 30 anos, ao ter sua moto abalroada por uma camionete que fazia manobras na parte baixa da duna de Jericoacoara (a notícia completa, no Diário do Nordeste, pode ser vista aqui.)

Na verdade os dois estavam errados: há leis que proíbem o trânsito de veículos motorizados pela praia em Jeri. Mas ninguém respeita.

Enquanto o município de Jijoca e os moradores de Jericoacoara, sem exceção, não entenderem que praia não é avenida e que trânsito e barulho não cabem num lugar que se pretende um santuário ecológico, o risco de outros acidentes assim acontecerem continua existindo.

Lamento muito por seu amigo, Ana Roberta. O único consolo é que a sua morte não seja em vão. Mais uma vez: Salvem Jericoacoara!

Leia mais:

17 comentários

Galera! Na minha humilde opinião, acho que vcs estão fazendo um terrorismo exacerbado. Com taaantoo tempo de turismo, Jericoacoara registrou um único acidente fatal, que tenho conhecimento. Que sirva delição pra que não aconteça mais! Triste. Sim! Agora dizer que Jeri é horrível, que não presta, que é violento… Caro sim, mas o povo que vive do turismo não tem consciência de preço justo em lugar nenhum do Brasil. Alguém aqui acima falou em boicote! Concordo! Mas não boicotar Jeri. Boicotemos os restaurantes, pousadas, barracas, passeios … Que praticam preços exorbitantes.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.