Alta gastronomia a uma hora dessas?

md1

Já estive duas vezes na Ponta dos Ganchos como hóspede: em 2003 e 2005. Minha opinião sobre o hotel — e quem me acompanha sabe que é a melhor possível — foi formada já na primeira visita.

Eu já tinha visto fotos da nova ala de bangalôs. Como já tinha me hospedado no bangalô top da penúltima geração — pagando, folks; pagando! — eu sabia o que esperar dos bangalôs inaugurados no último verão. Por mais “uau!” que o novo bangalô 25 tenha me provocado (e eu não conseguia parar de soltar “uaus”), ele estava dentro das minhas expectativas — simplesmente porque, dado o que eu já conhecia do hotel, as minhas expectativas não tinham teto.

Mas quem disse que eu não acabaria me surpreendendo?

Na categoria “o que dar para quem já tem tudo”, a Ponta dos Ganchos inventou o café da manhã mais elegante de que eu tenho notícia. Você acorda e o café da manhã te lembra: sim, você está num relais-château 😎

É um pequeno banquete de micropratinhos, anunciados num cardápio impresso que muda todos os dias.

Este foi o de ontem.

md-shot

Para começar, um shot de couve, abacaxi e limão. Tipo para abrir os trabalhos num tom saudável.

md-fruta

A seguir, melancia e duas variedades de melão com raspinhas de hortelã; suco misto de tangerina, ameixa e morango.

md-iogurte

O iogurte muda todo dia; ontem veio com frutas vermelhas e amêndoas.

md-cafe

O croissant da cesta de pães é um problema, visto que o menu vai trazer ainda outros sanduichinhos…

md-sandubas

… como estes, de salmão e pepino…

md-croque

… ou estes micro-croques-madames, feitos com ovos de codorna.

A essas alturas eu já tinha ido a nocaute (lembre-se dos croissants…) então acabei apenas cumprindo tabela nos últimos dois rounds: a omelete e o mini-sonho com recheio de papaia.

md-omelete

md-sonho

Mas pensando bem, só um café assim para tirar alguém de casa de manhã cedo, concorda?

jacuzzi-bangalo-25

:mrgreen:

54 comentários

Depois de muitas pesquisas e literalmente “babar” no site deles eu e meu marido seguimos para SC desfrutar do puro luxo no Ponta dos Ganchos. Foram incríveis 5 dias no paraíso com todos os mimos que se tem direito! Não só o café da manhã, como tudo no hotel impressiona no quesito gastronomia, serviços, estrutura. É um pouco surreal pra quem é da classe média, mas acredito que para aqueles mais abastados o hotel não passa de uma extensão da vida real. Mas para reles mortais é uma experiência inesquecível!!!

Oi Ricardo,

Adorei o destaque que você deu para a questão dos ‘detalhes’ no post. A sequência de fotos ilustra muitíssimo bem o que é o Ponta dos Ganchos!

Estive lá em Agosto de 2011 com a minha mãe e me apaixonei perdidamente pelo hotel. Escrevi até um relato das minhas impressões: http://www.viabrblog.com.br/todos-os-posts/estive-la-ponta-dos-ganchos/

Como turismóloga e profissional de Marketing, me apaixonei pela frase que você escreveu: “Conhecer o luxo absoluto é o caminho mais eficiente para identificar, valorizar ou mesmo criar o luxo acessível.” Disse tudo! (anotei…heheh)

Fui reservar e agora as refeições não estão mais incluídas, somente o café da manha, e uma surpresa… os preços continuam os mesmos ou mais caros.
Vai entender………

Um lugar lindo e cheio de mimos. Pela maneira que fui tratada, paguei o justo. Quero voltar!

Amigos,vale a pena sim!!!!!Eu passei 4 dias lá comemorando e foi muuuuuuuuuito bom!E nao e só o cafe da manha nao,é o carrinho elétrico que vem te buscar no bangalô para te levar para a praia ou para o restaurante,é vc chegar na praia e já ter as espreguiçadeiras com as toalhas,o seu suco preferido ou a água de coco gelada,é vc nao precisar ficar procurando o garçom,é o menu do almoço e do jantar que muda todos os dias,é nao ter horário para as refeições…vc pode tomar cafe da manha as 3 da tarde,almoçar as 9 da noite,jantar 1 h da manha…sao os funcionários-todos-prestativos sem serem invasivos… o único senão é o custo…

    nos identificamos com isso, George

    p outras coisas existe….mastercard..hahaha

ai, ai…
por este lugar eu juro que ganharia a mega-sena!
aliás, tá acumulada…
seria meu segundo sonho de consumo. o primeiro é uma casa em josé ignacio, já tá até escolhida! huahauhauha
ainda bem que sonhar não custa nenhum tostão.