Apartamentos de temporada: os relatos dos leitores

Apartamento em Friedrichshain, Berlim

Este post compila e organiza as indicações de apartamentos de temporada e de imobiliárias online deixadas pelos leitores do Viaje na Viagem em diversos posts. Use os depoimentos como atalhos para achar o que você procura. O seu depoimento também é muito bem-vindo! Deixe seu relato na caixa de comentários e brevemente será incorporado à lista.


EUROPA

–> Alemanha

Berlim (Lia)

Berlim (Riq)

–> Espanha

Barcelona (Mari Campos)

Barcelona (Joana)

Barcelona: Ramblas (Lili)

Barcelona: Gràcia (Alê G.)

Barcelona: Plaza de España (Maíra)

Barcelona: Poble Sec (Luiz S.)

Barcelona (Ana Maria)

Barcelona: Born (Riq)

Granada: Salobreña (JP Soares)

Madri: Malasaña (Riq)

Sevilha: Alameda (JP Soares)

Sevilha: Plaza San Lorenzo (JP Soares)

–> França

Paris: Les Halles (Paulo e Ana)

Paris 6 (Marcie)

Paris 6 (Ricardo R.)

Paris 7 (Fabiana)

Paris 7 (Maria G.)

Paris 1 (Elisa BM)

Paris: Luxembourg (Luciana Misura)

Paris: Marais – o processo (Isabel G.)

Paris: Marais – a estada (Isabel G.)

Paris: Marais (Clarice R.)

Paris: Marais (Flávia S.)

Paris: Marais (Maurício T.)

Paris: Marais (Fábio)

Paris: Quartier Latin (Karla G.)

Paris: Hôtel de Ville (Maíra)

Paris: Torre Eiffel (Lúcia)

Paris: Rivoli (Carol L.)

Paris (Tati)

Paris (Mari Campos)

Paris (Marcie)

Paris (Beth)

Paris (Renata I.)

Paris (Fabiana)

Paris (Isalma)

Paris (Clara)

Paris (Maria Lina)

Paris (Paula)

Paris (Viviane)

Paris (Robi)

Paris (Maria G.)

Paris (Sérgio R.)

Paris (Deize G.)

–> Holanda

Amsterdã (Mariana)

Amsterdã (Riq)

–> Hungria

Budapeste (Fê Costta)

–> Inglaterra

Londres: Kensington (Eneida)

Londres (Eneida)

Londres: East London (Riq)

–> Itália

Florença (Mari Campos)

Roma (Sandro)

Roma (Carla Z.)

Roma: Piazza del Poppolo (Paula B.)

Roma: Coliseu (Méri)

Roma: Trastevere (Riq)

Mazzaró (JP Soares)

San Gimignano (Li)

–> Portugal

Lisboa (Riq)

–> República Tcheca

Praga, República Checa

Praga (Paula)

Praga (Karla G.)

AMÉRICAS

–> Argentina

Buenos Aires: Puerto Madero (Roberta)

Buenos Aires: Palermo (Fernanda)

Buenos Aires: Palermo (Eliane)

Buenos Aires: Palermo (Rafael)

Buenos Aires: Palermo (André V.)

Buenos Aires: Palermo (Luiz F.)

Buenos Aires: Palermo (Alexandre T.)

Buenos Aires: Palermo (Amós)

Buenos Aires: Recoleta (Patrícia D.)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre C.)

Buenos Aires: Recoleta (Marcia)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre C.)

Buenos Aires: Recoleta (Wanessa)

Buenos Aires: Recoleta (Silvia S.)

Buenos Aires: Recoleta (Cláudia M.)

Buenos Aires: Recoleta (Júlia)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre C.)

Buenos Aires: Recoleta (Elke)

Buenos Aires: Recoleta (Leandro A.)

Buenos Aires: Recoleta (Fabi)

Buenos Aires: Recoleta (Bernadette A.)

Buenos Aires: Recoleta (Ana L.)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre C.)

Buenos Aires: Recoleta (Laura)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre)

Buenos Aires: Vicente Lopez com Azcuenega (Jonatas)

Buenos Aires: Ayacucho com Sarmiento (Eliane P.)

Buenos Aires: Santa Fé (Cláudia M.)

Buenos Aires: Av. Libertador (Cláudia M.)

Buenos Aires: Microcentro (Gustavo A.)

Buenos Aires: Microcentro (Rafaela C.)

Buenos Aires: Obelisco (Tatiana C.)

Buenos Aires (Tamara)

Buenos Aires (SandraM)

Buenos Aires (Sylvia)

Buenos Aires (Patsy)

Buenos Aires (Eleonora)

Buenos Aires (Alexandre T.)

Buenos Aires (Jacqueline)

Buenos Aires (Gabe Britto)

Buenos Aires (Mariana)

Buenos Aires (Silvia S.)

Buenos Aires (Karina)

Buenos Aires (Silvia S.)

Buenos Aires (Cláudia M.)

Buenos Aires (Mari Campos)

Buenos Aires (Carla Z.)

–> Brasil

Búzios (Alessandro A.)

Búzios: Geribá (Márcia)

Búzios (Alice)

Búzios: Geribá (Nóbrega)

Búzios Park (Flávia HC)

Florianópolis (Alessandro A.)

Florianópolis (Flávia HC)

Fortaleza (Eleonora)

Natal (Gê)

Salvador (Flávia)

Salvador: Ondina (Guilherme L.)

Ubatuba (Flávia HC)

Ubatuba (Camila T.)

Rio das Ostras (Yna)

Rio de Janeiro: Leblon (Gabi R.)

Rio de Janeiro: Arpoador (Paulo K.)

Rio de Janeiro: Barra (Netto)

Rio de Janeiro: Barra (Flávia L.)

Rio de Janeiro: Ipanema (Anna F.)

–> Chile

Santiago (Fê Costta)

–> Estados Unidos

Nova York: Chelsea (JP Soares)

Nova York: Chelsea  (JP Soares)

Nova York: Chelsea (Riq)

Nova York: Midtown (Hélio S.)

Nova York: Midtown (Luciana M.)

Nova York: Midtown (Darlan B.)

Nova York: Midtown (Alex M.)

Nova York (Mari Campos)

Nova York: Village (Guilherme)

Nova York: East Village (Cláudio M.)

Nova York: Midtown  (Cláudia RJ)

Nova York (Rogéria S.)

Orlando (Destemperadinhos)

–> México

Playa del Carmen (Igor Leal)

Leia também:

Como alugar apartamento de temporada no exterior – parte 1

Como alugar apartamento de temporada no exterior – parte 2

Como alugar apartamento de temporada no exterior – parte 3

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


93 comentários

Vou deixar a minha contribuição:
Fui a Londres com um grupo de amigos e ficamos em 8 pessoas numa casa perto da estação St. Pancras. A casa está cadastrada no site Home Away – http://www.homeaway.com/vacation-rental/p402767
Tudo excelente – a casa fica bem próxima à Estação St. Pancras e à Kings Cross, por onde passam várias linhas do metrô. Tem um Tesco na esquina da casa, que nos foi de grande valia. E a casa, em si, é uma gracinha, muito bem equipada, com 3 quartos e 2 banheiros. E saiu super em conta – o período de 9 dias ficou em torno de 600 reais para cada pessoa – bem mais barato do que os hotéis que pesquisamos, fora a liberdade de se estar numa casa.
Recomendo!

Ah! E o que me inspirou a ir atrás de uma casa/apartamento foram os relatos do Riq aqui no site!
OBrigada, Riq!

Oi pessoal,

Acabei de voltar de uma viagem de 20 dias pela Europa, na qual aluguei um apartamento em Paris por seis noites, e volto para dar minhas impressões. Fui com meu noivo (temos 25 e 32 anos, respectivamente).

Aluguei meu apartamento pela Paris Flat Rent, que achei pesquisando pela internet (nem lembro mais como, acho que foi em algum desses sites como Homelidays ou Home Away). Essa Paris Flat Rent é de um italiano que tem vários apartamentos em Paris.

Aluguei um no Marais, na rue Veielle du Temple, bem em frente à Rue du Trezor, que é cheia de restaurantes. http://www.parisflatrent.com/marais.php

A localização foi incrível – bem no meio do Marais, aquela região é super animada, cheia de cafés, restaurantes, lojas e boulangeries. Quando chegamos, no domingo à tarde, estava uma muvuca! Mas o apartamento era voltado para o lado de trás, e dentro dele não se ouvia barulho nenhum!

O apartamento era pequeno, quarto integrado com uma saletinha, cozinha americana pequena e banheiro. Cama ótima, queen, tinha um pequeno armário, três poltronas confortáveis, tv (que não funcionou durante a nossa estada – mas não nos fez falta, por isso não ligamos para arrumarem), wi- fi, ligações de graça para telefones fixos do Brasil, na cozinha tinha geladeira, duas bocas de fogão elétrico, pia, cafeteira, torradeira e maquina de lavar (só de lavar, sem secadora, secamos as roupas penduradas pelo apartamento). Com utensílios de cozinha (incluindo taças e abridor de vinho, escorredor de macarrão), e alguns mantimentos, que os outros hóspedes foram deixando. Tinha macarrão, achocolatado, chás, café, bucha e detergente, sabão em pó e papel higiênico, além de uns produtos de limpeza.

O banheiro era bem pequeno, e dividido – em um local o vaso, no outro a pia e o chuveiro (este mínimo, muito pequeno mesmo, mas deu para tomar banho tranquilamente…).

Tinha ventilador e aquecedor (fomos agora em junho e acabamos usando o ventilador), sem ar condicionado. Também tinha tabua e ferro de passar e aspirador de pó.

Porém, o apartamento ficava no terceiro andar, sem elevador. Até aí, para mim, sem problemas, eu sabia disso quando reservei. Mas era uma escada em espiral bem apertada, foi meio difícil subir e descer com as malas, e quando chegávamos tarde, cansados, tínhamos ainda que subir 64 (acho) degraus…

Pagamos 100 euros por noite, já com a limpeza incluída. 120 euros foram pagos na reserva por Pay Pal, o restante no momento em que chegamos. Deixamos 150 euros de garantia na chegada, que foram devolvidos quando saímos.

O apartamento foi ótimo – foi muito bom ficar ‘em casa’, não precisar deixar tudo arrumado todos os dias, fazer comida. Foi a primeira vez que aluguei no exterior.

O Giovanni nos recebeu quando chegamos (ligamos quando saímos do aeroporto, e novamente quando chegamos ao apartamento. Ele demorou uns 20 minutos para aparecer, o que foi um pouco cansativo mas sem problemas). Na saída, marcamos um horário com ele e ele apareceu pontualmente.

Todo o processo de reserva foi feito com o Aurelien, que é assistente do Giovanni, e foi muito gentil, tirou todas as minhas dúvidas. Uma semana antes da viagem ele me mandou um arquivo de umas 20 paginas sobre Paris, como ir e chegar de todos os aeroportos e estacoes de trem até o apartamento, dicas de comportamento e várias outras coisas que foi útil também.

Eles têm vários outros apartamentos, podem dar uma olhada no site. Recomendado.

Em 2010 alugamos um apto em Barcelona em Eixample. Chama-se Eric Vokel Boutique Apartments. Estávamos em 5 adultos, o apartamento tinha 2 suítes, sala com sofá-cama e cozinha. Super novo e tudo funcionava. Adoramos!! Fiz a reserva pelo booking.com, simples como reservar um quarto de hotel. O site do apartamento é: https://www.ericvokel.com/Es/Inicio/Inicio.aspx

E para quem quer viver a mesma experiência de alugar um apartamento ou uma casa na Provence e na Côte d’Azur as dicas estão no http://www.naprovence.com. Além dos imóveis visíveis no site também temos um serviço personalizado que encontra o bem que você procura para curta ou longa temporada na região. E o melhor? Tudo em português! Fico aguardando a sua visita. Um abraço!

Eu li relatos de gente que fez isso e deu certo, mas eu nunca, nunca mesmo transferiria deposito via Western Union pra estranhos. E’ pratico e facil quando nao da’ pra acessar conta no exterior, mas e’ tambem a maneira numero 1 de enganar gente com scam.

Em julho/2010 ficamos em um apartamento no MArais . Aluguei pela homelidays e o código era 171543 . Excelente localização . O apartamento tinha 3 quartos e 2 banheiros . Tinha internet , lava-louças e máquina de lavar e secar roupas . A cozinha era completa . Pagamos 1400 euros , por 9 noites . Ficaria lá novamente ! Só que contrataria algum serviço de limpeza a cada 3-4 dias , pois como éramos 6 pessoas( sendo 2 crianças ) e apartamento era maior no sexto dia foi preciso dar uma faxina geral!!! E ninguém merece “faxinar” nas férias !!!!

Nos ultimos quatro anos ,alugamos nove apartamentos em Buenos Aires e a filhota alugou quatro .
Todos localizados na Recoleta e em Palermo Viejo/Soho.
Nunca tivemos nenhum problema grave ou insolúvel para resolver, e aprendemos muitas coisas :
*fotos grandes nos sites reduzem as chances de erro: olhe as fotos com atenção e procure sinais de desgaste ou falta de manutenção.
*quando não há fotos da fachada do predio , significa que não é apresentável;
*poucos ( ou nenhum) comentario de hóspedes quer dizer que existem problemas ( eles só publicam os elogios)
*apartamentos corporativos ( que o proprietario ou seu representante não estão presentes)podem ser lentos na solução de eventuais problemas.
*nunca tivemos qualquer perrengue com segurança , mas tb nunca aceitamos limpeza do imóvel que não fosse feita por pessoa da confiança do proprietario;
Nas cidades em que o street view está diponível é muito mais fácil escolher a localização , nas demais é preciso fazer uma pesquisa detalhada e extensa no google earth .
E é lógico , BBB e bem localizado não existe! 😆

Vou deixar minha contribuição.

Em Paria fiquei nesse apartamento:

http://www.parisattitude.com/apartment.asp?numProduit=727

Fica em plena Ilé Saint Louis, próximo de padarias, mercados e lojas charmosas. O grande problema de lá é que o apt. fica no quarto andar, então é preciso subir com as malas por escadas super apertadas.

Mas depois que as malas estão lá tudo fica tranquilo. Os móveis e eletrodomésticos são de boa qualidade e novos, o espaço bom para duas pessoas, internet a cabo e os proprietários são excelentes.

Eu certamente ficaria lá de novo. Com uma pequena caminhada você já chega numa estação do metrô. E se quiser só passear pode ir a pé para o Marais, Saint German e Notre Dame. Com 1 hora a pé (passeando) dá para ir até o Arco do Triunfo, o que é ótimo para quem gosta de andar.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.