Apartamentos de temporada: os relatos dos leitores

Apartamento em Friedrichshain, Berlim

Este post compila e organiza as indicações de apartamentos de temporada e de imobiliárias online deixadas pelos leitores do Viaje na Viagem em diversos posts. Use os depoimentos como atalhos para achar o que você procura. O seu depoimento também é muito bem-vindo! Deixe seu relato na caixa de comentários e brevemente será incorporado à lista.


EUROPA

–> Alemanha

Berlim (Lia)

Berlim (Riq)

–> Espanha

Barcelona (Mari Campos)

Barcelona (Joana)

Barcelona: Ramblas (Lili)

Barcelona: Gràcia (Alê G.)

Barcelona: Plaza de España (Maíra)

Barcelona: Poble Sec (Luiz S.)

Barcelona (Ana Maria)

Barcelona: Born (Riq)

Granada: Salobreña (JP Soares)

Madri: Malasaña (Riq)

Sevilha: Alameda (JP Soares)

Sevilha: Plaza San Lorenzo (JP Soares)

–> França

Paris: Les Halles (Paulo e Ana)

Paris 6 (Marcie)

Paris 6 (Ricardo R.)

Paris 7 (Fabiana)

Paris 7 (Maria G.)

Paris 1 (Elisa BM)

Paris: Luxembourg (Luciana Misura)

Paris: Marais – o processo (Isabel G.)

Paris: Marais – a estada (Isabel G.)

Paris: Marais (Clarice R.)

Paris: Marais (Flávia S.)

Paris: Marais (Maurício T.)

Paris: Marais (Fábio)

Paris: Quartier Latin (Karla G.)

Paris: Hôtel de Ville (Maíra)

Paris: Torre Eiffel (Lúcia)

Paris: Rivoli (Carol L.)

Paris (Tati)

Paris (Mari Campos)

Paris (Marcie)

Paris (Beth)

Paris (Renata I.)

Paris (Fabiana)

Paris (Isalma)

Paris (Clara)

Paris (Maria Lina)

Paris (Paula)

Paris (Viviane)

Paris (Robi)

Paris (Maria G.)

Paris (Sérgio R.)

Paris (Deize G.)

–> Holanda

Amsterdã (Mariana)

Amsterdã (Riq)

–> Hungria

Budapeste (Fê Costta)

–> Inglaterra

Londres: Kensington (Eneida)

Londres (Eneida)

Londres: East London (Riq)

–> Itália

Florença (Mari Campos)

Roma (Sandro)

Roma (Carla Z.)

Roma: Piazza del Poppolo (Paula B.)

Roma: Coliseu (Méri)

Roma: Trastevere (Riq)

Mazzaró (JP Soares)

San Gimignano (Li)

–> Portugal

Lisboa (Riq)

–> República Tcheca

Praga, República Checa

Praga (Paula)

Praga (Karla G.)

AMÉRICAS

–> Argentina

Buenos Aires: Puerto Madero (Roberta)

Buenos Aires: Palermo (Fernanda)

Buenos Aires: Palermo (Eliane)

Buenos Aires: Palermo (Rafael)

Buenos Aires: Palermo (André V.)

Buenos Aires: Palermo (Luiz F.)

Buenos Aires: Palermo (Alexandre T.)

Buenos Aires: Palermo (Amós)

Buenos Aires: Recoleta (Patrícia D.)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre C.)

Buenos Aires: Recoleta (Marcia)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre C.)

Buenos Aires: Recoleta (Wanessa)

Buenos Aires: Recoleta (Silvia S.)

Buenos Aires: Recoleta (Cláudia M.)

Buenos Aires: Recoleta (Júlia)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre C.)

Buenos Aires: Recoleta (Elke)

Buenos Aires: Recoleta (Leandro A.)

Buenos Aires: Recoleta (Fabi)

Buenos Aires: Recoleta (Bernadette A.)

Buenos Aires: Recoleta (Ana L.)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre C.)

Buenos Aires: Recoleta (Laura)

Buenos Aires: Recoleta (Alexandre)

Buenos Aires: Vicente Lopez com Azcuenega (Jonatas)

Buenos Aires: Ayacucho com Sarmiento (Eliane P.)

Buenos Aires: Santa Fé (Cláudia M.)

Buenos Aires: Av. Libertador (Cláudia M.)

Buenos Aires: Microcentro (Gustavo A.)

Buenos Aires: Microcentro (Rafaela C.)

Buenos Aires: Obelisco (Tatiana C.)

Buenos Aires (Tamara)

Buenos Aires (SandraM)

Buenos Aires (Sylvia)

Buenos Aires (Patsy)

Buenos Aires (Eleonora)

Buenos Aires (Alexandre T.)

Buenos Aires (Jacqueline)

Buenos Aires (Gabe Britto)

Buenos Aires (Mariana)

Buenos Aires (Silvia S.)

Buenos Aires (Karina)

Buenos Aires (Silvia S.)

Buenos Aires (Cláudia M.)

Buenos Aires (Mari Campos)

Buenos Aires (Carla Z.)

–> Brasil

Búzios (Alessandro A.)

Búzios: Geribá (Márcia)

Búzios (Alice)

Búzios: Geribá (Nóbrega)

Búzios Park (Flávia HC)

Florianópolis (Alessandro A.)

Florianópolis (Flávia HC)

Fortaleza (Eleonora)

Natal (Gê)

Salvador (Flávia)

Salvador: Ondina (Guilherme L.)

Ubatuba (Flávia HC)

Ubatuba (Camila T.)

Rio das Ostras (Yna)

Rio de Janeiro: Leblon (Gabi R.)

Rio de Janeiro: Arpoador (Paulo K.)

Rio de Janeiro: Barra (Netto)

Rio de Janeiro: Barra (Flávia L.)

Rio de Janeiro: Ipanema (Anna F.)

–> Chile

Santiago (Fê Costta)

–> Estados Unidos

Nova York: Chelsea (JP Soares)

Nova York: Chelsea  (JP Soares)

Nova York: Chelsea (Riq)

Nova York: Midtown (Hélio S.)

Nova York: Midtown (Luciana M.)

Nova York: Midtown (Darlan B.)

Nova York: Midtown (Alex M.)

Nova York (Mari Campos)

Nova York: Village (Guilherme)

Nova York: East Village (Cláudio M.)

Nova York: Midtown  (Cláudia RJ)

Nova York (Rogéria S.)

Orlando (Destemperadinhos)

–> México

Playa del Carmen (Igor Leal)

Leia também:

Como alugar apartamento de temporada no exterior – parte 1

Como alugar apartamento de temporada no exterior – parte 2

Como alugar apartamento de temporada no exterior – parte 3

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


93 comentários

Sem querer dizer que isto foi uma compensação, pois nada compensa certos aborrecimentos na viagem, que bom que você recebeu o desconto de 50% e seu depósito de volta pois já que a empresa não foi atenciosa com vocês na estadia, causando-lhes desconforto pela falta de água e stress pelo fato de ter que ficar ligando para eles para que fizem o serviço e eles não resolvendo o problema, ao menos agiu corretamente com a questão financeira. Boa sorte na próxima viagem.

Eu e minha família tivemos uma experiência muito desagradável com a Apartments BA. Na verdade, eu ainda estou tendo problemas, já que até hoje não me devolveram o depósito de garantia que somos obrigados a fazer quando fechamos o aluguel do apartamento.

Aluguei o apê com a Apartments BA para passar 10 dias com minha família em Buenos Aires, cidade de que tanto gostamos e que já havíamos visitado por quatro vezes anteriormente. Fomos em 6 pessoas: meu marido, meu pai, minha mãe e meus dois filhos, um menino de 3 anos e uma menina de 5 meses de idade.

Fizemos o check-in no AP1 na Rodriguez Peña / Las Heras na sexta-feira, 4 de novembro de 2011. À noite, quando fomos tomar banho notamos que não havia água fria em um dos banheiros, o que ficava na súite do segundo andar do apartamento. Obviamente, sem água fria, não dá pra tomar banho de água pelando. Não dá pra usar a pia e naturalmente a água que vai para os toaletes também vêm do encanamento frio. Na manhã seguinte, enviei um e-mail para Augustina Zacsek (Personal Concierge da Apartments BA) pedindo que ela enviasse alguém para resolver a questão. Mais tarde naquele dia, mandei outro e-mail para Agustina e Gisele (Recepcionista no Apartments BA).

O telefone de emergência que eles informam para que possamos chamar nesses casos é um número de celular. E como pudemos ver no guia de boas-vindas do apartamento, nenhum dos telefones disponíveis podia ligar para telefones celulares. Supostamente deveria haver um telefone celular, fornecido pela Apartments BA, mas não havia. Sebastian, o funcionário que nos recebeu para o check-in (15 minutos atrasado, aliás, o que nos fez subir com muita bagagem, meu pai idoso e duas crianças pequenas para um micro-hall no último andar do prédio e ficar aguardando nas escadas) procurou o aparelho, mas não conseguiu encontrá-lo . Então, não poderíamos chamar o número de emergência! Sábado passou e assim também o domingo.

Na segunda de manhã, meu marido ligou para a Apartments BA e pediu que alguém fosse lá corrigir o problema da água. A funcionária que o atendeu (não lembro o nome agora) disse que iria mandar alguém. Novamente, estávamos em quatro adultos, uma criança e um bebê. Alugamos um apartamento de três quartos e dois banheiros por causa disso! Bem, meu marido disse que estávamos indo passear e que o bombeiro poderia entrar no apartamento a qualquer momento, mesmo sem nossa presença.

Passamos o dia fora e voltei imaginando que tudo estaria ok. Para minha grande surpresa ninguém havia passado por lá. Estávamos, então, prestes a começar o quinto dia sem um dos banheiros. Não foi possível tomar banho ou mesmo usar o toalete. Todos tinham que fazer fila em frente à ao único banheiro que também mal funcionava, uma vez que a água fria nele também estava fraca.

Grande surpresa # 2: nenhum e-mail de resposta de Agustina ou Gisele. Nenhuma mensagem. Nada. Então, eu tive que sair e encontrar um telefone público para tentar ligar para o número de emergência. Surpresa # 3, ninguém respondeu, e eu ouvi um recado de caixa postal!! Quer dizer, que tipo de número de emergência é esse que não é atendido por ninguém?!

Na manhã seguinte eles nos forneceram o telefone celular (até então ausente) e um bombeiro foi lá para tentar resolver o problema. O funcionário então descobriu que um outro bombeiro tinha fechado o encanamento de água fria (daquele lado do prédio… não era um problema de registro interno do apartamento) por causa de um reparo no 4 º andar e havia esquecido a coisa desligada. Bem, isso também não deixava de ser estranho, já que, mesmo fraca, havia água fria no banheiro e normal no resto do apartamento. De qualquer forma, ele pediu ao porteiro do prédio para ligá-lo novamente. Não adiantou nada, pois a água estava saindo da torneira / chuveiro / WC em gotas … e o encanador não teve condições de resolver a questão. Estávamos usando um balde para dar descarga. Continuamos, portanto, sem um segundo banheiro.

Então, por e-mail, Claudia Sola (Gerente de Vendas e Concierge no Apartments BA) apareceu pedindo desculpas pelo inconveniente. Ela disse: “(…) Infelizmente é um problema que não pode ser resolvido por nós mesmos, depende da administração do prédio e por isso estamos em contato com eles, mas eles não são muito sensíveis. Infelizmente está fora de nosso controle, avaliamos mudar vocês para outro apartamento, mas infelizmente não temos outras opções disponíveis (…) “.

Na manhã seguinte, ao responder a mensagem acima enviada pela Claudia, eu tive que relatar mais um inconveniente. Ficaríamos sem luz naquela manhã, pois seria feito algum tipo de manutenção na nossa prumada. Então tivemos que correr para a rua com as crianças. Perguntei então se haveria pelo menos um desconto no aluguel, uma vez que parte do apartamento não estava pronto para uso (no caso, o banheiro).

Claudia novamente disse “sorry” sobre o problema da eletricidade e que ela entraria em contato com o proprietário do apartamento, de modo que a Apartments BA iria tentar nos compensar pelos problemas ocorridos.

Eu, então, respondendo novamente à Claudia, lhe disse que esperava que a Apartments BA realmente entendesse os problemas pelos quais estávamos passando. Nossa reclamação não era uma “frescura”, um “luxo”, mas, sim, justa. Se fôssemos menos pessoas, poderíamos até “isolar” o segundo andar. O segundo benheiro não nos faria falta. Mas não era o caso. Casualmente, naquele mesmo dia, um fato novo me fez “descobrir” mais um problema no apartamento: Durante o café da manhã, meu pai disse: “a não ser pelo problema da água, este apartamento é legal depois que você se acostuma com o ruído do elevador”.

Embora pudéssemos ouvir claramente cada vez que alguém usava o elevador, nunca havia sido um problema pra gente. O prédio é antigo e os elevadores também. Daqueles onde temos que fechar a porta interna para que ele funcione etc. Ainda há muitos desses também aqui no Brasil. Normal. Até charmoso. Mas eu achei o comentário que meu pais fez curioso, já que ele tem problemas de audição. Ele mal pode ouvir uma conversa normal e nunca ouve, por exemplo, um telefone tocar. Então eu decidi subir até a suíte dos meus pais e ficar lá para ouvir o elevador. Resumindo, é absolutamente impossível alguém que não tenha sérios problemas de audição dormir lá. O motor do elevador e os cabos de tração do mesmo ficam do outro lado da fina parede da suíte! O barulho não era brincadeira! Convidei, então, a Claudia para ir até o apartamento e verificar se ela realmente acha que é possível alguém dormir no local.

Apenas fazendo um paralelo, no ano passado eu, meu marido e nosso àquela época único filho estivemos em Buenos Aires e alugamos um apê com a ByT Argentina. Tivemos também um problema com um encanamento no chão da cozinha, mas que foi prontamente resolvido (e sabemos que este tipo de coisa acontece, é claro). Mas desde que ouvi e li tantas boas recomendações sobre a Apartments BA, fiquei com vontade de alugar apartamento com eles. E foi o que fizemos. Considerando esse bom histórico da empresa eu inclusive sugeri à Cláudia que reavaliasse o apartamento, pois pelos problemas apresentados ele não deveria fazer justiça ao portfolio anunciado pela Apartments BA. Não sei das outras unidades, é claro, mas baseado no que eu vi no site e li em blogs de viagem, Trip Advisor, Time Out etc, o AP1 ficou muito abaixo das minhas expectativas.

Então, recebi outro e-mail que me fez, pelo menos, feliz com as política da empresa. Claudia Sola pediu desculpas mais uma vez, agradeceu-me pela sugestão de reavaliar a propriedade e disse: (…) “Como compensação pelos inconvenientes, gostaríamos de oferecer-lhe um reembolso de 50% para cada noite que vocês passaram sem água em um dos banheiros. Compensasão que será creditada juntamente com o depósito de segurança “.

Bem, o post já está grande, mas o final da história é o seguinte: até hoje não vimos a cor do depósito de segurança. Muito menos de qualquer tipo de compensação pela ausência de água. Deixamos o apartamento no 12 de novembro, pela manhã, depois de nove dias de estadia em Buenos Aires. No dia 16 enviei à Claudia um e-mail perguntando sobre a data de reembolso do depósito de segurança. Dois dias depois, ela respondeu: “na próxima semana”, e complementou informando que iríamos receber um recibo da transação. Em 28 de novembro perguntei-lhe novamente sobre o depósito, já que a “próxima semana” já tinha ido pro beleléu. Surpreendentemente (ou não), ela nunca voltou a me responder.

Checamos o contrato assinado e lá está dito que o depósito de segurança deverá ser reembolsado no prazo de trinta (30) dias depois que o locatário deixa o apartamento. Decidimos, então, aguardar o prazo estipulado em contrato.

Bem, hoje é dia 14 de dezembro, dois dias após o período de 30 dias contratuais. E nós, surpreendentemente, ainda não temos nosso dinheiro de volta. Considerando que o depósito de segurança de US$ 800,00 foi debitado em meu cartão de crédito em 18 de julho em nome de Luxury Retreats Inc., em Barbados, que é a empresa proprietária da Apartments BA, eles estão segurando essa grana há praticamente cinco meses!

Bem, para terminar mesmo… eu já aluguei apartamentos para passar as férias com algumas empresas: Byt Argentina, Paris Attitude e Homelidays. E a prática das mesmas é a de devolver o depósito de segurança, em dinheiro, no momento em que você entrega o apartamento. Ok, não é assim que Apartments BA faz. Mas … hotéis, quando eles precisam de uma garantia para fazer a reserva, bloqueiam determinado valor no nosso cartão de crédito. É uma segurança em relação ao “no show”. E assim que você faz o check-in (ou o check-out, dependendo do hotel), eles cancelam o bloqueio. Finalmente, só para dar outro exemplo, quando você compra algo com um cartão de crédito e há um erro ou precisa devolver a mercadoria a loja imediatamente realiza o estorno do valor. É um procedimento simples, rápido e indolor.

Pelo jeito terei que contratar um advogado em Buenos Aires (ou em Barbados, ou onde quer que seja a sede da Luxury Retreats/Apartments BA), pois desde o dia 18 de novembro não temos qualquer notícia da Apartments BA.

Natália Fontoura

    Olá. Gostaria apenas de fazer um update sobre minha experiência com a Apartments BA. Eles ontem fizeram o crédito em meu cartão do depósito de garantia juntamente com os 50% de desconto por cada dia sem água em um dos banheiros.

Gente:
estou à caça de um ap em NY. Nunca aluguei nenhum apartamento por temporada.
Vcs conhecem um agência chamada Airbnb? Alguém já utilizou? Deu tudo certinho? Os preços dos aps e studios estão bem convidativos..

Bjs

Aluguei apartamento com a BA For You Apartments.com.ar depois de ver a indicação no post de Buenos Aires e agora deixo aqui minha recomendação. O apartamento e o prédio eram ótimos, novos e bem equipados, com portaria 24horas. O agente que me receber foi super atencioso, apesar do meu atraso de duas horas (culpa do extravio das malas). Mostrou o funcionamento de cada coisa no ap e ainda abriu um mapa para nos localizar e localizar os serviços disponíveis na vizinhança, dar dicas de passeios e restaurantes. Quando entreguei o valor do aluguel e caução, o representante nem conferiu o dinheiro. Devido a uma mudança no horário de voo, precisava sair às 5am e a agência não dificultou em nada, pelo contrário. Propôs devolver a caução na véspera e que eu deixasse as chaves no apartamento quando saísse. Assim foi feito, sem dificuldades. Ah, a agência é especializada no atendimento ao público gay, mas pude comprovar que é super hetero friendly.

Em abril aluguei um flat honesto (quarto grande com sofá + cozinha + banheiro, 3º andar sem elevador) pela ParisBestLodge. Fica na rue Dauphine (contígua e a uma quadra da Pont Neuf, em Saint Germain). O Lucas foi muito solícito, imprimi e preenchi o contrato e tive que mandar pelo correio (afe!). Não precisei pagar nenhum tipo de depósito e os 800 euros pela semana de estadia foram pagos no check-in. Perfeito para um casal, com vantagens econômicas (café da manhã, lanchinhos e até alguns jantares “em casa”), boa localização (pertíssimo do Sena, do Louvre e da Notre Dame), ligações grátis pro Brasil e uma lavadora de roupas que nos proporcionou a liberdade de viajarmos com malas mínimas. Sem falar no charme de andar por Paris carregando sacolas de mercado e chave “da casa”…

Um abraço

Caros Viajantes
Iremos a Paris em dois casais, de modo que estou procurando um apartamento para locar que tenha necessariamente dois quartos (se forem duas suítes melhor ainda!). Vi um realmente lindo, porém no bairro chamado Bercy. Pesquisei no google e vi que é um bairro residencial e com metrô próximo. Alguém já ficou ou conhece esta região? Acham que vale a pena? Obrigada!

Aluguei um apartamento em Buenos Aires com a ByTArgentina (Armenia y Charcas) e não poderia estar mas satisfeita. A empresa foi ótima, nos prestando auxilio e esclarecendo dúvidas antes mesmo de chegarmos à cidade. O apartamento era exatamente como indicado no site, o prédio limpissimo e familiar, roupas de cama e banho da melhor qualidade. A proprietaria aceitou fazer o check out as 2 da manhã por conta do nosso voo. Enfim, ótima experiência e recomendo a empresa sem temores. Abraços.

Mais um apartamento em Nova Iorque, bem localizado para Chelsea, com metro à porta e Starbucks no edifício, na rua 28 com a 7 avenida. Dono super simpático, estúdio límpíssimo, novo, amplo, seguro e muito luminoso. Usei pela primeira vez os serviços da Airbnb.com, tem a vantagem de se poder pagar com cartão de crédito, servindo a agência de intermediária com o proprietário.
http://www.airbnb.com/rooms/87764

Em Lisboa alugamos um apê super bonitinho no Bairro Alto, por uma média de 100 euros por dia. Bem equipado, com calefação, e bastante espaçoso para 03 pessoas. O site que tbém tem apês em Barcelona e Madri é o http://www.rent4days.com. Vale a pena conferir. A negociação é feita direto com o proprietário. Abs, Anna

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.