Banco Central da Itália proíbe uso de cartão de crédito no Vaticano

Jornal da BóiaTuristas que pretendem visitar o Vaticano devem estar preparados para fazer pagamentos em espécie nos museus e lojas de souvenir — e enfrentar mais filas. Por não respeitar regras internacionais contra lavagem de dinheiro, a cidade-estado teve as operações com cartão de débito e crédito proibidas em seu território pelo Banco Central italiano. A determinação começou a valer em 1º de janeiro.

Entradas para o Museu do Vaticano ainda podem ser compradas com cartão de crédito no site, mas apenas até o dia 15 deste mês. Depois desta data, as filas para o museu devem aumentar.

Siga o Viaje na Viagem no Twitter – @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter – @riqfreire

Visite o VnV no Facebook – Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email – VnV por email


67 comentários

Estarei em Roma a partir do dia 20 de maio. Ainda bem que entrei aqui e soube, pela Marise, que não vou precisar entrar em filas para entrar. Fiz a reserva pelo site oficial do Vaticano hoje e já recebi e voucher pelo e-mail, mas ainda tinha duvida de como efetuar o pagamento…

Olá,
alguém sabe como está o sistema de compra pelo site?

Não sei se já avisaram por aqui, mas a partir de 25/02/13 as visitas guiadas aos Jardins do Vaticano também foram suspensas, segundo o site do mesmo.

Oi Bóia
Que babado, hem? Já sabia dessa “treta” de lavagem de dinheiro do Vaticano mas não do cartão de crédito, espero não enfrentar uma fila tão grande para troca porque às 14.30 tenho o Scavi tour.
Muito obrigada mais uma vez! Não sei o que seria de mim sem esse blog. Temos resposta pra tudo, tudinho com eficiência e precisão. Já imprimi muita coisa de vocês, aliás tudo, rs, e fiz uma pasta pra levar na viagem, sei que será super tranquilo.
Um abraço

ola
estou com o mesmo problema será que quem faz reserva pelo site ,tb ja tenho o voucher será que vai ter uma fila especial …Alguem sabe dizer?

    Enviei email para o vaticano , já que não se pode + pagar com cartão e eles me enviaram essa resposta , então acho que não enfrentaremos fila
    your reservation is correct.
    You will pay it, by cash, on the day of the visit at the Museums without doing the line.

    Regards

    Help Desk
    Ufficio Servizi e Rapporti con il Pubblico
    Musei Vaticani

Otimo, super obrigada…apesar disso, acredito que a fila sera um pouco maior, uma vez que se paga na hora e muitas pessoas ainda tem receio de fazer compras com cartao pela internet, principalmente em sites internacionais 🙁

Eu tentei comprar hoje, que eh quando abriu a disponibilidade de data da minha visita. Recebi o voucher, que diz que precisa apresenta-lo na bilheteria e pagar em dinheiro.
Minha grande duvida eh: essas pessoas que, como eu, ja fizeram a reserva (as 14:30) havera uma fila especial, como funciona atualmente, ou sera uma “fila unica” daqueles que possuem ou nao reserva? (Essa ultima alternativa nao faz o minimo sentido pra mim, mas permanece a duvida).
Super agradeco a quem puder informar quanto a essa mudanca.

Informação importantíssima para o planejamento de viagem. Vou ficar atenta às notícias, porque pretendo viajar em abril e não tenho nenhuma intenção de enfrentar as famosas filas…

Isso quer dizer que for depois do dia 15 vai ter que enfrentar a fila gigante? Não vai ser mais possível comprar na internet? Será que eles não disponibilizam algum outro tipo de pagamento pela net, estilo boleto bancário? beijos

    Olá, Karla! O site permite comprar antecipadamente, até 15 de janeiro, bilhetes para visitas até março. Não há ainda notícias sobre como o sistema irá funcionar de março em diante, se a proibição permanecer.

    Karla Gê, a restrição é para transações eletrônicas. Ao que parece o Vaticano está correndo atrás de resolver os problemas regulatórios, mas há dúvidas se serão resolvidos a tempo, ou não. Uma possibildiade que estão considerando é usarem os serviços de algum representante italiano.

Obrigada pela informação! Enfrentar filas? Tou fora! Se não existir alternativa até maio para compra na internet, o Vaticano pagável não terá o prazer da minha visita. Espero que achem alguma alternativa para a questão.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.