Ciruelo

A primavera já floriu em Bariloche

Calle España

“Caramba, que ruazinha mais linda”, pensei ao cruzar a esquina da Libertad com España, perto do Centro Cívico de Bariloche. Um corredor de árvores floridas, que pareciam cerejeiras japonesas, enchiam de cor-de-rosa o lugar.

Calle Mitre

Bariloche

Logo percebi que aquela beleza toda não era privilégio de uma só esquina. Pelo centro da cidade, nos arredores da calle Mitre, muitas ruas estavam com um colorido igual.

Ciruelo

Ciruelo

Ciruelo

As paradinhas para fotos foram tantas que quase me atrasei para o passeio marcado para o início da tarde.

Quando encontrei o guia, logo aproveitei para assuntar. “Você sabe que árvore é essa?”, e mostrei algumas fotos. Ele disse que se tratavam de ciruelos, muito comuns por ali — começavam a florir nessa época, e depois, lá para o fim do ano, davam uma frutinha saborosa. A Roberta, do blog Territórios, reconheceu as flores nas imagens, e cravou: “essa é a árvore da ameixa!”.

Catedral de Bariloche

Os ciruelos, ou ameixeiras, são das primeiras árvores a florir no início da primavera, e em Bariloche já dão as boas-vindas à estação que acaba de começar.

O fruto do ciruelo é a ciruela, assim como a naranja vem do naranjo, e a manzana, do manzano.

Ciruelo

How do you say “belezura” em espanhol? :mrgreen:

Mariana viajou a convite do Cruce Andino.

Leia mais:

4 comentários

Estive ai de 09 à 20 de setembro, pois queria ver a neve, e consegui, logo que voltei a primavera embelezou ainda mais a cidade, pretendo voltar.
A região da Patagonia enche os olhos de qualquer visitante, parabéns aos argentinos, que tão bem preservam o lugar.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.