Berlin hat den Destemperados sehr gut geschmeckt!

Repita comigo: Schwarzwaldstuben! Schwarzwaldstuben! Repita comigo: Schwarzwaldstuben! Isso: Schwarzwaldstuben!

Afinal, quem é que não está indo pra Berlim? Entra ano, sai ano, a capital da Alemanha reunificada não arreda pé do topo da lista de destinos descolados. O índice de satisfação também é altíssimo: por maior que seja o hype, é difícil alguém voltar decepcionado. Acredito que isso tenha a ver com dois fatores: 1) a total falta de pose e pretensão da cidade; 2) a energia que emana de um lugar que ainda não terminou de se reinventar.

O Diogo Carvalho dos Destemperados é mais um dos novos desbundados com Berlim. E contribui ao culto à grande metrópole da Europa Central com uma lista de lugares divertidos e testados para comer bem. Guten Appetit!

Restaurantes em Berlim by Destemperados:

BBB em Mitte: o vietnamita Monsieur Vuong

A matriz do Hasir, o inventor do döner kebap, em Kreuzberg

Extravagância com vista para o Spree: Grill Royal

Udon e sobá quase grátis em Mitte: Susuru

A mãe das praças de alimentação chiques: o sexto andar da KaDeWe

Falafel e schawarma em Mitte: Dada Falafel

Ja, wir haben comida alemã: Schwarzwaldstube, em Mitte

Indo além do café no Café Einstein da Unten den Linden

Leia também:

Dobradinhas de Berlim: Newton + Lutter und Wegner

Gi Gregolin em Berlim

Berlim pra Mira

40 comentários

Legal, e o melhor é a culinária “étnica”.
Nada a ver, mas falando em Berlim, um excelente filme: “A Vida dos Outros”, sobre um agente da STASI que acaba tendo empatia pelos seus vigiados.

    Pois é, filmaço, mas coitado, o ótimo ator Ulrich Mühe, que interpreta o espião, morreu de câncer em 2007. Curiosidade: depois do fim da DDR, ele processou a ex-mulher alegando que ela era uma informante da STASI (a arte imita a vida), que deve ter sido o aparelho mais repressor já construído. Estima-se que entre agentes, informantes ocasionais e outros bichos, 1 em cada 7 alemães-orientais eram X-9, de acordo com um cálculo da BBC de 2007.

    Caramba, Arthur, eu devia ter conversado com você enquanto ainda estava escrevendo a tese… Escrevi um pouco sobre sociedades de vigilância e mencionei o filme – teria sido maneiríssimo contar essas curiosidades! Arthur também é cultura!!! 😉

    Parabéns, Arthur!!! 😀

    Era sobre romances policiais, sim – a parte sobre as sociedades de vigilância tinha a ver com o contexto histórico dos RPs…

Ah, meu alemão incipiente não serve pra muita coisa, não, mas acho que o título do post quer dizer algo como “Berlim agradou muito aos Destemperados” ou “Os Destemperados gostaram muito de Berlim”, algo do gênero… 😉

    Acho que é isso, também 😳

    Pelo que eu me lembre, “schmecken” é agradar mas no sentido de comida.

    É o que eu me lembro também… Se é fato que duas cabeças pensam melhor do que uma, deve ser isso mesmo! 😀

Só não vou dizer que esses posts me deram vontade de ir a Berlim porque ficar com fama de gulosa vai ser muito feio… :mrgreen:

Eu também não captei o título, mas em compensação, não canso de ler essas dicas. O Diogo se puxou mesmo!

Abraços

Já que vou falar de outro assunto, estou fazendo-o em outro post!

Estou catando lugares pra ficar em Londres, e nosso querido hotwire está apresentando bons (excelentes) preços em três lugares. Como não conheço Londres, e confio na opinião de vcs, queria algumas indicações de qual é o melhor para ficar:

– Westminster – imagino que seja bacana pro turismo de dia, já que tem varias atrações por perto. Mas de noite é bacana? Ou é mortinho? Me interesso mais em restaurantes e bares do que night, já que vou com minha esposa. Tem o melhor preço, então se for bom de noite acho que vou ficar aqui.

– Kensington/Chelsea/Knightsbrige – Parece mais distante do lêre, mas parece ser um pouco mais movimentado a noite.

– Mayfair/Soho – um pouco mais caro, mas esse me parece a melhor combinação.

Tem algumas coisas no The City também, mas lá o Riq já havia me dito que é meio morto de noite.

Obrigaduuuuuuuuuuu!

Pessoal,
sainda um pouquinho do tópico: Não sei se vcs lembram, mas há alguns meses atrás passei uma dica de como descobrir o hotel que vc vai ficar no hotwire. Bem, infelizmente acho que descobriram o esquema e agora não colocam mais toda aquelas informações tiradas do tripadvisor.
Porém, como as pessoas são sinistras e a Internet é o antro das descobertas, encontrei um site SHOW DE BOLA que pode ajudar. http://www.betterbidding.com. Basicamente, toda vez que alguém fecha negócio com o hotwire ou com o priceline, faz um post dizendo os detalhes da compra e qual foi o hotel. Dessa forma, eles tem uma base de dados monstra com vários hotéis. Bem bacana pra tentar descobrir o que é o que no site do hotwire.
Mas a conclusão que cheguei mais legal desse site foi: escolhendo de 3,5 estrelas pra cima, não tem erro: todos os hotéis são bem bacanas…
Bem, dêem uma olhada e comentem.
abs!

EU QUERO MORAR EM BERLIM. Só acho que nunca vou conseguir aprender alemão. Não consegui nem repetir esse negócio aí que o Riq mandou repetir… #fail

ah, e duas coisas:

primeiro é o que quer dizer o título do post, que o meu google não identificou 🙂

e segundo é que só agora me dei conta que, na foto, em primeiro plano no canto inferior esquerdo, estão meus pais. rá! pior que eu é que tirei a foto e só agora percebi…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.