Bruxelas: pit-stop esperto entre Paris e Amsterdã

Bruxelas

Em uma viagem de trem entre Paris e Amsterdã, incluir Bruxelas como pit-stop é uma maneira esperta de fazer do trajeto um novo passeio. Divida as quatro horas de trajeto em primeiro e segundo tempo, e aproveite uma tarde com Tintin e moules-frites.


Atenção:

  • É necessário comprar passagens SEPARADAS para os trechos Paris-Bruxelas e Bruxelas-Amsterdã

Como escolher os trens

Trecho Paris-Bruxelas (ou vice-versa)

O trecho ParisBruxelas leva 1h30 no trem Thalys ou 2h10 no low-cost Izy. Escolha um horário que permita aproveitar bem o dia (programar a saída de Paris para até 9 da manhã é uma boa idéia). Nos dois trens é preciso reservar com antecedência.

No Thalys as tarifas em 2ª classe vão de €29 a €99 por trecho; as passagens mais em conta ficam disponíveis entre 90 e 60 dias antes da data. A viagem é feita pelos trilhos mais rápidos, com assentos marcados automaticamente.

O novo Izy, que começa a operar dia 1º de abril de 2016, é um novo serviço entre Paris e Bruxelas, com tarifas entre €10 (sem garantia de assento) a €29 (em poltrona XL). Saiba tudo sobre esse novo trem (leia mais aqui).

Trecho Bruxelas-Amsterdã (ou vice-versa)

O trecho BruxelasAmsterdã pode ser feito em trens Thalys ou InterCity.

No Thalys a viagem leva 1h50, com horário marcado e reserva automática de assentos. A passagem custa entre €34 a €87 por trecho e vale apenas para o horário comprado.

Com os trens InterCity, a viagem leva 3h10. O preço não varia: toda viagem custa €44,60, seja comprada com antecedência, seja comprada na hora. Não há reserva de assento. Se todos os assentos estiverem ocupados, você pode viajar de pé (ou no vagão-restaurante) — mas como há muitas paradas, muita gente sentada acaba descendo pelo caminho. A passagem tem validade para uma viagem completa nesta rota, num só sentido, em qualquer horário dentro do dia de validade.

Ou seja: se você comprar uma passagem Thalys, tem que pegar o trem do horário especificado na sua passagem. Caso compre uma passagem InterCity, pode seguir viagem com qualquer InterCity no dia que está indicado na sua passagem.

O site internacional da SNCB, a ferrovia belga, informa horários e preços tanto de Thalys quanto de Intercity para você escolher.

E no sentido inverso?

No sentido inverso o pit-stop também funciona. Programe a saída de Amsterdã para 7 ou 8 horas da manhã, de acordo com o trem escolhido (Thalys ou Intercity). O trecho Bruxelas-Paris será feito em Thalys ou Izy, com horário e assento marcados.

Compre DOIS bilhetes separados!

Repetindo a pergunta mais feita neste post: NÃO É POSSÍVEL fazer a parada em Bruxelas com apenas um bilhete Paris-Amsterdã ou Amsterdã-Paris. Você necessariamente vai ter que comprar as duas passagens separadas.

Onde guardar a bagagem

Uma das razões para se recomendar o pit-stop em Bruxelas são os maleiros automáticos da estação de trem Bruxelles-Midi, também chamada de Brussel-Zuid, em flamengo.

Maleiro, estação Midi/Zuid, Bruxelas

>Os maleiros têm tamanhos variados, instruções em português (de Portugal), e os maiores são grandes o suficiente para guardar bagagens tamanho “tour pela Europa” (lembrando que recomendamos levar para tours pela Europa malas de tamanho M, que se encaixam sem problemas também nos bagageiros dos trens).

Maleiro, estação Midi/Zuid, Bruxelas

Ticket do maleiro, estação Midi/Zuid, Bruxelas

Outra opção é deixar a bagagem em um guarda-volumes operado por funcionários.

Bruxelas

O que fazer num pit-stop em Bruxelas

Programe de quatro a seis horas para o passeio. (O recomendável são seis horas.) De Bruxelles-Midi, pegue o trem local para Bruxelles-Central (a sua passagem dá direito). Da estação central, saia em busca do Manequinho, deslumbre-se com a Grand-Place, e pare em uma das ruas laterais para uma infalível caçarola de mexilhões com batatas fritas — moules-frites para os íntimos.


Atenção:

  • A sua passagem a Bruxelas (ou via Bruxelas) DÁ DIREITO ao transporte entre Bruxelles-Midi e Bruxelles-Centrale, ida e volta, não importa de onde você tenha vindo nem para onde você vá. Basta procurar a plataforma em que sairá o próximo trem para Bruxelles-Centrale. A plataforma é informada nos painéis da estação.

Bruxelas

Para o brinde, uma Leffe, uma Duvel, uma Delirium Tremens…

Centre Belge de la Bande Dessinée, Bruxelas

Fãs de quadrinhos vão gostar de visitar Smurfs e Tintin no Centre Belge de la Bande Dessinée e de reconhecer o jovem repórter dos gibis pelas ruas (pegue um mapa com a rota do Tintin nos postos de informação turística).

Tintin, Bruxelas

De lembrança, não esqueça dos chocolatinhos.

Grand-Place, Bruxelas

Posso trocar o pit-stop para Bruges?

Pode, mas dá mais trabalho. Recomendamos deixar a bagagem em Bruxelas, na estação Midi, de qualquer forma. O trecho Bruxelas-Bruges deve ser feito duas vezes e leva uma hora em trem regional. A viagem de ida e volta custa €28,60 de 2ª a 6ª e €15,20 no fim de semana; os preços são fixos, sem desconto para compra com antecedência. Pode ser comprada no site nacional da SNCB ou na hora, na estação. Há pelo menos três trens a cada hora.

Leia mais:

443 comentários

Fizemos Bruxelas de Pit stop em 2010 no caminho entre Amsterdam e Epernay. Passeamos de barco de manhã em Amsterdam (no único dia que fez sol em 4 para não perder a oportunidade do meu marido conhecer), depois fomos de carro até Bruxelas onde chegamos as 16hs, a tempo de ver a Grand Place iluminada depois, comer batatas (sem moules, sou alérgica :-). Como ele é botafoguense, tiramos muitas fotos no Manequin e deixamos para jantar a caminho de Epernay. Loucura, quase 10hs dirigindo no total, mas para mim que já tinha ficado 3 noites em Bruxelas foi bom. Se você é da turma noturna e que odeia acordar cedo nas férias, fica a dica.

Além de ser linda, Bruxelas tem todas aquelas cervejas e chocolates de enlouquecer…Eu fiz o bate-volta a partir de Amsterdã, de ônibus. Três horas de viagem e bem mais barato que o Thalys. Recomendo muito!

    Valéria, 3 horas para ir, 3 para voltar, mais risco de congestionamento. 6h em ônibus? Vale a pena não.

Riq, uma breve correção: quem viaja de Thalys e desce em Bruxelles-Midi pode usar o bilhete para viajar até Bruxelles Centrale, mas quem viaja de InterCity não pode fazer isso não! O InterCity já para em Bruxelles Centrale antes de ir para Bruxelles-Midi e viajar no sentido oposto dá multa de € 39 (posso estar enganado sobre o valor da mesma). Da mesma forma, quem deixou malas em Bruxelles-Midi vindo de Paris até pode usar algum trem no mesmo bilhete para ir a Bruxelles Centrale, mas não pode voltar para Bruxelles-Midi com o bilhete de Amsterdam, não.

Eu compraria um bilhete de metrô ida e volta pq aí dá pra fazer o “tour” unidirecional e voltar de metrô direto para Bruxelles-Midi para pegar o Thalys até Paris.

=====================

Dá pra usar uma outra combinação para incluir Brugge como pit-stop: trem Thalys até Antwerpen, guardar malas em Antwerpen e ir de lá para Brugge e depois voltar, seguindo de novo no Thalys para o destino final.

=====================

Tem uma pegadinha para comprar Thalys entre Amsterdam e Bruxelles: as passagens só entre Holanda e Bélgica promocionais se esgotam rápido. Se isso ocorrer, tente pesquisar preços Amsterdam-Paris: às vezes elas não esgotaram para o mesmo dia/horário, aí vc paga €35 (valor mais barato), descarta o resto do bilhete e desce em Bruxelles pagando menos que só uma passagem para Bruxelles.

================

Eu não recomendo a ninguém usar o trem InterCity, não. Eles estão prestes a serem aposentados por um novo trem, o Fyra, mas até que isso aconteça, a coisa mais comum que andam fazendo é cancelar esses trens. São os recordistas de atrasos (1h de atraso é coisa comum por aqui nesses trens, muito acima de qualquer outra linha), e frequentemente andam terminando esses trens em Rotterdam, de onde é preciso então tomar outro trem ainda mais demorado ou pagar suplemento de alta velocidade para chegar em Amsterdam… Na minha opinião? Não vale a pena! Melhor cacifar logo o último ou penúltimo Thalys do dia para Amsterdam e viajar em paz.

    Olá!O Fyra substituiu o Intercity?É de alta velocidade?Pára na Antuerpia?
    O Thalys vc já falou que pára em Antuerpia, mas devo comprar até Bruxelas e descer em Antuerpia ou não preciso, compro até lá mesmo?
    Qual o melhor site para o Thalys o holandes, belga ou o frances?
    Quero fazer: Amsterdam/Antuerpia/Gent/Bruges/Bruxelas/Paris, dormindo 2 noites em Bruges ou Gent, Antuerpia e Bruxelas só para dar um rolê.

Fiz esse pit stop entre Colônia e Amsterdam, e funcionou muito bem também. Fomos também à Catedral, que é lindíssima, e ao Atomium. Pena que não deu tempo de subir!
Foi uma tarde cheia de Leffes. 🙂

Um outro pit stop interessante neste trajeto é Antuérpia.

Passei quatro dias em Bruxelas com meu marido em maio passado, um deles foi destinado pra ir a Brugges, cidade e encantadora e imperd[ivel. Conhecemos lugares lindos a Grand Place é belíssima pricipalmente à noite, o museu do átomo por fora é muito legal e os jardins próximos são muito bonitos. A Mini Europa é um passeio legal. A Catedral de São Michel é história pura. E o melhor: todos os nossos passeios foram regados a muito chocolate e cerveja 😉 A cerveja estranhamos por ser bem forte comparada as nossas… Enfim, eu e meu marido gostamos bastante de Bruxelas e foi um dos lugares que mais vimos brasileiros, tanto é que o dono do B&B que ficamos perguntou se em maio é época de férias no Brasil…

Nós fizemos o pit stop lá, mas dormimos 3 noites e não me arrependi.
No primeiro dia chegamos mais pro fim da tarde (aproveitamos o dia em paris)
No segundo dia ficamos em Bruxelas o dia todo, sem pressa e conhecemos bem a cidade.
O terceiro dia fomos a Brugges, que também vale muito a pena.

Fora que os hotéis de Bruxelas são bem mais baratos, ou seja, pelo mesmo preço, dorme-se muito melhor que em Paris e Amsterdã.
Ficamos no Novotel Centre Tour Noire, uma maravilha de quarto e café da manhã: http://www.accorhotels.com/pt-br/hotel-2122-novotel-brussels-centre-tour-noire/index.shtml.

Perto da Bourse tem um restaurante muito legal (de produtos naturais, pra quem já está enjoado de fast food): Exki.

A cidade também é mais limpa que Paris, o metrô é mais agradável. Enfim, vale a pena conhecer !!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.