Caiu na rede, é blogueiro

O Viaje na Viagem tem o prazer de anunciar que mais um tripulante resolveu investir no sonho do blog próprio: agora é o Beto, que na semana passada tinha nos oferecido aquele belo guia de Santos. O primeiro post é justamente sobre o Café Paulista, “a Colombo dos santistas”. Bem-vindo ao mundo da blogagem, Beto 🙂

E aproveitando, vamos fazer a já tradicional ronda dos blogs da tripulação. Prepare-se para viajar.

O Diogo revela o maneiríssimo local da convenção do VnV em Porto Alegre — com fotos de tudo, menos dele e da Sylvia;

O Arthur leva a Carro Quebrado e à foz do São Francisco, em Alagoas, com uma parada no Gunga só para me irritar;

O Breno explica como vale a pena desobedecer conselhos de viagem;

Com a beleza de sempre, o Arnaldo leva a um ótimo bate-e-volta de Lisboa ao Mosteiro de Batalha, passando por Óbidos;

E já que estou falando de fotógrafos, o Marcio já subiu seus lindos posts de Edimburgo;

A Carla também tem fotos lindas de Montevidéu — me deu vontade até de pegar praia;

Já a Mô Gribel passou por São Francisco do Sul e lembrou de postar pra gente;

Enquanto a Paula está nos preparativos finais para sua viagem à Espanha, a Carmen nos mostra mais um pouquinho de su tierra: o sul da Catalunha, na fronteira com Aragón e Valência;

O Bender não viajou, mas achou na rede dicas úteis para arrumar sua mala para viajar de… ônibus;

E o Jorge está de licença, fazendo um curso prático intensivo de troca de fraldas e técnicas para adormecer infantes.

26 comentários

Pessoal,
Alguém faz ideia de como ir de Edimburgo à cidade do Porto de Navio, tipo um cruzeiro? Ou quem sabe de outro ponto do Reino Unido, como o sul da Inglaterra, até onde se pudesse ir de trem desde Edimburgo? É que os vôos entre Edimburgo e o Porot são péssimos: ao menos um dia de viagem e ainda trocando de aeroporto em Londres. Ninguém merece…

    Olá, Sheila! Não é assim que as coisas funcionam 😀

    Viagens de navio são lentas e as rotas são raras. Do sul da Inglaterra (Portsmouth e Plymouth) saem ferries duas vezes por semana para Bilbao e Santander, na Espanha. São 23 horas de viagem.

Fala Ricardo!!!!

Estou aqui na minha licença alternando a re-leitura do Nana Nenê com o Expresso para a Índia do Airton Ortiz. E lógico, estou tentando me atualizar aqui no VNV também 🙂

Ao longo da semana que vem, retomo a falar sobre a Itália, Lençóis Maranhenses, Borgonha, etc. E em breve, começo a planejar a viagem com a Clara para a Europa!!! OBA!

Ah …tá bom Ernesto !
Antenados hum … sei
É mesmo um nome bonito .

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.