Cajón del Maipo: quem dá o caminho das pedras?

Lago no Cajón de Maipo, ChileA Simone Lobo está considerando aproveitar sua estada em Santiago para dar um pulinho na região do Cajón del Maipo, do ladinho da cidade. A região toma emprestado o nome de um cânion no vale do rio Maipo, mas esconde muito mais do que isso: por lá você encontra banhos termais, lagos, trilhas.

As dúvidas da Simone são como chegar — e se é melhor ir por conta própria, de carro, ou em passeio organizado.

Na net o que eu achei foi um site que tem cara de oficial, o CajondelMaipo.com. A melhor informação sobre como chegar, porém, achei foi mesmo no Frommer’s. O site de Cajón lista 6 destinos de passeios no vale; o Frommer’s destaca dois e sugere também uma parada em Pomaire, um vilarejo indígena onde são produzidos objetos de cerâmica.


É difícil achar passeios organizados online; o mais próximo que cheguei foi a este tour que combina uma visita à Concha y Toro (que fica no vale do Maipo) com vistas do cânion.

Você foi ao Cajón del Maipo? De que jeito? Curtiu? Diz pra gente, vai! Gracias!

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email
Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem


97 comentários

Joana e Jimmy,
Obrigada pelas dicas! Fiz contato com a Refugio Valdes e eles ja me responderam, muito atenciosos! Tem fotos maravilhosas no site, realmente de tirar o folego! Pelo que pude apurar, da mesmo para fazer o passeio de Santiago ate la com carro alugado, ja que as opcoes de passeios organizados inexistem ou sao muito caras. Estamos combinando de almocar por la e fazer o passeio ate El Morado (de 3 a 4 horas), com guias que o Refugio oferece. Para os glaciares, teriamos que pernoitar uma noite, mas estamos com pouco tempo.
Assim que tiver mais noticias vou atualizando por aqui!

    Fizemos a caminhada sozinhos, sem guias. É realmente uma escalada, e por causa da altitude simplesmente faltou folego. Mas valeu muito a pena!

Achei: http://www.refugiolovaldes.com/hotel.htm. A comida é deliciosa, dá uma olhada no site. Valeu muito a pena, as vistas da janela já eram de tirar o folego. Fora, entao! Atendimento atencioso, a noite regada a vinho, varios passeios por perto. Fui em 2007, pode ser que tenha mudado, vale conferir o tripadvisor, mas as paisagens continuam lá, aposto. Rsrsrss.

Nossa, e fantástico. Eu aluguei um carro em Santiago e fui com meu namorado. Tranquilo, tranquilo. Ficamos numa hospedaria ao lado de umas piscinas naturais vulcanicas, praticamente so os dois, deserto e maravilhoso. A hospedaria era de um alemao, vou procurar os dados e passo. Lugar maravilhoso, perto do glacial, bem simples, a noite o gerador era desligado, tinhamos que usar lanterna para ir ao banheiro, mas a comida, vistas e aconchego valeram a pena. So tem que levar o dinheiro que vai gastar, nada por perto. A cordilheira, maravilosa e isolada, e tao perto de santiao, e melhor, sem turistas.

Riq, muito obrigada por ter aberto esse post! Carmem e Ana Claudia, valeu muito pelas indicações! Tomara que venham mais dicas, adoro a ideia de descobrir lugares assim, sem muito apelo turístico, fica ainda mais emocionante…rs
Abraços

Eu fui em janeiro com motorista do taxi oficial, o Hernan, escolhi o passeio ate’ Embalse el Yeso e valeu demais!!! A paisagem e’ maravilhosa, Andes, aridez e termina numa lagoa de um tom de azul incrivel. Em termos de passeio nos arredores de Santiago, para mim, foi o mais impressionante. Faria novamente sem sombra de duvida, Simone.

Eu também estou considerando a possibilidade de visitar Cajón Del Maipo, parece ter uma paisagem bem bonita, mas pelo jeito não é muito visitado pelos brasileiros quando estão em Santiago.
Esta este tour que o Ricardo encontrou achei muito caro.
Ninguém visitou lá recentemente para nos ajudar ?

Cajón del Maipo, com esse nome eu até pensei que fosse a resposta da charada!

Eu já fui a Cajón del Maipo há muito tempo. No século passado, na verdade. Fui de carro, com amigas. Tem um post no meu blog sobre essa aventurazinha. Acho que não vai ajudar na parte prática, mas pode servir para aumentar a vontade de conhecer o lugar… Ou não.
Em todo caso, taí: http://migre.me/5qOqu

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.