Caos marítimo: Havaí

superferry450.jpg

Anteontem entrou em operação o Superferry, um hiper-mega-blaster catamarã pensado para ser a primeira linha regular não-aérea a ligar Oahu (onde está Honolulu) a Maui e Kauai.

Apesar de ter o apoio do governo estadual do Havaí, o Superferry encontra altíssima resistência entre ambientalistas, que dizem que o hiper-mega-blaster catamarã — com capacidade para 800 passageiros e 200 carros — é uma ameaça a baleias e aves marinhas.

Ecologistas de Kauai montaram um site onde avaliam o impacto social e ambiental do Superferry na ilha.

Mas não ficaram só na ação virtual. Centenas de surfistas bloquearam a entrada do Superferry no porto, na viagem inaugural a Kauai. O catamarã não conseguiu aportar e acabou voltando a Oahu com todos os passageiros sem desembarcar.

Depois de dois dias de protestos, a direção da companhia resolveu interromper o serviço até segunda ordem.

No Brasil seria fácil prever como uma história assim acabaria. Mas como é na gringolândia, taí uma história divertida de acompanhar…

(Foto da Associated Press surrupiada do U.S.A. Today)

16 comentários

O Meio Ambiente sempre pagando o pato, né??? Até quando isso??? Please!!!
Espero que na Gringolândia o desfecho seja faroável às aves marinhas, baleias, outras vidas marinhas e à comunidade local!!!
Bjs

Arthur: 😆 😆 😆 Ninguém melhor do que eu por aqui pra entender a sua piada – no que ela tem de tragicômico, claro… 😛

A solução para o transporte RJ/NIT passa pelo teletransporte de Jornada nas Estrelas. Todo o resto é inútil, estressante e descabelante.

Esperei alguém de Niterói se manifestar,mas como ninguém comentou:
Lá colocaram um catamarã entre o bairro de charitas e a praça XV no Rio. Só que “esqueceram” de verificar os impactos na vizinhança. Resultado, o catamarã após algumas semanas de operação teve que reduzir a velocidade e aumentar o tempo da viagem em 7 minutos. O catamarã estava formando ondas na enseada, que afetavam os barcos ancorados. Sinal que pouco a pouco Brasil também vai se acertando e tornando-se menos injusto!

Tem um catamarã em mar aberto q liga Pohang à Uleung-do, uma ilhota mágica da Coréia do Sul. São 3horas em mar aberto. Eu fiz o trajeto e sinceramente nem senti, mas tbm não chequei o banheiro para ver as condições finais… 😀

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.