Chá com vista: Colombo do Forte

Ontem cheguei cedo ao Rio e, com o intuito de fazer hora para o meu compromisso do dia (mais tarde eu posto sobre isso…), resolvi me dar de presente um café da manhã na Confeitaria Colombo do Forte de Copacabana.

forte450.jpg

Durante muito tempo, a Colombo manteve uma filial na avenida Nossa Senhora de Copacabana. Em meados dos anos 90 (estou chutando; nem sequer googlei) a filial foi fechada. Há alguns anos reabriu dentro do forte de Copacabana, passando a servir também uma das melhores vistas do Rio. 

 forte210.jpg forte211.jpg

Para entrar, tem que comprar ingresso: R$ 4 para o tour completo, ou R$ 2 para acesso somente às areas externas.

 forte140.jpg forte141.jpg forte142.jpg

A Colombo tem um salão refrigerado, decorado com mesinhas de tampo de mármore e cadeiras idênticas às da sede, no Centro.

Do lado de fora, porém, as mesas (disputadíssimas) são aquelas de plástico mais feiosas.

 forte212.jpg forte213.jpg

Para você ver como isso atrapalha: eu ia pedir um milk-shake de Ovomaltine e um misto-quente. Mas em cima de uma mesa de plástico branco, quem poderia acreditar que a foto tinha sido tirada numa Colombo? Tive que pedir chá, pastel de Belém e um ninho de fios-de-ovos, que assim ninguém ficaria reparando no tampo da mesa 🙄

Quer fazer um tour pelo Forte de Copacabana, com direito a toda a história e fotos incríveis? O Arnaldo te leva; embarque aqui.

Leia mais:
Guia do Rio de Janeiro no Viaje na Viagem

41 comentários

Legal suas dicas. Muito carioca nem sabia dessa Colombo. O Forte de Copacabana é tudo de bom, mas não é o melhor do Rio. O melhor, sem dúvidas, é o São João, na Urca. Infelizmente o Exército ainda não despertou para o polo turístico que tem nas mãos. Uma pena!
gd ab

Só p/ dar um pouco de água na boca da galera: No fim de semana de 14 e 15 de julho o consulado francês promoveu um evento no forte de Copacabana, em comemoração ao “14 juilet”, chamado “C’est si bon”, e tinha, além da Colombo, “barraquinhas – chiques” do Garcia & Rodrigues e outros restaurantes legais. O tempo estava maravilhoso, e nem liguei que as cadeiras eram de “prástico”…comida boa, vinho, paisagem linda.

Riq, eu adorava a Colombo de Copa…
Trabalhava ali perto, vivia me entupindo das gostosuras.
Show de bola esse passeio, acho que vou precisar ir ao Rio em breve, então adorei a dica.

Flavia , aqui em POA , onde o meu termometro é o total ou semi congelamento dos dedos , o céu está limpissimo e os meus dedinhos
pedem uma luva 😆
Riq, vais de primeira classe e voltas de segunda :mrgreen:

o tempo tá lindo aí né? aqui está aquele Sol da inversão térmica (meu termômetro é a minha vista – eu vejo a Serra da Cantareira de casa – quando não dá nem pra imaginar que tem umas montanhazinhas lá…ferrou!).

Divirta-se!!! Sequestra a praia e traz ela pra São Paulo…

Oh céus ja queria um pastel de Belém.

Riq, mesmo com as mesas de pRastico vc sentou fora ? 😉

O Forte, na minha humilde opinião, é o melhor lugar pra se ver as queimas de fogos no ano novo !

Aproveita ai Riq !
Estou achando o máximo esse blog-em -tempo- real 🙂
A volta vai ser de busão tb ?

Legal, Ernesto!

E, pessoal: atualizei o post da viagem de ônibus; agora escrevi minhas impressões no meio das fotos.