Charada atrasada: afinal, o que é que eu fui fazer em Nova York?

Ricardo Freire no papel de... Ricardo Freire
Ricardo Freire no papel de... Ricardo Freire

RESPOSTA:

Desculpem a correria da semana passada. Antes mesmo de conseguir publicar toda a série sobre a Riviera Maia, embarquei para Nova York, onde me esperava um projeto totalmente megabacana.

Durante uma semana gravei cenas para a série “Desempacotando New York”, que a Energy Y&R criou para a Hotéis.com, o site de reservas de hotel do grupo Expedia.com que acabou de chegar ao Brasil.

Julio Taubkin e Vitor Knijinik: diretor de cena e diretor de criação
Julio Taubkin e Vitor Knijnik: diretor de cena e diretor de criação

Criada pela equipe do meu chapa Vitor Knijnik (e produzida pela Colméia.TV, com direção do talentoso Julio Taubkin), a campanha de vídeos para internet mostra, em linguagem de reality show, as vantagens de fazer viagens por conta própria, usando a internet a seu favor.

Foram seis dias puxadíssimos de gravações; para dar conta dos outros compromissos (blog, Estadão, Guia do Estadão, BandNewsFM) acabei dormindo não mais do que cinco horas por dia. Compras? Só fiz as que faziam parte das gravações…

Mas acho que valeu a pena. O resultado promete.

Dudu Camargo
Dudu Camargo

Eu faço o papel de um guru de viagens 2.0 que por acaso atende pelo meu próprio nome :mrgreen:

O contraponto é encarnado pelo hilário Dudu Camargo, no papel do turista, ahn, 1.0.

Esta semana ainda tem uma parte a ser gravada por aqui. Assim que o primeiro episódio estiver pronto para ir ao ar, eu dou um preview aqui procês 😎

64 comentários

Ana,

Eu estava em uma luta incessante por hotéis com preços mais acessíveis. Realmente, os hotéis em New York são muito mais altos do que a média das outras cidade. Um belo dia, na semana passada, através do site hoteis.com, eu achei uma mega promoção no Hotel Pennsylvania, a diária do casal de R$ 333,00 estava por R$ 147,00!! Fechei na hora!! Mas, caso você não tenha essa sorte, eu sugiro hotéis em Long Island City (Queens), onde eu ia ficar antes do preço desse hotel baixar; os hotéis naquela região são bem mais novos, mais bonitos e mais baratos do que em Manhattan e você estará apenas a três estações de metrô do Central Park.
Renata.

RIcardo,
Boa tarde. Estarei indo pra NY em setembro/2010.
Estava olhando com antecedencia os precos dos hoteis mas percebo que os precos estao altos e sem promocoes.
Qual seria a melhor epoca pra procurar uma melhor tarifa?
muito obrigada,
Ana Carolina

    É difícil os hotéis oferecem as melhores tarifas com tanta antecedência.

    A partir do momento em que você tem as datas superdefinidas pra viagem, o ideal é monitorar os sites de reservas periodicamente (toda semana? todo dia?) até aparecer uma tarifa imperdivel.

    Note que as maiores barbadas são para pré-pagamento sem reembolso, então só reserve com muita antecedência se estiver segura da viagem.

Renata, se puder cacife uma diária a mais para o dia da chegada. Vc entra no quarto assim que chega e não tem coisa melhor. A maioria dos hotéis em NY guardam as malas para vc após o check in até a hora de ir para o aeroporto mas, capriche na identificação das malas e nos cadeados e nem pense em deixar maletas com o laptop e câmeras à vista.

    Obrigada pela informação, mas realmente fica meio fora bancar mais uma diária… mas se eles guardam as malas, para mim está ótimo, mesmo porque eu vou acabar ficando muito pouco tempo no hotel.

    Obrigada, mais uma vez,,

    Renata.

Olá, Ricardo!
Eu andei pesquisando em alguns sites e blogs e até agora não consegui uma informação simples de NY.

Os hotéis de New York costumam guardar nossas malas antes do check in? Eu reservei um hotel para maio de 2010, mas o check in só pode ser feito a partir das 15 horas e meu vôo chega em New York às 6 horas da manhã. Pretendo deixar as malas no hotel e sair para passear; quando der o horário do check in, eu volto para o hotel… Eu não consegui tal informação nem no site do próprio hotel. Encaminhei um e-mail perguntando e eles também não responderam…

Obrigada,

Renata.

    Todo hotel do mundo guarda malas enquanto os quartos não são liberados.

Por pouco não nos encontramos em Nova York também. E, sobre o outro post, ia falar que não concordo com você sobre o metrô de lá, mas depois parei e pensei bem e concordo. Hoje em dia já sei de cor as linhas e tal, mas realmente aquilo é uma teia de aranha mal ajambrada.

Abração

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.