Charada da 6ª: vai devagar (veja a resposta!)

Charada de 28 de junho de 2012

Ueba! Essa charada é das ótimas. Porque o autor sequer me contou onde tirou a foto.

Sorte que ele mandou com as pistas junto. A saber:

Uma cidade cheia de história

O tempo não ajuda muito normalmente. Em algumas horas de viagem, pode-se chegar em algum lugar com cultura e língua distinta.

Pode-se comer muito bem mas não será barato. O sotaque às vezes é difícil de se compreender; no entanto, não é difícil encontrar pessoas que falam a língua de Fernando Pessoa.

E já ia me esquecendo. A cidade cheira a esporte!

Senhoras e senhoras! Vão devagar, que essa tá difícil!

Valendo!

RESPOSTA:

ROBERTA FRANKLIN
ROBERTA FRANKLIN

Os sherloques são rápidos na resposta, mas já o blogueiro…

Desta vez, porém, tenho uma boa desculpa para só vir com o resultado no meio do sábado: é que desde a tarde de quinta estou envolvido numa boiatona, digo, maratona. Vim de Nova York para a Jordânia — só que o vôo inicial atrasou, perdi a conexão em Paris, cheguei só na madrugada de sábado em Amã e já de manhãzinha saí para o primeiro tour. Só agora voltei a ficar online. (Detalhe: minha mala ainda não chegou. Buá!)

Mas é com alegria que registro a segunda vitória da Roberta Franklin em poucas semanas, ao responder com presteza: Boston!. Parabéns, garota!.

Se bem que o Bruno Halpern merece uma menção mais que honrosa (se ele quisesse, poderia entrar até no STJB, o STJD da Bóia — por ter cravado o lugar exato onde a foto foi feita: Beacon Hill.

Mas vamos deixar o autor da charada, o Philipp Mueller, dar a resposta completa:

Esta foto foi tirada em abril em Beacon Hill em Boston. O tempo em Boston é instável e no inverno neva muito, por isso o comentário. Está próximo ao Canadá francês e de avião em 5 horas chega-se na Islândia.

Come-se bons frutos do mar, mas o preço é salgado. O sotaque de Boston é um horror e difícil de entender, mas há uma comunidade grande de portugueses e de brasileiros na Grande Boston.

A cidade cheira esporte pois é fanática por seus times: Boston Celtics – o maior campeão da NBA -, Patriots no futebol americano, Red Sox no baseball, Bruins no hoquei, etc.

(E sim, ele admite que quis levar o leitor à pista errada de Londres…)

Parabéns, Roberta! (E Bruno também!) Obrigado, Philipp! (Manda o endereço pra eu enviar o livro autografado quando voltar) Semana que vem tem mais!

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


46 comentários

Obrigada, Riq! Permita-me só dizer que é a terceira “matada” de charada? =)
As sextas-feiras estão sendo mais empolgantes ultimamente!

    Parabéns Roberta, apesar de eu tentar desviar as atenções, você e outros trips foram muito rápidos e precisos. O pessoal daqui é realmente viajado! 😀

    Estou tentando terminar um relato de Boston, uma cidade muito simpática na qual estive em duas ocasiões (quase morei lá), e, que infelizmente é “overlooked” normalmente pelos Brasileiros. Fui na pizzaria Figs em Beacon Hill (proximo de onde a foto foi tirada) por recomendação de uma amiga local e posso dizer que foi das melhores pizzas que já comi aqui nos EUA (mas ainda perde feio para as de sampa). Outra recomendação é o Market no W Hotel, mas prepare a carteira.

    Philipp… Por falar em “preparar a carteira”, tenho pesquisado hospedagem em Boston e não acho nada com preço satisfatório para 1ª semana de agosto.

    Vc sabe dizer se vale a pena ficar nas proximidades de Harvard?

    Outra coisa (acho que essa vale uma intervenção da Bóia, quem sabe Perguntódromo): vi que há opções no Airbnb de hospedagem em barcos que ficam atracados nos piers de Boston, mas estou em dúvida quanto à segurança. Penso que seria seguro se apenas os proprietários tivessem acesso ao pier. Alguém já testou?

    Thyago

    Hospedagem em Boston é realmente cara (econ 101: demanda e oferta). Eu recomendo ficar em Cambridge (dá uma olhada no meu blog que explico a razão) pois o T (metro deles) funciona bem, os hotels lá são razoáveis, e você estará numa comunidade interessante. No entanto no verão é possível fazer um “sublet” pelo Airbnb pois muitos estudandes vão fazer o ” summer internship” em outras cidades como NYC e querem alugar seus apartamentos, se for o caso, você pode conseguir uma barbada. Eu nunca utilizei, mas tenho amigos que sim. Tenha em mente que os riscos são os mesmos que alugar por outros sites.

    Valeu, Philipp…

    Estou lendo teu blog (por sinal, vem uma segunda etapa do post Boston e Cambridge?).

    Não sabia que a hospedagem em Boston é tão cara.

    Quanto ao Airbnb, minha preocupação nem é em relação à garantia da negociação, até porque algumas fotos são aprovadas pelo próprio site. Já aluguei apto em Berlin e, desde então, prefiro fazer isso a ficar em hotel, se compensar.

    No caso dos barcos, meu receio é referente ao acesso ao pier. Vou entrar em contato com o proprietário para saber se é uma área pública ou restrita ao dono/locatário do barco.

    Obrigado, pela ajuda!!

Ihhhh.. Boas pistas! Acho que acertaria essa, caso chegasse cedo.

Tbm acho que é Beacon Hill, Boston.

Estou pesquisando sobre hospedagem lá e vi esse estilo de casa pelo google street view.

Boston se encaixa em todas as descrições. E pensei na cidade de ler a primeira sugestão do nome. Todas as pistas levam à Boston.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.