Charada da 6ª: vai devagar (veja a resposta!)

Charada de 28 de junho de 2012

Ueba! Essa charada é das ótimas. Porque o autor sequer me contou onde tirou a foto.

Sorte que ele mandou com as pistas junto. A saber:

Uma cidade cheia de história

O tempo não ajuda muito normalmente. Em algumas horas de viagem, pode-se chegar em algum lugar com cultura e língua distinta.

Pode-se comer muito bem mas não será barato. O sotaque às vezes é difícil de se compreender; no entanto, não é difícil encontrar pessoas que falam a língua de Fernando Pessoa.

E já ia me esquecendo. A cidade cheira a esporte!

Senhoras e senhoras! Vão devagar, que essa tá difícil!

Valendo!

RESPOSTA:

ROBERTA FRANKLIN
ROBERTA FRANKLIN

Os sherloques são rápidos na resposta, mas já o blogueiro…

Desta vez, porém, tenho uma boa desculpa para só vir com o resultado no meio do sábado: é que desde a tarde de quinta estou envolvido numa boiatona, digo, maratona. Vim de Nova York para a Jordânia — só que o vôo inicial atrasou, perdi a conexão em Paris, cheguei só na madrugada de sábado em Amã e já de manhãzinha saí para o primeiro tour. Só agora voltei a ficar online. (Detalhe: minha mala ainda não chegou. Buá!)

Mas é com alegria que registro a segunda vitória da Roberta Franklin em poucas semanas, ao responder com presteza: Boston!. Parabéns, garota!.

Se bem que o Bruno Halpern merece uma menção mais que honrosa (se ele quisesse, poderia entrar até no STJB, o STJD da Bóia — por ter cravado o lugar exato onde a foto foi feita: Beacon Hill.

Mas vamos deixar o autor da charada, o Philipp Mueller, dar a resposta completa:

Esta foto foi tirada em abril em Beacon Hill em Boston. O tempo em Boston é instável e no inverno neva muito, por isso o comentário. Está próximo ao Canadá francês e de avião em 5 horas chega-se na Islândia.

Come-se bons frutos do mar, mas o preço é salgado. O sotaque de Boston é um horror e difícil de entender, mas há uma comunidade grande de portugueses e de brasileiros na Grande Boston.

A cidade cheira esporte pois é fanática por seus times: Boston Celtics – o maior campeão da NBA -, Patriots no futebol americano, Red Sox no baseball, Bruins no hoquei, etc.

(E sim, ele admite que quis levar o leitor à pista errada de Londres…)

Parabéns, Roberta! (E Bruno também!) Obrigado, Philipp! (Manda o endereço pra eu enviar o livro autografado quando voltar) Semana que vem tem mais!

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


46 comentários

COM CERTEZA não é Londres. Quando vi a foto pensei logo: Londres! Comecei a ler as dicas e fui pensando: Londres, Londres, Londres!! Como NUNCA acerto nenhuma dessas charadas, se fosse vocês já apontava o arsenal de chutes pra outro lugar.

Também me parece Boston, no Beacon Hill… mas o sotaque de lá não é tão difícil assim e os restaurantes mais baratos que no Brasil, em média… agora, tem muito brasileiro que mora lá, vive tendo competições de esporte no Campus da Harvard (como o Head of Charles, de remo) e não é tão longe do Canadá francês… mas acho que é pista falsa…

    Bruno, meu palpite acima sobre Boston é justamente por essas razões: o sotaque dos bostonianos mesmo é um pouco diferent; restaurantes bons, diferenciados, são caros lá (não estamos falando dos comuns); muitos brasileiros na cidade; temos o Boston Celtics e New England Patriots no esporte; e o Canadá é logo ali, com seu francês e cultura com influência européia. Além do que, o estilo vitoriano das casas é o mais comum em Boston e adjacências, como Allston, Brighton, Newton, Cambridge, etc, que fazem parte da Great Boston. Vamos ver a resposta depois, ne? 🙂

New England. Anthony Bourdain falou sobre a comunidade portuguesa nos EUA antes de ir para os Açores.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.