Charada da 6a.: carpete na praia

cha8mai

Não, ainda não azulejaram o mar, mas carpete na praia rola em alguns lugares.

(No Brasil já vi uma versão mais, digamos, sustentável disso: na Segunda Praia em Morro de São Paulo faziam corredores de areia molhada para não esquentar os pezinhos da clientela.)

Não posso dar muitas dicas senão neguinho mata sem nem precisar googlar.

Então só digo isso: ganha a posse transitória do Troféu da Bóia quem chutar a cidade exata em que eu fotografei este fenômeno.

Bons palpites pra todos!

Resposta:

trofeu70Devo dizer que fiquei aqui confabulando com meus zíperes, e… há controvérsias. Em princípio, o vencedor é o nosso correspondente capixaba, o Bruno Vilaça, que acertou o que estava em jogo na charada: o nome da cidade onde bati a foto. Sim, é Nice. (Fotografada em 2005, da última vez que estive no festival de publicidade de Cannes e bloguei a viagem no VnV do Zip.net.) Só que… ao dar uma informação que eu não pedi (o nome da praia), o Bruninho tornou a resposta pelo menos metade errada. Não é a La Réserve Beach, não.

Não que eu me lembrasse do nome da praia, bem entendido. Precisei ler as outras respostas para que um nome fizesse soar a campainha do “é esse”: Plage Neptune, na resposta da Zeana. Fui ao Google Images, joguei Plage Neptune Nice e… apareceu na primeira linha uma foto minha, irmã dessa aí (só que horizontal), publicada no VnV do Zip.Net. Sim, essa é a Plage Neptune, em Cannes — em frente ao hotel Négresco, como a Carla se lembrou (e isso é incrível, também).

Para embolar ainda mais o campeonato, houve a resposta da Paula Bicudo, praticamente simultânea à do Bruno (registrada como um minuto depois). A Paula foi sucinta e respondeu ao que foi perguntado: Nice.

E agora? Agora estou bastante inclinado a declarar três vencedores: Bruno, Zeana e Paula. (Seria a segunda vitória da Zeana nas charadas.) Se não for justo, me digam!

Para terminar: Nice é a minha indicação de base para explorar a Côte d’Azur (até mesmo sem carro). É uma cidade de verdade, com vida própria, e ultimamente vem renascendo com uma cultura jovem e cosmopolita. Claro que eu não acho que ninguém deva ir para lá para… pegar praia. Se você tem dias sobrando para lagartear sob o sol, o canal é St.-Tropez.

Leia meus posts sobre a Côte d’Azur no Zip.Net:

Numa Nice

Design para crianças, merenda para adultos

Le pit stop: St.-Paul-de-Vence

Fotoblog: St.-Tropez

Veja St. Tropez também n’O Meu Lugar do Beto: Quinta-feira vazia em St.-Tropez

96 comentários

Riq, Sylvia e Lili-CE – obrigadinha! Chegando na senzala segunda de manhã compreendi que a diferença cobrada é a da passagem mudar de uma quinta para um sábado ou domingo, o que torna inviável, a parada em Miami, mesmo comprando uma passagem 1/3 mais barata nesse esquema, uma vez que até o seguro viagem eu teria que fazer para 2 dias ;-( Rumo a achar as pechinchas de Washington agora rsrs!!!

    Cristina, sei como é…
    Eu tenho familia em Miami e quando fui pra Houston também tentei esticar a viagem…mas pelos preços não deu…a parte boa é que voltei pra conVnVção.

    É CarlinhaZ, tem sempre uma parte boa. Vou passar um dia num outlet rsrs Obrigada pela força!

Cristina, veja a dica da Sylvia sobre Fort Lauderdale, era a opção mais barata num vôo doméstico que fiz recentemente.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.