Charada da 6a.: não é na Rio-Santos

Charada de 30 de abril de 2010

A charada de hoje é de um lugar bastante caro a um (ou uma?) trip que costuma marcar presença na caixa de comentários. A propósito, a sua ausência poderá ser uma boa pista para descobrir de onde estou falando.

Charada de 30 de abril de 2010

Sei que não deveria entregar, mas aí vão outras pistas. O lugar tem praias calmas e protegidas, um convento que já foi mosteiro, e é excelente para trekkings e travessias de bicicleta.

Charada de 30 de abril de 2010

Candidatos ao Troféu da Bóia: a caixa de comentários está aberta. Boa sorte!

RESPOSTA:

ALEXANDRE GIESBRECHT
ALEXANDRE GIESBRECHT

Aêêêêê! Depois de algum tempo, foi bom ter uma charada que durou uma hora inteira irresoluta. Ou não-resolvida, pelo menos. Para falar a verdade, pensei que vocês matariam mais rápido. Nossa querida correspondente d’além-mar Isabel O. tem andado tão presente por aqui, respondendo amavelmente a todas as dúvidas de Lisboa e Portugal, que achei que já estivesse dando pistas demais no enunciado. O que talvez tenha retardado um pouco a resolução do enigma foram realmente as paisagens totalmente fora do nosso repertório de imagens portuguesas. Mas eis a famosa Serra da Arrábida, que a Isabel tanto propagandeia por aqui. Como vocês podem ver, ela não exagerou nadinha: o lugar é lindo, e está tão perto de Lisboa, que a gente fica sem-graça de nunca ter pensado em passar por lá — é ou não é? Mas é como eu sempre digo: na Europa sempre existe algum lugar muito lindo pertíssimo de onde estamos, e que poderíamos muito bem descobrir se não achássemos que temos a obrigação de ticar todos os lugares de que já ouvimos falar… mesmo que estejam do outro lado do país ou do continente e nos custem tempo demais para chegar. Bem — mas eu já saudei a Isabel e a Arrábida e ainda não dei os parabéns ao Alexandre Giesbrecht, fundador e presidente da Avivixe, que não chutou: vaticinou a Serra da Arrábida, em Setúbal. Adorei os palpites sobre Croácia, Montenegro, Córsega — eu acho que também chutaria por aí, se estivesse do outro lado da tela. Congratulações, Alexandre! Semana que vem tem mais!

63 comentários

Mas que tem uma cara danada da Lucia Malla, ah .. isso tem !

    Tem mesmo… pena q não sou eu a trips q o Riq cita (pq bem q eu queria estar num lugar assim agora!)… 😀

Taormina, na Sicília. A trip ausente é a Majô, que fez um belo post sobre sua ida à região. Capaz que eu tenha acertado, está ameaçando chuva…

Florianópolis?? A última foto, da casinha, lembra a Lagoa da Conceição, mas aquele asfalto tão bem cuidado já me faz lembrar de Europa ou algo assim.

É um cenário em computação gráfica 3D para um comercial de algum novo automóvel (daí a estrada), que também foi reutilizado em algum comercial de cartão de crédito (daí as paisagens paradisíacas).

Portanto, o lugar em questão não existe, quod erat demonstrandum.

Para não perder o hábito, de nada.

Vou chutar tambem Isso tem Cara de Croacia, mas ja apostaram nela. Vou apostar na sardenha ou seria corsega?

Deve ser na costa de Portugal, em uma região “cara” (querida) da Isabel, de Portugal, não é?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.