Charada da 6a.: mais um trailer

Charada de 23 de abril de 2010

E, naquilo que está se tornando um padrão para as sextas-feiras, aí vai mais uma charada ligada ao assunto sobre o qual estou escrevendo para a minha página no Estadão da terça que vem.

Acho que vocês vão matar rapidinho, mesmo sem dicas. Mas estou interessado mesmo é nas informações adicionais. Eu, por exemplo, tinha uma idéia equivocada sobre esse lugar até preparar esta charada. Pensava que era ligado a pessoas da mesma família de uma certa nacionalidade, mas na verdade sua fama advém originalmente de uma pessoa só, e de uma nacionalidade diferente.

Leva a posse temporária do Troféu da Bóia quem desvendar que lugar é esse e qual é o mal-entendido que cerca o folclore pelo qual é famoso?

Charada de 23 de abril de 2010

3, 2, 1, valendo!

RESPOSTA:

ELDER
ELDER

Descobri mais uma coisa com essa charada. Descobri que só eu achava que Bela Adormecida era uma história original dos irmãos Grimm. Fiquei chocado quando, ao pesquisar sobre a história para ver se achava alguma pista que não entregasse o jogo de cara, achei a informação de que o autor da historinha era do francês Charles Perrault — que, diz a lenda, teria se inspirado no Château d’Ussé para criar o castelo da Bela. Mas como a confusão com os irmãos Grimm (que adaptaram a história de Perrault) não apareceu nos comentários, então acho que uma parte do enunciado da charada dançou. A minha falta de cultura de contos de fadas, porém, não tira o brilho do Elder, que desvendou a charada aos 4 do primeiro tempo e leva o Troféu da Bóia (o cara é bom de castelos; por pouquinho não tinha levado a charada do castelo de Guimarães, duas semanas atrás). Logo depois, ao mesmo tempo, o Igor e o Léo Luz trouxeram a informação do Charles Perrault e da Bela Adormecida, e a Sylvia fez campanha pelo fim do repasse dos contos de fadas de mãe para filha, no que foi imediatamente apoiada pela Lucia Malla. (Mais tarde ainda chegou o pra dizer que é o castelo de Belo Monte em Rometta, haha). Antes de me despedir, porém, preciso revelar que nem o trabalho de Charles Perrault foi original — dois séculos antes um italiano, Giambattista Basile, tinha escrito um conto muito parecido. Ou seja: no fim das contas, o Château d’Usseau não pode ser o castelo que inspirou a história da Bela Adormecida; o castelo da Bela Adormecida deve estar na Itália… De todo modo, parabéns, Elder! Semana que vem tem mais!

62 comentários

NA vez em que fui lá, também só passei por fora, por isso foi fácil reconhecer a foto…

O Chateau d’Usse foi um dos castelos que inspiraram Walt Disney a criar seus castelos.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.