Charada da 6a.: para uma amiga

Charada de 7 de maio de 2010

Muita gente tenta me pedir dicas por email. Eu sempre peço para refazer a pergunta aqui no blog, porque desta maneira a informação vai servir para mais pessoas (e outros trips vão poder opinar, enriquecendo bastante o resultado).

Abro exceção só para os muitíssimo chegados, ou então para viagens que precisam passar incógnitas. Não posso dizer em qual categoria se encaixa a consulta que estou pesquisando no momento, porque isso ajudaria a desvendar a charada.

Só digo que estou reunindo informações sobre o lugar aí da foto. Por ali as cidades e acidentes geográficos têm nomes em árabe, mas não estou certo de que a população fale esse idioma. (Ih, entreguei.)

Junto com a resolução da charada, aceito dicas, falou? Valendo!

RESPOSTA

ANDREA BATTONI
ANDREA BATTONI

Ainda bem que na última hora eu resolvi tirar a dica “os nomes dos acidentes geográficos são em árabe, mas o povo come massa”. Com essa pista, a charada não teria durado os 50 minutos que durou, até a Andrea Battoni reaparecer (bem-vinda de volta!) e tascar, com convicção: Pantelleria, uma ilhota satélite da Sicília, a meio caminho da Tunísia. E depois ainda voltou para, conforme eu tinha pedido, dar uma dica: o quente por lá é alugar um chalé de pedra tradicional — os dammusi, na língua local. Para chegar é preciso tomar um barco ou vôo em Trapani, na ponta oeste da Sicília. Quanto ao resto da charada — não, eu não estou autorizado a revelar pra quem é que eu estou pesquisando… Parabéns, Andrea! Semana que vem tem mais!

45 comentários

Igual Dudledor, nao sei bem se é assim que escreve, no litoral da Inglaterra. Só que lá, a água não é tão bela. Só é gelada 😉

Olá Ricardo.
Acabei passando uma informação meio errada, muitos restaurantes abrem do início da primavera até setembro (e não só a partir de setembro).
Completando um pouquinho, lugares que não se pode deixar de conhecer: -O Specchio di Venere, um lago dentro da cratera de um vulção; -O Sesi, monticulos funerários do periodo neolítico; – Os Vinhedos de Piano Ghiraldia,na extremidade leste(fim)da ilha; -A bonita aldeia a beira mar de Gadir e suas piscinas termais. Aliás todas as piscinas termais são gratuitas e mantidas pelos menbros da comunidade.
Os voos saindo de Milão e Roma são feitos em 3 ou 4 horários por final de semana e sempre em aviões grandes.
Até mais. Abs Vera

oi Ricardo.
Sempre estou por aqui,mas nunca envio meus comentários.Cheguei atrasada desta vez,e agora resolvi enviar uma pesquisa que fiz um tempo atrás sobre Patelleria, onde gostaria de já ter ido.
Pantelleria é a maior das ilhas Sicilia. Fica a 58 milhas da costa Sicilia,mas só a 45 milhas da Tunisia, tornando-se mais próxima da Africa que da Itália. Os invernos são suaves e secos,os verões são quentes e com ventos adoidado;a melhor época para se ir é no início da primavera até outubro.
Há uma variedade grande de hotéis disponiveis,também os dammusi para se alugar, mas para quem deseja uma estadia mais luxuosa, o Dream Hotel, tem estilo de bangalos com vista para o mar (eles incluem restaurante,bar e piscinas).Existem uma série de excelentes tratorias simples e restaurantes elegantes a escolher, a maioria com mesas para fora no jantar,porém muitos restaurantes só abrem a partir de setembro.
Juntamente com as alcaparras,que estão presentes não só na paisagem,como também nas lojas e nos pratos locais, o vinho Passito faz a fama do lugar.Esse vinho é feito a partir do zibibbo(uva Moscato d Alexandria), que foi introduzido na ilha pelos árabes e é a única variedade de uva cultivada nos terrenos ingremes da ilha.É um vinho considerado de sobremesa.
Há muitas piscinas termais na ilha, mas um dos melhores lugares é uma caverna grande de sauna natural perto da região chamada Monestero;de lá tem-se uma das mais bonitas vistas da ilha. Há também Santaria,uma piscina termal quente dentro de uma caverna,onde de acordo com a lenda, era o ninho de amor de Calipso e Ulisses.
Para se chegar a ilha a voos diariamente saindo de Trapani e Palermo. Voos diretos de Roma e Milão saem somente nos finais de semana de abril a outubro.
Espero de alguma maneira ter contribuido para a sua pesquisa.
Um abraço Vera

Esqueci uma curiosidade, Armani possui casa na ilha

Oi Ricardo.
Acabo de voltar do Qatar. Adorei as dicas que encontrei no site do NY Times. Foi o único lugar em que consegui boas informações. Obrigada pela dica preciosa. Como fiquei de mandar o link desse país “inusitado” quando voltasse, aí vai: http://www.viajarpelomundo.com/2010/05/doha-por-tras-do-pano.html
Um abraço
Claudia

Caro Ricardo,
Atrasadíssima para as congrats pela entrevista no XPress.
Gostei muito da forma clara e objetiva como você analisou o turismo neste país (eu tb acho a exigência do visto para americano uma bobagem, um caso típico de orgulho destrutivo).
Legal que você tenha sido o primeiro convidado. E nem ficou Tommy… apenas demonstrou uma saudável autoestima (por muito menos eu me pavonearia muito mais). Rodei sua página inteira para descobrir como chegar nesta Meca — neca, não tem direções nem dicas ensinando como evitar egotrips. Você fica nos devendo esta.
Quando se aposentar, venha morar em Santo André, viu?
Nós daqui da roça assistimos Casablanca e estamos pensando em abrir um daqueles cafés que o Humphrey tinha por lá.
abs,
olimpia

Nosssa”! Eu jurava q era a isole eolie de Salina, ao norte da Sicilia, no mar tirreno… onde foram feitas as gravacões do filme inesquecivel “O carteiro e o poeta”!Sei q a região é parecida…afinal tb é Sicilia mas como nao conhecia panteleria fiquei surpresa com a semelhanca entre as duas…tenho uma foto de salina q tá igual…se quiser mando p vc(só nao sei como!,rs
Tenho grandes amigos na sicilia e fiz um passeio de catamarã por 6 dias entre as ilhas…foi INESQUECIVEL…fora q viver 1 mês com sicilianos é realmente uma experiencia única…
Valeu pela charada Ricardo…parabéns pelo seu trabalho!

Oi Riq! Já coloquei meu troféu na estante! Nada como retornar em grande estilo…
Mas confesso que estive sempre por aqui, sem comentar. Talvez tenha sido uma fase de timidez excessiva 😳
Completando, você viu que tem vôos prá ilha também a partir de Palermo, Roma e Milão?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.