Charada da 6a.: povoado (veja a resposta!)

Charada de 25 de março de 2011

Olhando assim você não dá nada, né? Mas este é um dos lugares mais incríveis para visitar no Brasil. Não sei se já tem pousada, nem mesmo se já se tornou município. Será? Só sei que todo mundo que vai volta encantado.

Que lugar é esse? O que as pessoas vão fazer lá?

Valendo a posse temporária do Troféu da Bóia!

RESPOSTA:

GABEBRITTO
GABEBRITTO

Uma igrejinha, uma casa de sapê, um cruzeiro adornado e um sol de esturricar. Que lugar pode ser esse? Inúmeros nesse Brasil de meu Deus. Mas o pessoal aqui não é de bobear, e a primeira resposta já foi na mosca. Que lugar pode ser este, senão Bichinhos, em Minas Gerais? A Srta. Lobs postou o comentário primeiro, mas por justiça preciso mandar o troféu mais uma vez pra estante virtual do nosso Gabebritto, que subiu a resposta no mesmo instante e, conforme estava pedido no postulado, deu o serviço completo. Trata-se de Bichinho, ou Vitoriano Veloso, um distrito de Prado, perto de Tiradentes, onde as pessoas vão comprar artesanato.

A primeira a atestar a exatidão da resposta foi a Ana do Psiulândia, que descobriu o blog do Fabio Cabral sobre viagens pela Estrada Real  mineira. Não tardou para chegar a Silvia Olivieira do Matraqueando, que deu endereços de ateliês de artesãos e uma dica de pousada fofa.

Só faltou alguém explicar por que este lugarzinho perdido no meio de uma estradinha de terra produz um artesanato tão especial. É que no início da década de 90 mudou-se para lá o antiquário paulista (originário do Embu) Antônio Carlos Bech, o Toti. Em Bichinho ele e a irmã montaram a Oficina de Agosto, onde os talentosos artesões locais aprenderam a criar peças únicas, diferenciadas. (Por isso você achou tudo caro, Adri!)

Mas eu mesmo só sei disso de orelhada. Estive em Tiradentes no fim da década de 80, quando Bichinho ainda não estava no mapa das compras. Mas DESSE ANO NÃO PASSA! 🙂

Parabéns, Gabebritto! Obrigado, pessoal! Tem mais charada na semana que vem!

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


33 comentários

Obrigado pelo post e divulgação. Muito boa a matéria diga se de passagem.
Porém o lugar é chamado de BICHINHO e não Bichinhos. Peço por favor a correção. Sou morador do Distrito.

Quando vi a foto sabia que era Bichinho, mas estava sem tempo de comentar e tanta gente já tinha respondido…
Sabe que nunca acertei os ateliês por lá. Ainda bem que a Silvia deixou as dicas. Logo logo vou a Tiradentes de novo…amo aquela cidade, sem explicações…

Fico todo contente quando Minas Gerais aparece aqui no VnV.

Se eu o fosse secretário de Turismo de MG contrataria o Riq para fazer uma expedição pelo estado (com direito a textos, fotos, vídeos, programinhas de rádio…)

Aposto que o Riq ia descobrir cada lugar e cada personagem bacana por aqui.

Ah… Prados foi sede da terceira etapa do Campeonato Mineiro de Trekking. Só não participei porque tinha acabado de operar o joelho. Daqui a pouco eu volto a competir.

E fica aqui o convite para turma de Minas. É uma ótima desculpa para viajar e visitar lugares bem bacanas!

; )

parece com 2 lugares igualmente perdidos e lindos: Milho Verde (distrito do Serro) e Sao Gonçalo do Rio das Pedras (distrito de Diamantina) nas lonjuras profundas de Minas. E tem Catas Altas, Catas Altas da Noruega, e por aí adentro.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.