Charadinha em dia errado

semsol2

Esta é uma charadinha de araque. Como meu paradeiro é conhecido, o mistério deve durar no máximo três comentários.

Eu pensei que hoje já poderia fazer um post mais pedaçudo deste lugar, mas acabei me atrasando para sair de Cancún, ontem, quando me desliguei do grupo.

semsol5

No caminho eu ficava olhando para aquela nuvem grandona que se formava no interior, e pedia para que ela não chegasse à praia.

Um vento forte vindo do leste não deixou o cinza se instalar sobre o oceano. Não pôde, porém, impedir que o sol, indo se pôr no oeste, se escondesse por trás do chumbo.

semsol3

Mas como praia bonita sempre é praia bonita, não perdi completamente o fim de tarde…

Hoje o dia está lindão de novo e prometo voltar com fotos bacanudas.

semsol6

Enquanto isso, quem se arrisca a dizer o nome do lugar?

RESPOSTA:

A resposta certa é Tulum. O vencedor é o Jotabê. E o serviço completo estará no ar mañana! Congratulaciones, Rotavê!

39 comentários

Que fotos!!!…não sei se podré resistir toudo um ano para poder ir outra vez a uma linda e solitária praia…

Ueba,

Finalmente acerto uma!!! E desta vez sozinho, hehe.
Infelizmente não pretendo, nem tenho condições, de fazer um discurso à altura daqueles proferidos pelo nosso über-viajante e irmão-capricorniano Arnaldo. Lamento decepcionar os trips 🙁

Agora, dá licença que eu vou ali no Arpoador estreiar minha bóia. Fui…

    JB, exija uma limusine com tapete vermelho e recepção do Riq, do Morgan Freeman e do Jack Nicholson para a entrega do Troféu da Bóia no Kodak Theatre. Pelo menos é o que eu faria.

Eu vi estas nuvens ontem pelo satélite num site da vida, um grupamento de cumulos nimbus no interior de Yucatán, aqui no Rio de Janeiro este fenômeno também acontece nos verões típicos (quando não fica aquela linha de mau tempo estacionada aqui por semanas) após dias ensolarados e quentes, geralmente o vento que sopra do mar não deixa a chuva chegar até a praia, mas costuma ferrar com o pôr do sol no mar (que fica ao sul, então no verão dá para ver o sol nascer e se esconder no mar em locais como Barra e Arpoador, por causa das nuvens “de calor” é mais fácil ver nascer, mas como me falta disposição para madrugar nunca vi, exceto por uma vez em Rio das Ostras). Meu chute: alguma praia de Yucatán…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.