Com que antecedência você planeja seu carnaval?

Daniela Mercury no Carnaval 2008 em Salvador

Brasileiro só se organiza mesmo para viajar no Réveillon e no Carnaval. São as duas datas em que quase ninguém quer ficar em casa.

Enquanto no Réveillon todo mundo quer estar na muvuca, no Carnaval a maioria quer fugir da bagunça. (E acaba encontrando a bagunça feita pelo encontro das multidões que estão fugindo dela.) Há quem aproveite para ir para o exterior. O problema sempre são os vôos, que nunca têm assentos suficientes para todos os que querem viajar, pelo Brasil ou para fora.

Você vai viajar neste carnaval? Pra onde? Quando se programou? Quando confirmou suas reservas?

Deixou para a última hora? Está conseguindo alguma coisa?

Vamos compartilhar nossas experiências e estratégias para determinar quando é melhor entrar em ação para cada tipo de destino carnavalesco — os destinos foliões, os destinos de quem foge da folia e o exterior.

À caixa de comentários, pufavô!

113 comentários

Adoro fugir do Rio no carnaval…. Esse ano vou para Bento Gonçalves “trabalhar” na colheita da uva. Ficarei na Pousada Valduga e achei um pouco salgado o preço (250,00 a diária). Pelo menos as passagens foram baratas… comprei com antecedência.
Alguem já foi a Pousada da Casa Valduga? Pode dar algumas dicas do que é imperdível?

    Mi9nha dica e voce ir até Veranopolis, e fazer um passeio de Jipe com o Tony.

    Uns amigos meus ficaram nessa pousada e adoraram o lugar e a vista. Vou ver se pergunto pra eles alguma outra dica…

    Oi, Sílvia, algumas dicas de quem conhece bem a região:
    – Apesar de Valduga, Miolo e Dom Cândido serem bem conhecidas, vale muito a pena visitar vinícolas menores que fazem vinhos especiais. A minha preferida é a Pizzato (prove o Concentus), mas a Angheben e Cavalleri (principalmente espumante mostacel) também são muito boas. O atendimento é BEM mais personalizado, e na Pizzato invariavelmente você será atendida pela família.
    – Na vizinha Carlos Barbosa, vale visitar a loja de fábrica da Tramontina e fazer o passeio de Maria Fumaça (para quem gosta, não é muito a minha praia).
    – Em Garibaldi (e se não me engano, em Bento também), o MELHOR galeto é o do Don Giuseppe, que agora se chama Casa di Paolo (por conta de um restaurante homônimo no RJ). Peça o queijo frito, imperdível.
    – Para comprar vinhos mais baratos, a melhor pedida é o supermercado da Cooperativa, na entrada de Garilbadi, que tem um bom sortimento. Os vinhos nas vinícolas nem sempre são baratos.
    – Eu fui à Queijaria Valbrenta e não gostei nem dos queijos, nem do atendimento, mas tem gente que ama. Vai ver que eu dei azar… 🙁
    – A minha irmã mora em Farroupilha, e gosta muito do roteiro dos Caminhos de Pedra, que cruza o interior de Bento Gonçalves.
    – Ali perto dá para conhecer outra região que está buscando indicação de procedência para seus vinhos: Pinto Bandeira (indicação “Vinhos de Montanha”). Don Giovanni e outras vinícolas podem ser visitadas.

Geralmente em novembro od estino, mas nunca viagens longas que necessitem avião e por ai vai. Esse ano vamos pra Muzambinho (interior de MG). Carnaval de rua, gente bonita e animada durante a notie e cachoeiras e parques durante o dia. Acho válido, né?rs

Eu planejo no início de janeiro e sempre para um lugar longe da muvuca!
Esse ano irei para Paradise Resort em Mogi das Cruzes. Alguém conhece lá?

    Xará,

    Eu tenho um amigo que ama ir pra lá jogar Golf. Gosta muito do lugar, e em Mogi essa época faz sol, o que é bem legal. Fora que Resorts semrpe têm programação especial..

Eu também fujo do carnaval. O que tenho feito de uns tempos pra cá é aproveitar o feriado, juntando uns dias de férias, pra conseguir um período maior, e evitar como a peste os dias de ida e volta “normais”. Normalmente, eu consigo viajar uns dias antes e juntar a semana de carnaval, voltando só no fim de semana seguinte (não consegui dessa vez).
Então, eu vou pra Foz do Iguaçu (e não vai chover, toc, toc, toc) no sábado da semana anterior, e volto na segunda-feira de carnaval, pra dar tempo de chegar no interior com calma. Dessa vez, eu só reciclei uma viagem que já estava programada para o comecinho de janeiro, só mudando as datas.

Normalmente, em relação ao carnaval, elejo o destino em novembro e executo as compras e reservas em dezembro. Vou esticar a semana do carnaval e conhecer a época pré-colheita em Mendoza e no Vale do Colchagua. Agora estou executando as compras e reservas do feriadão da semana santa, preocupado com a relativa escassez de feriados que virá depois.

Esse ano vou fugir total.
Miami + Cruzeiro no Caribe, planejada em outubro, fechada em Novembro, mais as passagens aéreas tão caras, esperei mais não baixaram ou teve promoção.
Alguém tiver alguma dica legal e recente de restaurante/bar/beach club de South Beach pode mandar.
valeu!!!

Meu Carnaval está planejado com antecedência desde 2008: blocos e Sapucaí, eternamente.

😉

Carnaval e Reveillon pra mim, são época de juntar dindin na conta pra fazer viagens em outras épocas, de baixa. De-tes-to isso de viajar pra passar perrengue, com os lugares superlotados e cobrando 2x (3, 4, 5) mais por cada coisa. Claro que ajuda e muito o fato de morar no Rio (e em Copacabana). Em relação ao Carnaval, há uns 10 anos a cidade ficava as moscas, a praia era praticamente particular e os restaurantes até faziam promoções. Mas estou adorando também poder pular em vários blocos de rua todos os dias e ver a movimentação da galera!

    Hehe, até cinco anos atrás eu indicava o Rio como o melhor lugar para se fugir do Carnaval no Brasil!

    Pois é, eu também! Mas de lá para cá os blocos de rua estão por todo lugar e se pode ficar lento no trânsito, indo em qualquer direção, para qualquer lugar. O Rio ficava vazio, vazio (de cariocas), enquanto outros lugares turísticos do Brasil ficavam abarrotados.

    Meu irmão falou muito bem da Praia da Pipa, para quem não gosta de Carnaval, mal dá para notar que ele existe lá.

    Desta vez não quis ficar no Brasil de jeito nenhum e vamos para Portugal. Compramos as passagens com dois meses de anteced6encia. Achei que no nosso caso, o custo-benefício seria melhor do que ir para a Argentina.

    Praia da Pipa é mesmo uma opção interessante. O público que frequenta Pipa durante o ano todo atraídos por balada e vida noturna em geral é a turma da música eletrônica, que definitivamente nào gosta de micaretas. Junte-se a isso a falta de espaço para shows/circuito etc, e o cenário para fugir do Carnaval está formado.

    Foz do Iguaçu, citada por outros trips, é uma boa solução também.

    Por fim, para quem pensa em viajar para um hotel de selva alguma vez na vida (não é meu caso, pagar pra ver mato eu tô fora), o Carnaval pode ser uma boa época, se vc descolar passagens aéreas aceitáveis ou tiver milhas para queimar: o público gringo que vem ao Brasil nessa época só quer saber de Carvnaval, deixando os “jungle hotels” vazios que só.

    Pois é, até uns anos eu nem me incomodava de ficar por aqui mesmo no Carnaval… Além das promoções nos restaurantes, tinha também promoções nos cinemas! Era uma delícia – praia de manhã, cineminha no fim da tarde e restaurante ou barzinho de noite, sem a menor referência ao “baticum”… Agora é bom para quem gosta de Carnaval, mas quem não gosta precisa mesmo fugir…

    Concordo com tudo. Os preços ficam um tiro! Prefiro guardar pra viajar no inverno….

    Concordo com a Dri, só não curto Carnaval, muito menos sair em bloco.
    Quando dá, emendo as férias com o Carnaval e viajo para fora do país. Nesse caso, planejo a viagem com uns 3 meses de antecedência.

Acabei de fechar (ontem) com a pousada CANADA LODGE em Campos de Jordão. Vou com meu marido e filhos pequenos. Inicialmente queria ficar em Pinhal, mas é impressionante como a maioria das pousadas de lá têm restrições à crianças. Como eu não suporto carnaval, sempre dou um jeito de fugir. Ano passado me programei com mais antecedência e fui para Córdoba na Argentina (recomendadíssimo). Abs

    Que bom gente…fiquei na maior dúvida entre essa e uma outra chamada Appenzell. Mas achei que as crianças gostariam de uma pousada temática:)

Como a maioria, eu também procuro fugir da bagunça no carnaval.
Esse ano decidi por um dos destinos prediletos do Ricardo: Trancoso-BA. Aliás, foi justamente por essa escolha que eu conheci esse blog.
Minha expectativa até se inflou ao ver tantos elogios ao lugar.
Bom, a minha “programação” se resumiu à reserva da Pousada (como moro em Vitória-ES, vou de carro mesmo e por isso não precisei ver passagens de avião). Comecei a pesquisa por pousadas na primeira semana de janeiro e, em praticamente todas, havia disponibilidade. Enfim, não tive dificuldades mesmo estando um pouco em cima da hora.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.