Como alugar apartamentos de temporada no exterior (Parte 3)

Relatório de viagem :mrgreen: — os apartamentos que eu aluguei na viagem do ano passado

lisboa5

LISBOA
O apê: quarto, sala, cozinha americana, pátio. Um andar de escadas. 85 euros.
Onde: Traveling to Lisbon.
O bairro: Príncipe Real, residencial, charmoso e colado ao Bairro Alto, quartel-general da noite lisboeta.
Muito giro: a localização, num ponto adorável de Lisboa.
Muito chato: a banda larga tinha sido desinstalada, e a agente levou uma manhã inteira até conseguir instalar uma placa de celular no laptop

madri31

MADRI
O apê
: duplex – sala, cozinha americana e quarto embaixo; e um pequeno terracinho na cobertura. Elevador. 100 euros.
Onde: RentMadrid
O bairro: Malasaña, animado e pouco turístico, a dois passos da Plaza Mayor e da movida de Chueca
Me encanta: tomar café da manhã no terraço ensolarado
Me mata: a inspeção final foi feita depois da saída, e a agência demorou um mês para devolver os 200 euros da caução, por PayPal

barcelona2

BARCELONA
O apê
: loftzinho moderno num edifício antigo. 2 andares de escada. 100 euros.
Onde: Friendly Rentals
O bairro: Born, antiga zona portuária que hoje é o Baixo Leblon de Barcelona
Qué bueno: sair de casa, dobrar uma esquina e estar no lugar mais bacana da cidade
Qué malo: mesmo com o apartamento desocupado desde a noite anterior, a agência não permitiu o check-in de manhã

roma3

ROMA
O apê: sala grande, quarto, cozinha separada. Terraço comunitário no topo do prédio. Um andar de escada. 85 euros.
Onde: VRBO
O bairro: um canto sossegado do pitoresco Trastevere
Bravissimo: ouve-se mais italiano do que inglês na vizinhança (uma raridade para o centro histórico de Roma)
Porca miseria: é preciso passar pela cozinha para chegar ao banheiro

paris2

PARIS
O apê
: quarto, sala, cozinha num prédio de 600 anos. 3 andares de escada. Nome na porta. 48 euros (no contrato de 28 dias).
Onde: NYHabitat (a dona não permite a publicação do link exato)
O bairro: Les Halles, num ponto mal-encarado da rue St.-Denis, entre sex-shops e prostitutas sexagenárias, mas perto de tudo
Très bien: os restaurantes sem turistas da rue Tiquetonne (uma transversal) e as padarias, queijarias, açougues, peixarias, mercearias e caves da rue Montorgueil (uma paralela)
Très mal: o sono leve da vizinha de baixo, que reclamava até do barulho de passos

amsterda4

AMSTERDÃ
O apê: a metade de uma casa-barco estacionada no canal Waalseiland. 120 euros.
Onde: Amsterdam House Boat
O bairro: Niewmarkt, vizinho careta do Bairro da Luz Vermelha.
Lekker!: ver o pessoal dos barcos de passeio olhar com curiosidade para dentro da nossa casa
Kak!: precisar ir embora no último dia

berlim3

BERLIM
O apê: loft com pé direito alto e pátio interno num prédio comunista dos anos 50. Térreo. 100 euros.
Onde: All-Berlin-Apartments
O bairro: Friedrichshain, a nova fronteira dos modernos em Berlim Oriental
Wunderbar: foi o apartamento mais bonito e bem-resolvido da viagem
Kaputt: a muvuca do bairro é jovem demais e está longe do apartamento; teria sido melhor procurar em Prenzlauer Berg

londres2

LONDRES
O apê: quarto, sala, cozinha separada, num típico predinho londrino. Dois andares de escada. 70 libras.
Onde: NYHabitat (não está mais listado lá)
O bairro: Bethnal Green, reduto de imigrantes em East London, próximo à Brick Lane
Jolly good: uma ótima base para descobrir as novidades do leste londrino, a parte da cidade que está acontecendo
Bloody hell: a internet por celular mais lenta do planeta

novayork2

NOVA YORK
O apê: studiozinho clean, com cama facilmente disfarçada de sofá. 2 andares de escada. 180 dólares.
Onde: Vacation Home Rentals
O bairro: Chelsea, epicentro da cena gay, fora da rota dos turistas de Midtown e de Downtown
Awesome: pós-crise, a diária chegou a baixar para 120 dólares (agora está 160)
Not so good: os trens expressos não param na estação de metrô mais próxima

Leia mais:


madri31

289 comentários

Boa tarde! Pretendo passar uma temporada estudando em Brighton, EN, de 15/11/2013 à 15/03/2014, com minha esposa e gostaria de indicações de apartamentos para alugar, pois acredito que sejam mais baratos do que em as residências de estudantes, além de termos mais privacidade.
Grato,
Ricardo

Olá eu gostaria de saber onde está listado esse apartamento em que você ficou em Londres,já que que não está mais listado no NYHabitat (caso você saiba claro). Estou muito interessada pois quero viajar com a minha melhor amiga e nós nos interessamos muito por esse apartamento. Obrigada,aguardo resposta

    Olá, Nathália! Não temos como encontrar o apartamento novamente, uma vez que saiu do cadastro. Mas no mesmo site você encontra outras opções, ou em sites como o AirBnB.

Amigo, talvez possa me ajudar. Pretendo ir a Nova York em julho de 2014 e já estou me preparando para isso. Mas sou marinheira de primeira viagem, por isso gostaria de ficar em hotel. Você poderia me dar algumas dicas de hotéis em nova york em áreas de fácil comunicação (ônibus, metrô, etc.). Abraços, Júlia

    Julia. Primeiro tenta descer no aeroporto JFk , poderá pegar o monotrilho terminal 4 Airtrain , descer na estação Jamaica e pegar o. Metrô E azul em direção a Manhattan [compra ao descer na Jamaica oMetrocard 7day metro card., vc poderá usar todos os dias ] para vc entender,é como pegar o trem e o metrô em Sao Paulo , não precisa sair da estação. Na ultima viagem eu fiquei na W 44 st com a 8 Th Av. Hotel Milford plaza, então eu desci na estação 42 Rd St Por Authority saindo da catraca tem uma saída para a 44 sai de frente ao Hotel , fica perto da Time Square, Madame Tussaudes e teatros. Obs. O metrô é o transporte mais rápido e barato , antes de ir eu peguei o mapa do metrô para não me perder. Algumas dicas. Do hotel para a Estatua peguei o metro 5 verde em direção a Bowling Green 5 paradas , e pegar o Ferry Barca para Estatua , na volta pode ir conhecer Wall Street a pé, é menos de 7 minutos pega a rua em frente a estação da Ferry , lá poderá conhecer a Igreja Trinity Banco NYC o Touro e aproveite para conhecer o Pier 17 , na Wall street pega a Front’s esquina com a John St vc vê o Pier 17 um lugar legar para conhecer e comer alguma coisa e tbem tem TKTs que compra o ingresso para os teatro mais em conta e da para olhar a ponte suspensa Broklin Bridget, e depois subindo a Front’ s vc encontra Abercrome , Coach e outras indo até a Fulton St até a Broadway vire a esquerda até o memorial Word trade Center , aproveite conheça a loja Century 21 da loja para hotel pega a Rua Church caminhe 2 minutos até a Chambest e pega o Subway [metrô] A Azul em direção a inwood 5 paradas até o hotel. Descer na 42 st . Conheça o Central Park , o Museu Of Natural History[fantástico] , Rocheffler plaza, Grand Central , Empire State , tbem pode pegar o bondinho ir conhecer a Ilha Roosevel island a vista é linda , na volta entra na Library,vai na 5 av.e aproveita para conhecer lojas lindas e caras. Boa viagem

Boa noite bóia! Estou indo em set pra NY e estava vendo o site airbnb q vcs sugeriram e parece bem interessante porém fiquei com uma duvida: geralmente na imigração eles pedem os comprovantes dos hotéis que vamos ficar, como vou comprovar? Será que nao da problema e me mandam de volta pro Brasil?

    Olá, Leonardo! Nos Estados Unidos não pedem comprovação não, só o endereço. E se pedirem, basta você mostrar a sua confirmação de reserva.

    Alo Boia, minha dúvida é com relação a aceitação pela imigração na Europa deste comprovante de reserva de apartamento alugado, uma vez que é sabido que várias pessoas são barradas mesmo tendo uma Carta Convite de parente ou amigo, por esta não estar devidamente legalizada. Ano passado, após já ter feito várias viagens à Europa, nos pediram pela 1a vez, em Londres, para mostrar passagem, hotel, etc. Tenho dúvida com relação a aceitação da reserva de apt. se esta for solicitada.
    Pergunto: alguem já foi solicitado a mostrar o comprovante de onde iria ficar e apresentou a reserva de aluguel de apt?

Olá,
Gostaria de sugestão(região) para duas semanas em Londres ,considerando que estaremos com uma criança de 3 anos.Temos o hábito de ficar em locais que fiquem próximo a metro ou trem,com cozinha e máquina de lavar.
Viajaremos entre agosto e setembro.
No aguardo,
Gloria.

Oi Má
Ano passado aluguei um apartamento incrível em Roma pelo homelidays.com/pt. Falei sobre ele na parte 1 desta série. Recomendo a região de Campo dei Fiori. É deliciosa!
Este ano aluguei apê pelo airbnb para Londres e Barcelona. Espero que também dê certo!
Boa sorte

Olá, primeiro parabenizo pelo site, incrível!!
Desculpe se perguntar algo que já tem resposta, mas são mais de 500 postagens neste tópico…
Ano passado estive em Paris por 10 dias, mas exitei em alugar um apto por ser marinheira de primeira viagem…
Agora pretendo ir para Roma, com marido e minha mãe, mas como nunca estive em Roma, e não conheço nada sobre os bairros, alguém pode me dar uma dica de site confiável para alugar um apto por 06 dias?

Obrigada!!

Abraços,


São Paulo

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.