Como aproveitar os descontos de 60% nos trens de alta velocidade da Itália (dica do A. L.)

trem-roma

Num oportuníssimo contraponto à promoção da RailEurope que só os americanos e canadenses podem aproveitar, o A. L., que mora na Itália e tem mandado muitíssimo bem nos comentários, ensina como não-italianos podem aproveitar a promoção da Trenitalia para os trens mais velozes da Bota.

A promoção é válida para os AV — os novíssimos top de linha, que operam alguns horários do tronco Milão-Bolonha-Florença-Roma-Nápoles  — e também para o segundo trem mais veloz, o Eurostar italiano, para quem vai a Veneza, Bari ou Reggio Calabria.

Passo a palavra ao A. L.:

A Trentitalia lançou algumas tarifas com desconto especial de até 60% (isso mesmo, 60%) em trechos de alta velocidade, se comprados com 30 dias de antecedência e online. O site foi reformulado, e agora dá para ver o preço básico entre as várias opções e horários antes de ir para a última seção.

Para usufruir dos descontos, no entanto, há uma pequena pegadinha. Você tem que selecionar a tarifa cheia de primeira ou segunda classe, e ir para a tela de tarifas, assentos e promoções. Lá, pode tentar as tarifa Super 60 e Super 30, além da já conhecida Amica, que dá 20%.

Se houver vagas naquela tarifa descontada naquele dia e horária, aparecerá lá embaixo uma luzinha verde, caso contrário, pode tentar a Super 30, ou a Amica, ou outro horário. Dá trabalho, mas vale muito a pena.

Especificamente (e apenas) no trecho Milão-Roma a Trenitalia está com uma promoção de € 33,00 euros com assentos limitados por trem. Tanto faz ser o AV normal, que leva 3h58, como o AV Fast, que não para nem em Florença nem em Bolonha e faz todo o trazeto em 3h29.

É uma reação à nova Alitalia e à EasyJet, que tinham preços mais competitivos de avião do que de trem (o normal em segunda classe são 75 euros na nova tabela de perços para o trecho Roma-Milão).

E agora dá para comprar a passagem na modalidade ticketless, ou seja, como o bilhete eletrônico do avião, você simplesmente aparece na estação e vai direto para o seu assento (já reservado). Não precisa validar em máquina nenhuma, isso será feito a bordo (mas não repita o procedimento com um bilhete físico que terá uma multa). O Ticketless só serve para trens com reserva obrigatória ou facultativa (AV, AVFast, ES, ESCity, ICPlus).

Fica aí a dica.

Grazie mille, A. L.! De minha parte, eu só tenho a acrescentar aquela velha máxima: de hotel a hotel, uma viagem de 4 horas de trem leva praticamente o mesmo tempo de uma viagem de 1 hora de avião (se o avião não atrasar).

75 comentários

oi, pessoal, alguem poderia me dizer se há trem de alta velocidade
entre napoles e milão ? agradeco a informaçao

Pessoal, partindo de Roma para Veneza, qual a melhor estação “Rometta” ou “Fivizzano”?

    Cuma? É Roma Termini, Ana :mrgreen:

    Os trens expressos param em poucas estações. O de Roma a Veneza pára normalmente em Florença, Bolonha e Pádua.

    Se você estiver numa cidade menor, vai precisar fazer uma baldeação na parada mais próxima.

    Riq, “Rometta” deve ser a filha do Romeu com a Julieta. Essa estação deve ficar em Verona 😆

    hahahaha…
    Não, eu não estou doida!! Rometta existe sim e é uma província na região da Sicília (fonte Wikipédia), mas a confusão aconteceu porque eu coloquei a partida de ROME, ao invés de ROMA. O sistema leu rometta e solicitou a stazione di partenza: rometa messinese ou fivizzano-rometta-soliera. Voltei agora no trenitalia de novo, e descobri a confusão. Agora, Roma – Veneza pelo eurostar é sem baldeação, certo?

    Hahahaha, sem baldeação. Poucas paradas — normalmente só Florença, Bolonha e Pádua.

    Buon viaggio!

Rick:
Já estou fazendo isso a algum tempo..,meu medo é chegar lá e não conseguir a passagem faltando uma semana para o embarque. Será possível?
Sylvia:
A idéia é exatamente esta…fazer de La Spezia minha base para Cinqueterre…..Alguma dica???
Um abraço a todos,

Célio

Rick:
Ok..! Já tenho feito isso a algum tempo…,minha dúvida é se corro o risco de ter que comprar lá faltando uma semana para o embarque.
Sylvia:
A intenção é extamente esta…fazer La Spezia de base para Cinqueterre.
Um abraço a todos,

Célio

Olá Trip….
Estou tentando uma passagem no trecho Roma/La Spezia para setembro/09….parece que ela só vai entrar no site com dois meses de antecedência…é isso mesmo ?
Obrigado,
Célio

    Sim! Mas você pode simular numa data mais próxima, para ver duração, custo e trajeto.

    La Spezia é uma cidade bem grandona viu ?
    Simpática , mas não é uma vilazinha , e é um pouco distante para 5 terre ( se é que é tua intenção )

Fabio,
O pacote é passagem mais 4 dias de hospedagem em roma, mas incluimos no pacote mais 3 dias, entao ficou assim:
Chegamos em roma dia 20 a noite e temos hotel ate dia 24, e a volta é dia 27 de manha, saindo de roma. Nesses 2 dias e meio q sobram gostariamos de ir ate florença. A minha duvida era quantos dias eram suficientes para roma,porque é tao pouco tempo que queremos aproveitar ao maximo, e eu queria sentir um gostinho da toscana…
Obrigada por responder!

    Melinna, se é a primeira vez de vocês por lá, você vai notar que não tem tanto tempo assim quanto parece. 😉

    Como o Riq comentou, fique por Roma nos dias programados, já tem MUITO a curtir antes de pensar em fazer um bate-volta.

    Florença é uma cidade que eu gostei muito e que “rende”: arquitetura, parques, arte… Na prática você só vai ter dois dias lá, então vai dar pra “sentir um gostinho”.

    Eu focaria nestas duas (ótimas) cidades para vocês terem menos correria.

    E muito cuidado com o horário deste voo de retorno a partir de Roma: trens costumam ser confiáveis, mas não dá pra arriscar – pode ser o caso de dormir a última noite em Roma também. 😉

Já gostei dessa promo da trenitalia! Vou tentar achar Florença/Roma urgente! Valeuzão!

Melinna, eu acho que 3 dias não dá nem pra Roma sozinha.

Dá mais informações pra melhorar o contexto. É sua primeira vez na cidade? Qual o roteiro do pacote, é só Roma ou vocês vão pra outras bandas?

(Vai ficar mais fácil palpitar…) 😉

Ola, sou nova por aqi, faz uns 3 meses q achei seu site, e adooro todas as dicas de viagens q vc da!!!
No antigo blog vc dava muitas dicas e ate fazia alguns roteiros ( tem um pra tal da aluna da carla q leio todos os dias), e eu gostaria de umas dicas tambem, ai aproveito esse post sobre a italia para pedir. Eu e meu marido vamos para Italia num pacote de ultima hora q ele comprou, chegando em roma, com 4 dias de hospedagem e incluiu mais 3 dias q ainda estao livres e estamos querendo ir pra florença e algumas cidadezinha perto, tipo cortona. Sera que 4 dias de roma é muito, ou tem alguma cidade perto q da p vizitar e aproveitar o hotel q ja esta pago? Estou numa super duvida, pq tem muita coisa pra tao pouco tempo, entao queria sair daqui com tudo definido pra aproveitar o maximo, sera q vc pode me ajudar?

    Melinna, Roma é uma cidade que exige muito fisicamente do turista.

    Vocês vão chegar com 5 horas de fuso horário na cabeça; o primeiro dia nem vai contar muito.

    Eu ficaria esses dias por Roma mesmo, tentando mesclar o lerê (Coliseu, VAticano, Forum) com o prazer (fontes, pernadas, noitadas).

    O post da aluna da Carla serve para você decidir o que quer fazer a partir de Florença.

Riq e “trips”: aproveitando o post de dicas de desconto…

Pesquisei nos últimos dias uma alternativa pro nosso pacote da CVC pra Cancún (gripe porcina, etc.).

A atendente soltou -meio em off- que estes dias entraria “alguma promoção para os Estados Unidos” (sic).

Não vi nada no site, parece não ter uma divulgação. Mas pela cotação que recebi, vigora até o dia 8 de maio.

De fato, o desconto ficou nuns 20%: de US$ 2.125 por US$ 1.715 por pessoa (fora taxas) para um pacote de 7 noites em Nova York.

Ainda assim, acabei fechando com o Submarino Viagens um conjugado “passagem + hotel”. Sem nenhuma “promoção” anunciada, por preço ainda menor: cerca de US$ 1.330 por pessoa (com taxas).

*Todos os preços consideram um casal viajando juntos.

Fica a dica. 😉

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.