Como comprar passagens aéreas domésticas baratas no Chile: a Sílvia Oliveira mostra o caminho

skyairlineA Sílvia Oliveira do Matraqueando se viu às voltas com um problema que a gente normalmente enfrenta quando viaja com milhas ou passagens muito muito baratas a uma capital da América do Sul, e depois quer continuar, de avião, a outro ponto do país.

Ela já tinha na mão a passagem para Santiago e precisava comprar o vôo até Calama, no norte do país, que é a porta de entrada para o deserto do Atacama.

Quando integrado à passagem internacional, o trecho doméstico até que não fica tããão caro. Por exemplo: orçando  no site da Lan com ida em 21 e volta em 28 de outubro, cotei US$ 428 São Paulo-Santiago-São Paulo (um preço bem razoável!) e US$ 778 São Paulo-Santiago-Calama-Santiago-São Paulo. Ou seja: uma diferença de US$ 350 para continuar a viagem ao Atacama.

Cotado separadamente, porém, o trecho Santiago-Calama-Santiago saiu quase o dobro: US$ 642. Praticamente o preço da viagem desde São Paulo — o que significaria jogar fora suas milhas (ou a economia da passagem promocional a Santiago).

O que acontece nesses casos é que existem preços diferentes para o mercado local e internacional. Nossos cartões não funcionam em  sites locais de cias. aéreas e em agências online, tipo Rumbo, de países da região.

Mas a Sílvia não se deixou abater e foi atrás de uma solução, que ela generosamente divide com seus leitores e os trips:

Muitos brasileiros compram a passagem Santiago-Calama-Santiago pelo site brasileiro da Lan que cobra, em média, US$ 600 por pessoa, mesmo comprando com muita antecedência. No site chileno da Lan as tarifas são infinitamente menores, mas NÃO aceitam cartão de crédito emitido no Brasil, só no Chile. Portanto, a gente não consegue comprar daqui com as tarifas chilenas.

Pesquisando, consegui comprar nossas passagens Santiago-Calama-Santiago (Calama está a uma hora de estrada de San Pedro de Atacama) pela Sky Airline. O mesmo trajeto (ida e volta) ficou US$ 209 por pessoa, com taxas incluídas. Detallecito: a Sky Airline também NÃO aceita cartão brasileiro, mas ao contrário da Lan chilena, emite seu bilhete se você passar o número do cartão de crédito por e-mail (através de uma autorização que eles mandam) ou por telefone.

Você deve fazer a reserva por e-mail – [email protected] – com os dias que pretende viajar (pode escolher antes no site) e depois confirmar a compra da mesma maneira. Eu resolvi telefonar e fui (muito bem) atendida por Caroline Figueroa – [email protected] . Por opção pessoal, passei os números do cartão de crédito por telefone.

Está tudo certo, passagens emitidas! E por NÃO ter optado pela LAN brasileira economizamos cerca de US$ 800 nas duas passagens. Agora, sobre a qualidade da Sky Airline isso eu conto quando voltar. Mas pela economia eu viajaria até em pé! :mrgreen:

A Lu Malheiros também soube contornar esse problema quando foi ao Peru. Com uma passagem baratinha só até Lima na mão, suou para descolar um preço honesto de Lima a Cusco. Ela conseguiu uma low-cost que seguraria a reserva dela até a chegada (a StarPeru), mas acabou pedindo ajuda a uma agência de viagem local. O relato da Lu está aqui.

(Parênteses: o mercado de vôos é muito, ahn, volátil. É bom saber todos os caminhos, para poder simular/orçar todas as alternativas e escolher não só pelo preço, mas avaliar também o custo x benefício. A qualquer momento as coisas podem mudar — para melhor ou para pior, hehe. Outro fator importante, sempre: não programe conexões entre vôos não-relacionados. Se o primeiro vôo atrasa e você perde a conexão, nenhuma das cias. tem obrigações com você. Deixe um bom intervalo entre os vôos ou, de preferência, passe uma noite na cidade de conexão.)

Alguém mais tem experiências parecidas para relatar — não só no Chile e no Peru, mas também na Argentina (para a Patagônia) e Colômbia (para Cartagena)? Conta pra gente!

E obrigadííííííssssimo, Sílvia!

311 comentários

Comprei as passagens ontem pela Lan Chile também! Deu tudo certo aparentemente, pagando a vista. Não foi necessário que eu fizesse cadastro no site, eu registrei meus dados ao preencher as informações da compra. Será que está tudo certo? Eu já recebi um e-mail confirmando a compra.

Outra coisa, o cartão usado na compra precisa apresentar no check in? Porque usei o cartão de uma pessoa que não estará comigo na viagem.

Valeu!

    Olá, Lívia! Se já recebeu o email confirmando, está tudo certo, sim. E não precisa apresentar o cartão no check-in. 😉

Gente comprei a passagem da forma que vcs indicaram! Menos de 700 reais para duas pessoas…contra mais de 1000 reais no site da tam.
Dia 19/11 esta chegando! depois conto para vocês como foi a experiencia!!!
Obrigada pelas dicas valiosas!

    Alguém sabe dizer se é possível comprar para trecho Rio-Santiago-Rio pelo mesmo método no sítio da Lan Chile? Na compra, quando preenchemos o cadastro para entrar, devemos informar residência e nacionalidade chilena? Pergunto pq há dois espaços para essas informações. E aí?

Quero agradecer por todas as dicas e até pelas dúvidas, que são minhas, também. Estamos, eu e minha mulher, indo para Santiago, em abril/2015, e de lá para San Pedro de Atacama, retornando depois de cinco dias para Santiago, fins participar da maratona. Vou tentar a compra da passagem Sant X Calama X Santiago pelo sitio da Lan-Chile, conforme as dicas; isso no início de novembro. Já vi que pela Skycanner (?) sai, hoje, por R$ 1.312, ida e volta, as duas. Achei bastante razoável. Que sítio seria esse? É da Sky chilena?

    Olá, Valmyr! Você se refere ao site da Skyscanner? Se for isso, eles são um buscador gratuito de passagens aéreas. O site da companhia Sky do Chile é o que está linkado no texto, https://www.skyairline.cl

    Valeu A Bóia! Mais uma pergunta: Há como comprar a passagem RJ-Sant-RJ pelo mesmo modo ensinado anteriormente (Lan Chilena), pagando os preços menores? Muito grato pela atenção!

    Na verdade, verifiquei que o preço que vi no tal de “Skyscanner” está maior até do que no sítio da TAM BR. Vou mesmo é tentar comprar os dois trechos (RJ-Sant-RJ e Sant-Calama-Sant) usando as dicas dos parceiros. Grande abraço!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.