Cânion Fortaleza

Gostaria de publicar o relato da sua viagem no Viaje na Viagem? Veja como:

Cânion FortalezaCânion Fortaleza (foto da Miriam K.)

Volta e meia aparecem relatos tão completos na caixa de comentários do Viaje na Viagem, que a gente não resiste: entra em contato com o leitor e pergunta se ele autoriza a gente a transformar o relato em post.

Mas outras vezes são os próprios leitores que deixam mensagem na caixa de comentários perguntando como podem fazer para mandar relatos mais longos, com fotos. Como isso está ficando mais freqüente, a Mariana, que é quem faz a edição final desses posts, me perguntou outro dia: ei, por que a gente não faz um post explicando como fazer para ter seu relato publicado no Viaje na Viagem?

Boa!

Funciona assim:

  • 1) Deixe o seu recado na caixa de comentários ou mande um email para redacao arroba viajenaviagem ponto com dizendo que você quer publicar seu relato de viagem para o destino tal.
  • 2) A gente entra em contato com as instruções de envio de texto e fotos, e manda também um termo de autorização de publicação (na verdade, uma cessão de direitos, exigência do nosso Departamento Jurídico!)
  • 3) A gente edita lindão, no padrão Viaje na Viagem

Pouco depois, o seu relato sai publicado, com as suas fotos editadinhas ao longo do texto, de um jeito que não tem como sair no TripAdvisor 🙂

Infelizmente a gente ~ainda~ não tem verba para remunerar esse tipo de colaboração. Mas se o seu barato é brincar de blogueiro sem a mão de obra de ter um blog, estamos às ordens!

Leia mais:

40 comentários

Olá boa noite! Tenho interesse em contribuir com relatos reais de viagem. Tenho roteiro de San andres e alemanha (rota romântica, alguns castelos a mãos) ambos feitos em 2019.

    Olá, Nina! Super obrigada pelo seu interesse! Mas no momento não estamos editando relatos dos leitores, porque toda a equipe está trabalhando em renovação de conteúdos. Mas em breve voltaremos a publicar!

Problemas, imigração e carimbos no Uruguai. Encaminhamos à Imigração do Uruguai a seguinte nota. Talvez outros viajantes tenham se deparado com problema semelhante.,
“Boa tarde
Por erro de procedimento é falta orientação da Imigração do Uruguai, fomos obrigados a pagar multas no valor de Três Mil Pesos na volta ao Brasil.
Partimos de Buenos Aires a Montevideo, viajando de buquebus.
Ao embarcar pela TTL para Porto Alegre, nos foi solicitado o visto de entrada no Uruguai.
Em nenhum momento, fomos orientados pela Imigração de que deveríamos guardar as passagens do buquebus com um carimbo da Imigração para mostrar na volta.
A multa é uma cobrança exorbitante por parte do governo.
Além do mais, não há Posto da Imigração na Rodoviária para orientação dos viajantes. Apenas no aeroporto e no porto o serviço funciona, o que demonstra clara discriminação social por parte das autoridades.
Portanto, sem as passagens do buquebus com os carimbos; e diante da impossibilidade de recorrer a um posto da Imigração na rodoviária, só resta aos viajantes, a negócios ou turismo, pagar as multas.
Não nos foi oferecida pelo Estado uruguaio uma chance de defesa ou esclarecimentos.
Solicitamos a devolução das multas. E sugerimos a instalação de um posto da Imigração na Rodoviária de Três Cruzes.
Att
Luiz Fonseca
Jornalista
Maria do Céu B. e Albuquerque
Bióloga

Olá, estivemos recentemente (setembro 2019) no Canadá. Como sempre faço um album das fotografias, pensei em fazer um relato da viagem com as impressões das fantasticas cidades canadenses.Posso enviar o relato desta viagem, caso tenham interesse na publicação.

    Olá, Georgina! Obrigadíssima por querer contribuir. Mas no momento estamos sem equipe disponível para editar conteúdos dos leitores — estamos trabalhando na atualização dos guias para o verão!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.