Como você viaja na Páscoa?

Jurerê Internacional, Floripa

O objetivo dessa enquete não é nem tanto saber pra onde você tá indo agora (se bem que essa sempre é uma informação divertida, haha), e sim assuntar a sua estratégia para um feriado curto nesta época do ano.

Você sai de carro ou pega avião? Vai pra lugar novo ou repetido? Consegue enforcar a quinta? (Eu fico admirado como as pessoas enforcam a quinta-feira ‘santa’ em São Paulo.)

Ou fica quietinho em casa se recuperando da esbórnia do verão e se preparando pras próximas?

(Pra quem ficou curioso, a praia da foto é Jurerê, em Floripa. Mas se fizer sol nesse feriado essa areia não vai ficar tão vazia, não…)

79 comentários

Antes tarde do que nunca.

Pico dos Marins em Piquete – SP.

Ataque ao cume abortado por causa do mau tempo.

Pois eu já tive três viagens planeadas a partir de Portugal: Islândia, Barcelona e Galiza (Espanha). Acabei por ficar em casa porque tenho uma filha de um ano de quem não vou conseguir separar-me nos tempos mais próximos. Há uns tempos atrás, quando acabavam as férias da Páscoa, precisava sempre de férias das férias 🙂

Boas viagens

O Rio Grande do Sul mostrou, mais uma vez, o seu clima hostil. Comecei o feriadão com 33 graus na sexta-feira e terminei com 16 graus no domingo.

Por isso, vale reiterar a recomendação: quem vier ao RS, mesmo no verão ou épocas de calor, deve sempre trazer um agasalho, pois tudo pode acontecer.

Eu queria ter ido a Sampa, que cada vez gosto mais e estou descobrindo em doses homeopáticas,e que deve ficar uma maravilha no feriado!!!! mas Vibana qua sou estou de passagem marcada pro outro feriado (São Jorge + Tiradentes)rumo a BsAs.

Evitar tumulto é a dica que sempre procuro seguir.

Sou de Porto Alegre, então na época da faculdade, Páscoa era sinônimo obrigatório de juntar a turma e subir pra Garopaba, pra aproveitar o último final de semana de “calor” antes que o tempo esfriasse de vez.
Nos últimos anos, com a correria e cansaço do trabalho, minhas Páscoas tem se dividido entre visitar meu irmão e sobrinha que moram em Floripa ou ficar em casa aproveitando pra colocar a leitura em dia, ver DVDs atrasados ou preparando um belo almoço de domingo, como o que fiz hoje para esperar meus pais! 🙂

Normalmente eu não viajo na Páscoa, mas este ano, aproveitando que todo mundo por aqui com a inauguração da Ponte sobre o Vaza Barris está tomando o rumo Sul (Praia da caueira, Abaís e Saco) eu vou fazer o destino contrário e dar um pulinho em meu sítio no Litoral Norte, região de Lagoa Redonda em Pirambu.
Riq as balsas que estavam no Vaza Barris foram deslocadas para o Rio Real, assim que Aracaju-Salvador poderá ser feito mais facilmente via litoral. Em no máximo 2 anos a ponte sobre o Real também deverá estar pronta só faltando a ponte do Rio São Francisco, já em projeto (provavelmente Neópolis-Penedo ou um pouco mais próximo à foz), para integrar o litoral nordestino.

Oi, Riq

Não sabia como enviar-lhe uma mensagem, então usei este espaço. Você conhece um programa chamado Viaje Mais Melhor Idade? Pois é, pode-se desfrutar de uma hospedagem bem confortável, como por exemplo ao passar alguns dias em Itacaré, no Txai (fora de temporada/feriados, bien sûr!). Veja em http://novovb.vaibrasil.com.br/pacotesVMMI.vxlpub?CodRegiaoTuristica=5318&CodCidade=378&d=pesquisa&passageiros=2 outras aleternativas.

Bisous,
Nícia

Vou ficar em casa, a visão do engarrafamento sob garoa fina na Avenida Brasil sentido Ponte durante a noite de ontem não foi nem um pouco animadora, mas com o tempo lusco-fusco e sonolento típico de março/abril deve ser uma boa época para passar alguns dias na cidade de São Paulo.

Eu nunca viajo na Páscoa. Com todo o respeito às opiniões e opções as mais diversas, acho que viajar na Páscoa é para mim, “programa de índio”, como se diz na gíria do Rio. Quando todos vão, eu fico.

Não vou p/ canto nenhum, pois já tenho compromisso imperdível próximo fim de semana no Rio :;-); Normalmente, vou à Serra de Guaramiranga, curtir as temporadas de chuva na casa do meu sogro, o que significa boa comida, bons vinhos e não fazer absolutamente nada. Até estávamos com vontade de ir a uma praia por aqui, mas é arriscar muito, pois em março sempre pode chover bastante.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.