Compras em Nova York: Century 21 x Woodbury x Jersey Gardens

Century 21, Manhattan

ATUALIZAÇÃO: para informações mais completas e atualizadas, clique neste post, que é o mais recente sobre compras em Nova York:

Nova York: o mapa dos outlets e megastores (clique aqui)

Todos os outlets, lojas de departamentos, lojas Walmart, Target, Best Buy, BabiesRUs, K-Mart e Ross Dress for Less em Nova York e arredores, com instruções de como chegar e horários de funcionamento.

É preciso mesmo ir a um outlet para fazer boas compras em Nova York? Sem dúvida os outlets valem a pena. Mas é totalmente possível fazer boas compras sem sair de Manhattan.

Até porque, desde abril de 2011, voltou a vigorar uma isenção de sales tax para itens de vestuário e calçados com preço unitário de até US$ 55.

Em Nova York é possível combinar turismo e compras sempre no mesmo passeio. Quem não quer sacrificar um dia inteiro para ir ao outlet vai encontrar pechinchas na ilha mesmo. Muitos leitores (na verdade, muitas leitoras) indicam a Macy’s da Herald Square (W34th com Broadway) como um porto seguro e civilizado para superofertas (não deixe de pedir o carnê de cupom de descontos para visitantes).

Existe também uma loja de departamento especializada em descontos selvagens, a Century 21.

Veja uma comparação entre a Century 21 e os dois outlets mais próximos de Nova York: o Woodbury Premium e o Jersey Gardens.

Century 21

Com uma loja em Manhattan mesmo (bem em frente ao Ground Zero, onde eram as Torres Gêmeas), a Century 21 é a melhor opção para caçadores de pechinchas que não queiram sair da cidade para fazer suas compronas. Os dois slogans da loja, “O segredo mais bem-guardado de Nova York” e “Moda que vale brigar para levar” traduzem bem o que é o lugar: um megamocó entulhado de peças de grife a preços incríveis — mas que demanda paciência, obstinação e decisões rápidas da parte do cliente.

As marcas se misturam em todos os departamentos, e vez ou outra duas freguesas estarão prestes a sair no tapa por alguma peça — mas isso faz parte integral da experiência Century 21. Mesmo que você não pense em fazer compras, sugiro uma passadinha por aqui: este é mais um dos lugares que tornam Nova York tão diferente do resto dos Estados Unidos.

Os horários: de 2a. a 4a., das 7h45 às 21h; 5a. e 6a., das 7h45 às 21h30; sábado, das 10h às 21h; domingo, das 11h às 20h.

Como chegar: vá de metrô. Fica na 22 Courtland, entre Church e Broadway. Desça em Fulton St. (linhas 2, 3, 4, 5, A, C, J, M, Z), Rector St. (linhas 1 e 9) ou World Trade Center (linha E).

Site oficial: clique aqui.

Woodbury

Ao contrário do que muita gente pensa (eu, por exemplo, sempre pensei), não fica em New Jersey, mas no estado de Nova York mesmo, a pouco mais de uma hora de carro de Manhattan.

É um outlet bem ao estilo do que os turistas de compras já conhecem da Flórida: horizontal, a céu aberto, com uma grande coleção de lojas de grife (a lista completa está aqui).

Os horários: das 10h às 21h, diariamente. Em época de liquidação abre mais cedo, às 9h; fecha no dia de Ação de Graças (em 2010 cai dia 25 de novembro) e no dia de Natal (no dia 24 abre até às 18h). Para ver os horários detalhados clique aqui.

Como chegar: há um ônibus da Short Line que sai da estação rodoviária da rua 42 (Port Authority) e custa US$ 42 ida e volta. Há 7 horários para ir e 9 para voltar; veja todos aqui, rolando a página. A viagem dura de 1h10 a 1h50, dependendo do trânsito. Muita gente prefere alugar um carro por um dia, para poder transportar melhor as compras. Há quem alugue o carro ao desembarcar no aeroporto JFK, aproveitando para se livrar da obrigação de compras já no primeiro dia (veja detalhes aqui).

Site oficial: clique aqui.

Jersey Gardens

É um shopping coberto, não tão grande quanto o Woodbury. Mas tem lá suas lojas de grife, também (veja a lista aqui).

Tem duas vantagens incontestes: 1) está um pouco mais perto de Nova York (tipo meia hora); 2) New Jersey não cobra sales tax nem em roupas, nem em calçados, não importa o valor do item.

Para artigos que não sejam de vestuário, a taxa também é reduzida: apenas 3,5%.

Os horários: de 2a. a sábado, das 10h às 21h; domingo, das 11h às 19h. Mas não deixe de conferir os horários da semana aqui.

Como chegar: a linha 111 da NJ Transit sai da rodoviária da rua 42 (Port Authority) e chega em meia hora ao outlet; custa US$ 5,50 cada perna. Há também um shuttle desde o aeroporto de Newark, saindo a cada meia hora da estação do Air Train (US$ 9 ida e volta; veja como chegar a Newark aqui). Muitos preferem alugar um carro por um dia para melhor transportar as compras. Como o outlet está muito próximo do aeroporto de Newark, quem viajar de Continental ou TAP pode aproveitar o dia da chegada ou da saída para sua sessão de compras.

Site oficial: clique aqui.

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email
Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

564 comentários

Já tive a oportunidade de ir ao Jersey Shore, que é tb da rede Premium Outlets, a mesma do Woodbury. Achei ótimo e, apesar de ser bem menor que o Woodbury, tem as lojas preferidas dos brasileiros, com a vantagem de isenção da sales tax. Mas tb é bem longe de Manhattan e só vale a pena pra quem está de carro.

Em 2007 estivemos no Woodbury. Tinhamos programado ir no dia 2 da viagem, mas chegando cedinho tivemos que esperar o check in time do hotel, então deixamos as malas na recepção e pegamos o onibus na Port Authority, que era a 2 quarteiroes de nosso hotel.
Achei muito bom, tenho boas peças ate hoje. Aliás, uso neste momento uma blusa/camisa que comprei por 17,00 dólares, deu preguiça de olhar a etiqueta pra falar a marca, mas nao é muito conhecida aqui no Brasil (nao costumo muito ligar pra marca tb…). Mas o ponto é, desde 2007, já usei muito e lavo sempre na máquina e está nova! Ótima qualidade por um baixo preço, não é mesmo? O made in China de lá é bem diferente do nosso! É isso, pra mim valeu a pena gastar umas horas por lá! Gastamos meio dia!

Eu também vou direto pra Macys, nunca nem me interessei por esses outros endereços, porque pra mim, comprar uma camisa da Tommy Hilfiger, por exemplo, por 30 dolares, enquanto na loja do Shopping Morumbi a mesma camisa custa 300 reais, pra mim já é um ótimo negócio 🙂

Megamocó é a melhor definição para a Century 21.
Woodbury é programa de índio total. Megamykonos!

    Hahahaha. Adorei. Gosto da Century mas acho que Woodbury é pra índio mesmo.

Alguém poderia me falar o jeito mais barato e seguro de ir direto do JFK para o Jersey Gardens?

    Renato, Jersey Gardens fica próximo do Aeroporto de Newark, bem longe do JFK.

    Se vc vai comprar mta coisa, o melhor é alugar um carro e ir direto do aeroporto para o outlet.

Acho que se for sua primeira ida a NY, vá ao Woodburry ou outro Outlet fora da cidade, crie sua opinião.
Eu não perderia mais um dia para ir aos OUTLET de NYC.
Dentro de Manhattan, passeando, tomando um café, circulando resumindo, faz boas compras, e tem um dia maravilhoso.
Porém tem pessoas que viajam somente para as compras e mostrar as compras na volta, realmente necessitam ir aos OUTLETS.

Embora eu também não seja a pessoa mais indicada para falar de compras, continuo afirmando que apesar da eliminaçao do sales tax sobre artigos de vestuário não vale a pena “schleppar” ( termo típicamente novaiorquino, oriundo dos judeus, e que significa carregar+ir) até os outlets. A não ser, claro que você vá comprar roupas para a família inteira, e para o ano inteiro. Perder um dia inteiro dos poucos que alguém vai passar em NY não me convence.

Além do quê, gosto da idéia de achar alguma coisa enquanto ando pela cidade.

Uma loja que você esqueceu de mencionar, e que está dentre as minhas favoritas, é a Macy’s. Fica na West 34th Street, entre 6th e 7th Avenue. Tem absolutamente de tudo, e sempre com promoções. E se você for, ao chegar, no Service Desk, você ganha um cartão que lhe dará desconto de 11% sobre tudo o que você comprar naquele dia. ( Aliás, este desconto tem também na Blomingdale’s, viu?!).

    Bem lembrado!! é verdade!!! esses dias ganhamos este desconto na Macy’s em Philly 😀

    Marcie,
    não sabia desse desconto de 11%. É se você for turista? Tem que apresentar algum documento?

    Não precisamos mostrar nada!! So perguntaram de onde a gente era!! Com a maquina fotografica à tira colo estava na cara que éramos turistas

    A Macy’s foi minha favorita disparado. Ainda mais pq eu me hospedei no Pennsylvania (que não foi nem de longe ruim como as pessoas pintaram) e a Macy’s é ali do lado…

Eu não conheço nenhum destes dois outlets na região de NY!!

Mas tenho que dizer uma coisa adoro viver em Delaware :)!! Um estado Tax Free!! Aqui não se paga Sales Tax para nada.. De comida até roupas e acessórios!! Por isso que os Outlets daqui ficam abarrotados de gente de Maryland, Virginia e até mesmo Pennsylvania e New Jersey!!

Na Pennsylvania também não existe sales tax para roupas

    Ahh antes que esqueça!! O Sales Tax Free também se extende aos eletrônicos!! Então quem estiver afim de comprar um computador camera fotografica, lentes para SLR’s etc.. Pode ser interessante uma passadinha por Delaware no caminho para Washington por exemplo.. Isso sem falar que apesar de ser o segundo menor estado dos EUA tem vários locais legais de se conhecer. 😀

Só para completar, achei que meu comentario ficou meio “malhumoradinho” e não era o caso. É que AMO NY e acho que tem um milhão de coisas legais para fazer e que nunca da tempo de fazer tudo que tem pra fazer la. (Ir a um outlet não está nas minha lsita de 1000 coisas mais legais para fazer em NY).

beijo

Pati

    Patricia, sabe que eu não estou mais achando as roupas em NY caras? Acabei de voltar do Brasil, e fiquei pasma com os preços – e a falta de qualidade! – das coisas por lá. Aqui, pelo menos, você consegue achar coisas baratas e com qualidade, que duram.

    Marcie, é exatamente isso. Não é preciso sair de Manhattan para comprar melhor e mais barato que no Brasil, inclusive eletrônicos e apetrechos de cozinha. Aliás, qualquer coisa, com ou sem taxa.

    Concordo. De forma geral, acho que as roupas são mais baratas e de melhor qualidade ai, do que aqui no Brasil. E até já fui em outlet em Orlando (fiz compras otimas para meus filhos) mas em NY tenho sempre a sensação de que queria ficar mais tempo, ver mais museus, caminahr mais, ver mais vitrines, tomar mais cafés por isto não cabe no meu programa uma tarde em outlets.

Talvez eu seja a 4ª pessoa menos indicada para falar mas… com tanta coisa para fazer, que preguiça ir a um outlet!!! Preguiça só se pensar! Anyway, não tenho nada contra quem vai e gosta, desde que eu não precise ir.

Em relação a noticia das taxas, que pena. Já não é barato pra gente. Vai ficar menos.

bj

    Apesar de também não se a pessoa ideal para falar sobre compras, cheguei domingo de New York e posso dizer que achei fantastica a Century 21. Acho que se você não tem uma familia imensa e nem vai comprar pra revender é bobagem perder um dia indo a outlets fora de Manhattan, ate porque se você não for de carro o problema maior é carregar as compras. Na century 21 dá para ir varias vezes, inclusive para trocar alguma peça que não serviu, que foi meu caso, e a troca é super fácil, ninguem te pergunta nada e faz o desconto direto no caixa. Outra loja que achei interessante, se você não está interessado em grifes é a jcpenney que fica no Manhanttan Mall.

    Abraços

    Walter

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.