Compras em Santiago do Chile: o que vale a pena?

Parque Arauco, Santiago

Alô comprólatras: o que vocês me dizem da cena consumista em Santiago?

O que eu sei é de orelhada.

Sei que os dois grandes shoppings lá do finzão de Las Condes, o Parque Arauco e o Alto Las Condes, têm serviços de Atención al Turista que dão cupons de desconto para os visitantes e ainda levam e buscam dos hotéis em vans.

(Ao fim do passeio que fiz a Farellones e Valle Nevado, muitos colegas de tour preferiram ficar no Parque Arauco para fazer umas compritchas e voltar na van do shopping.)


A propósito — o boulevard de restaurantes do Parque Arauco é ótimo, todo ao ar livre, uma coisa meio Orlando.

Sei também que há um shopping inteiramente dedicado a artigos esportivos, o MallSport (que tem também piscina de ondas para surf, muro de escalada e tirolesa, tudo indoor, na área de recreação). Fica na saída para a montanha.

Sei que as lojas chiques ficam todas na avenida Alonso de Córdova, nas proximidades da Nueva Costanera, em Vitacura.

E que um bom lugar para comprar artesanato (a maioria peruano e boliviano…) é a Feria de Los Dominicos, perto da estação do mesmo nome (última estação da linha principal do metrô).

E sei também da existência de dois outlets, o Buena Ventura e o Easton Center, em Quilicura (na Ruta 5) e o Outlet Premium Las Condes, na av. Las Condes, 14.151.

E o que eu não sei? Você sabe? Então conte! Obrigado!


351 comentários

Alguém sabe algo sobre eletrônicos? Sendo mais específico: é mais barato comprar um Ipad em Santiago (ou Buenos Aires) do que no Rio? Obrigado

    Note que o iPad não está coberto pela isenção de imposto de importação. O aparelho precisa ser declarado.

    Em Santiago vc vai pagar de USD 800 a USD 1.100 em lojas como a Paris ou Ripley. Nos EUA, o preço fica entre uns USD 600 e USD 850. É mais caro que nos states, porém mais barato que no Brasil. Na Argentina é mais caro.

Oi.. sou português e estou indo para o chile no proximo dia 20 de janeiro. Queria comprar uma maquina fotográfica Canon 550d sabe dizer alguns valores?

obrigado

    Olá! Como nossa vocação é viajar, podemos até ajudar indicando lugares onde é bacana passear e fazer compras, mas valores… aí já não sabemos!

Boa noite, pessoal!

Sou corredor de rua, aqui no Rio De Janeiro. Em Abril de 2011, vou correr a meia marationa de Santiago Do Chile. Provávelmente, ficarei hospedado em Albergue. Alguém poderia me indicar algum no centro da cidade ou próximo, com bom preço. Outra coisa, pretendo comprar tenis running, de preferência da adidas, etc…Poderíam indicar alguma loja ou shopping, onde eu possa encontar. Tbm, algum ponto turistico q não pode faltar no roteiro local.

Abraço a todos….

Att.
Jorge

    Jorge,
    Antes de mais nada, bons treinos para a maratona.

    Acabei de voltar de Santiago e, como corredora, também procurei artigos esportivos. Achei alguns Asics Kayanos por 400 reais (aqui, um modelo novo está por quase 600). No Mall Sport você com certeza achará alguma coisa, mas não vá esperando grande variedade. Lá também tinha o Vibram, aquele “tênis” para correr descalço. Foi a primeira vez que o vi em exposição. Um pouco antes de chegar no Mall Sports pela Av. Los Condes há, do lado direito, uma superloja da Adidas. Além disso, alguém já referiu nos comentários o endereço de um outlet. Mas, se vc vai correr a Maratona, que é patrocinada pela Adidas, certamente vai encontrar os tênis na feira da maratona.

    Sobre o Mall Sport: vale a pena pelo passeio, pois é um shopping sossegado e tem várias opções de entretenimento (a melhor é a onda de surfe artificial). Vale muito à pena comprar equipamentos de bicicleta lá (tudo, da sapatilha até a bike é mais barato), mas não vá esperando grandes promoções e descontos parecidos com os EUA. Quanto aos acessórios e vestuários para corrida, em especial, tem alguma coisa, mas não em tanta variedade e com preços tão atraentes. Além disso, um chileno nos falou que as mulheres de lá não gostam de praticar tanto esporte. Assim, faltam opções para meninas.

Fiz baste compras por lá… no meu blog tem uma lista de outlets em vários lugares do mundo.

Em Santiago eu recomendo… comprei tênis que eram lançamentos por R$150,00. Nike Factory Store (Irarrázaval 2451 quase esquina. Pedro de Valdivia no bairro de Ñuñoa) e quase na Pedro de Valdivia, na mesma esquina fica a loja da Adidas. Fomos de metro, mas voltamos de ônibus o que compensou mais. Passamos por um outlet da Ripley, mas não valeu a pena, nada de interessante.
Fomos também a um que prometia GAP e Banana Republic, só encontramos peças antigas que pareciam até usadas.

Todos os endereços encontrei em um blog de Santiago, confira: http://www.outletchile-claudiablanco.com/

Concordo com a Aline. Estive semana passada em Santiago e Buenos Aires e ainda bem que comprei umas roupas em Santiago, porque Buenos Aires foi uma decepção. Lá vc encontra as lojas de marca que tem no Brasil com a diferença dos preços que mais baixos. Mas em Santiago, especialmente na Falabella, encontrei coisas diferentes (roupas casuais, esportivas), com preços mto bons! Para comprar bolsas, indico a XL, na galeria pacifico em buenos aires. No mais, amei Santiago e não voltaria a buenos aires….

Eu achei Santiago BEM melhor p comprar roupas do que Buenos Aires. Consegui uma calça da Ellus por 100 reais(!!!!!) no shopping Arauco!

Acrescentaria (não li nos posts acima) uma loja chamada El Mundo del Vino, além de vinhos vc pode encontrar acessorios e fica ao lado da Coquinaria (que ja falaram). Na coquinaria dá para comprar coisas lindas de cozinha, comprar queijos/petiscos, la dentro tem uma loja da chocolateria La fete e também pode comer algo por la (endereço: Isidora Goyenechea 3000). Outra loja para comprar vinhos, que um morador de Santiago me levou, chama-se Wain ( http://www.wain.cl/ ), você pode aproveitar e comer no La Mar (delicioso!!) que fica do outro lado da rua. Com relação as lojas de departamento, como tenho um bebê pequeno, acrescentaria os preços dos brinquedos por la são bem mais baratos do que no Brasil (mas não chegam perto dos valores nos EUA) – na Falabela meu filho ficou feliz com os achados!

Espero ter compartilhado boas sugestões!

Patio Bella Vista é o melhor lugar para artesanato. E tem a vantagem de ter no mesmo ambiente diversos restaurantes e bares para uma “espera” mais tranquila, especialmente se o maior interessado na compra dos artesanatos não for você

Não sou de comprar muito em viagem, mas em Santiago acabei aproveitando as grandes lojas de departamento, que facilitam muito a vida de quem não tem tempo pra ir de loja em loja.

Todas as dicas relacionadas a roupas e maquiagem, peguei em blogs de moda. No da Camila Coutinho, tem estes posts:
http://www.garotasestupidas.com/index.php/moda/guia-de-compras-santiago-chile/
http://www.garotasestupidas.com/index.php/beauty/comprinhas-de-make-no-chile/
http://www.garotasestupidas.com/index.php/beauty/comprando-make-no-chile/

No da Constanza, que é chilena, o principal post é este http://www.futilish.com/2010/01/dica-de-viagem-chile/, mas vale procurar na categoria de viagem que tem vários outros sobre compras em Santiago e estão reunidos aqui: http://www.futilish.com/category/diario-de-viagem/ (tem que ir procurando os posts sobre Santiago)

A Mari já falou que Santiago não é uma cidade barata, mas eu me dei muito melhor lá do que quando tentei fazer compras (roupas, pelo menos) em Buenos Aires. Os preços podem até não ser TÃO mais baixos do que no Brasil, mas a grande variedade de produtos e a qualidade deixaram a relação custo x benefício mais interessante em Santiago.

Acabei de voltar do Chile (cheguei ontem, sábado, 20/11). Fora os tantos vinhos, não fomos para fazer compras, mas sempre rola umas aquisições imperdíveis.

Uma passadinha na Casa & Idéias é imprescindível (amo a papelaria deles!).

A mesmíssima coisa para a Marimekko ( http://www.marimekko.com/shops/shop-locator?country=cl&city=SANTIAGO&tid=All ), a famosíssima empresa finlandesa fundada em 1951, cujas estampas inovadoras fazem com que sejam líderes em design têxtil, utilizados em roupas, acessórios e tecidos para decoração de interiores (banheiro, escritório, quarto) e de quebra. Na concept store de Santiago ainda oferece artigos de papelaria de enlouquecer!

Pra mim as citadíssimas Ripley, Fallabela e Paris só fazem sentido na liquidação de inverno (momento em que se compra casacos maravilhosos por R$ 40).

Artigos de artesanato, fico com a Tienda Artesanias de Chile, dentro do Centro Cultural Palacio La Moneda ( http://www.ccplm.cl/index.php?view=article&id=79&option=com_content&Itemid=23 ) onde não se corre o risco de comprar gato por lebre (as coisas são chilenas meeesmo!). Aliás, pegando carona nos Centro Culturais, não posso deixar de citar as lojinhas das casa de Neruda que, para mim, são sempre muito atrativas).

Apetrechos para cozinhas? Mercado Público e, sem dúvida, a Coquinaria (http://www.coquinaria.cl/ ). Uma tentação demoníaca para quem gosta de cozinhar.

Vinhos? Pra quem mora no Rio Grande do Sul, como eu, fica complicado indicar a loja da Concha y Toro porque, parece mentira, mas compramos em Jaguarão / Rio Branco mais barato que no local os vinhos desta vinícola. O que fazemos é aproveitar os diferentes vinhos, mais difíceis de achar no Brasil em mercados mesmo (Santa Isabel e Líder). Já compramos nas lojas do Mercado Público, mas confesso que a única vantagem que encontramos por lá é a forma como acondicionam para viagem. Aliás, falando nisso, não posso deixar de comentar: que despreparo nos nossos aeroportos para lidar com os “frágeis”! Chegamos, ontem, com embalagens “superprofi” (incluindo plásticos bolha, papelão, fita adesiva com “fragile” escrito – coisas que previdentemente levamos para este fim). No vôo Tam operado pela Lan de Santiago a São Paulo tudo perfeito. Nem um amassadinho na embalagem… No vôo Tam de SP a POA as embalagens pingavam vinhos carmenére, cabernet, shiraz por todos os lados. Tomamos um super prejuízo e não dá pra não sentir um raiva do descaso… Por isso, não é de se desprezar a ideia de comprá-los no freeshop. Há bons preços e saem acomodados em embalagens para levarmos na mão. Não há tanta variedade, mas…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.