Cruce de Lagos: deu certo :-)

O Osorno, visto de Puerto Varas

Pessoal, este trailerzinho é só pra dizer que valeram as boas vibrações. Alguém aí tem parte com o cacique Cobra Cobral? Contrariando as previsões, o meu Cruce de Lagos transcorreu sob tempo de parcialmente nublado (do lado argentno) a escandalosamente ensolarado (do lado chileno).

Só não deu pra ver o Osorno assim durante a travessia porque, conforme descobri, num dia ensolarado o Osorno fica completamente na contraluz à tarde. Esta fotinho do habitante mais famoso da região dos lagos do Chile foi tirada da beira-lago de Puerto Varas, às 19h, depois de fazer o Cruce.

Desculpem não ter conseguido postar nada ontem — eu simplesmente colapsei, como poderiam dizer os anglos, sem itálico. Espero mais tarde conseguir editar as fotos e subir o post para essa história não se alongar demais…

Obrigado pela companhia e até já 😎

17 comentários

O mais interessante é perceber como o clima muda de repente no momento em que você atravessa a fronteira entre Argentina e Chile.

Quando eu fui, na Argentina estava tudo seco, e no Chile só chovia.
No seu caso, foi o contrário.

Os Andes realmente são um baita divisor de climas.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.