Das neves (minha crônica no Divirta-se do Estadão)

Tubing em Farellones, Santiago

Olha, por mais patriota que a pessoa seja, tem uma hora que a verdade aparece. O fato é que não, Deus não é brasileiro coisa nenhuma.

A prova a gente está vendo agora. Qual é o maior desejo do brasileiro? Aquilo que o brasileiro mais sonha ver na vida? Outros povos podem sonhar com a Torre Eiffel, o Taj Mahal ou o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. O brasileiro, não. O brasileiro é mais simples. Tudo o que o brasileiro quer na vida é poder ver neve.

É pedir muito, Deus? Só um pouquinho de neve. Pra ver como é. Dar uma pisadinha, entende? Uma hora brincando na neve, e o brasileiro já pode morrer feliz. (É uma figura de linguagem, viu, Deus? Não leve ao pé da letra, pelo amor do senhor mesmo.)


Se Deus fosse realmente brasileiro, tinha arranjado um jeito de pôr neve no Brasil. Mas não. Quando neva em São Joaquim ou em Gramado, entre você ver a notícia no Jornal Nacional e pegar o avião, a neve já derreteu. Neve no Brasil não é neve: é um desaforo.

Daí teoricamente Deus pôs neve nos países vizinhos. Digo teoricamente porque não é bem assim. Neve tem época! Em janeiro todos os brasileirinhos estão de férias, e quem diz que Deus faz nevar na Argentina? É tudo muito malfeito.

E então quando chega naquele espacinho de tempo em que Deus permite que a neve coincida com as férias, o que acontece? Gripe suína. Terremoto. Cinzas de vulcão. Aeroportos fechados. Pânico. Deus que me perdoe, mas isso já é perseguição. Daqui a pouco o real desvaloriza de novo (toc, toc, toc) e aí sim, bye bye neve para sempre.

Mas nós da Viagens Brancas Ltda. não nos deixamos abater. O brasileiro tem, sim, direito à felicidade, e se a felicidade do brasileiro depende de ver neve, nós faremos de tudo para que seu sonho se realize. Estamos lançando o pacote All-Snowed.

Todos os sábados um Boeing fretado está à nossa disposição em Cumbica para levar nossos clientes a algum lugar do planeta onde haja neve. Se não houver neve em lugar nenhum, levamos você direto a Dubai, onde uma pista de esqui coberta está aberta 365 dias por ano.

Ligue já. Não se sabe até quando (toc, toc, toc) Deus vai deixar que esse real forte no seu bolso.

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


12 comentários

Depois de anos assistindo neve durante o natal na sessão da tarde realmente seria justo um momentinho desses na vida real…. euheuh… legal o texto… muitos brasileiros vão se identificar!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.