Dúvida: Aruba ou Curaçao?

Da minha página Turista Profissional, publicada toda terça no caderno Viagem & Aventura do Estadão.

Divi-divi na praia Arashi, em Aruba
Divi-divi na praia Arashi, em Aruba
Praia particular de Cas Abou, Curaçao
Praia particular de Cas Abou, Curaçao

O Caribe próximo à América do Sul não tem contra-indicações: os furacões passam longe e não é necessário visto americano. Aproveite: alguns dos pacotes mais interessantes do momento são para Aruba e Curaçao, oferecidos a partir de US$ 1.500 pelas operadoras. Há os pacotes que usam vôos regulares (com conexão em Bogotá, pela Avianca, ou na Cidade do Panamá, pela Copa) e os que usam vôos fretados (com escala em Caracas, pela Varig, ou partindo de Brasília, pela Gol). Apenas evite ir em outubro e novembro, que é a época das chuvas. Está dúvida sobre qual das duas ilhas escolher? Eu ajudo.

Palm Beach, Aruba (à altura do Marriott)
Palm Beach, Aruba (à altura do Marriott)

PRAIA DO HOTEL
Quase todos os hotéis de Aruba vendidos nos pacotes para brasileiros estão na ótima Palm Beach, extensa, de areia branquinha e mar transparente. Já em Curaçao os hotéis costumam ter praias “fabricadas” com areia branca trazida de longe e recifes artificiais. Vencedor: Aruba.

Praia Grote Knip, Curaçao
Praia Grote Knip, Curaçao

OUTRAS PRAIAS
Em Aruba você pode alugar um carro por um ou dois dias para visitar prainhas menores, menos frequentadas e sem hotéis à vista, como Arashi e Baby Beach. Em Curaçao é melhor alugar um carro por toda a estada, para aproveitar as belíssimas praias selvagens (como Cas Abou e Port-Marie, particulares, e Grote Knip, pública) ou bater ponto na praia da muvuca, a Seaquarium Beach (que é “fabricada”, mas tem bares charmosos, como o Mambo Beach). Vencedor: Curaçao.

Curaçao: na sinagoga
Curaçao: na sinagoga

HISTÓRIA
Willemstad, em Curaçao, tem arquitetura colonial holandesa legítima, um mercado público imperdível (almoce um PF javanês por lá), um bairro tombado como patrimônio cultural pela Unesco e uma sinagoga antiquíssima com chão de areia (para relembrar os anos em que os judeus erraram no deserto). Já Aruba só tem cenário. Vencedor: Curaçao.

VIDA NOTURNA
Ambas tem cassinos – mas em Aruba praticamente todo hotel tem o seu. Além disso, não é preciso sair de Palm Beach para ir a bares, restaurantes e discos; já em Curaçao você vai precisar ir a Willemstad. Vencedor: Aruba.

Baby Beach, Aruba
Baby Beach, Aruba

CRIANÇAS
As praias são perfeitas para os baixinhos nas duas ilhas; ótima oportunidade para aprender a mergulhar de snorkel. Em Aruba dá para fazer passeio de submarino, safári para ver iguanas e uma visita a uma cidade em miniatura. Em contrapartida, no Sea Aquarium de Curaçao dá para entrar num tanque para tocar nos animais marinhos, e na Dolphin Academy os pequenos podem nadar com os golfinhos. Empate.

DUAS EM UMA
Já que está dando empate, por que não escolher um dos pacotes que combinam as duas ilhas? O vôo dura apenas 30 minutos, e você pode saracotear em Curaçao e depois sossegar no hotel em Aruba.

QUE HOTÉIS ESCOLHER
Em Aruba, evite o Renaissance, que está no centro da cidade (e cuja praia, “fabricada”,  fica numa ilhota em frente). Em Palm Beach, o Holiday Inn Sunspree não está à altura dos seus vizinhos; melhor cacifar o Marriott, o Hyatt, o Westin, o Radisson ou o Occidental (all-inclusive).Para economizar, o Mill Resort, com apartamentos com minicozinha, é OK (mas saiba que fica na quadra de trás da praia).

Breezes, Curaçao
Breezes, Curaçao

Em Curaçao, fique com os grandes nomes – Hilton e Marriott têm boas instalações, e o Breezes (all-inclusive) fica no canto direito da Seaquarium Beach.


1077 comentários

Nós ficaremos no Marriot Resort, então acho que será tranquilo.
Vou avisar aos meus sogros que poderão levar os travelers. Melhor, vou enviar o link daqui, eles vão gostar de ler todas as suas dicas.

Acho que essa viagem será bem relaxante. E com as suas informações e os relatos do pessoal aqui aproveitarei muito mais. Agora é torcer para que não chova muito e para que eu vença o medo das iguanas. rsss
Já soube que elas andam por todo lado na área externa do hotel, inclusive na piscina. Deus me ajude! rss

Grande abraço e obrigada pela atenção.

Também fiquei mais tranquila sabendo que lá aceitam facilmente cartões de crédito. Estava pensando no dinheiro necessário para os passeios e combustível, pois achava que não aceitavam cartões. Os meus sogros, que resolveram ir conosco, têm mais de mil dólares em travelers e gostariam de usar por lá, vou me informar melhor a respeito.

Que bom saber que dá para ir andando do Marriot até os bares e restaurantes da orla. Li alguns relatos dizendo que para sair do hotel é preciso andar um pouco. Meu marido já estava querendo alugar carro por toda a semana para não ficar preso ao hotel à noite.

Suas informações estão sendo preciosas, Ricardo.
“Brigadão”, mesmo.

    Há três Mariotts, Ana. O Marriott Resort fica na parte central da praia. O Mariott Ocean Club e o Marriot Surf Club ficam mais afastados.

    Dei uma pesquisada e vi que muitos estabelecimentos aceitam travelers diretamente, como acontece nos Estados Unidos. (Faz sentido; Aruba é muito voltada ao turista americano).

Obrigada pelas informações, Ricardo. Para quem está indo pra lá pela primeira vez, ajuda muito.
Mencionei 1000 dólares para ter como base, mas posso levar mais e também levarei os cartões de crédito. É que a gente fica desconfortável em andar com muito dinheiro na mão quando não conhece o lugar.
Em Aruba encontra-se banco/caixa eletrônico fácil pra retirar dólar ou trocar travell check se precisar?
Outra coisa: é verdade que o comércio fecha às 18h?

Mais uma vez, obrigada pela colaboração.
Abraço!

    Ufa! Que bom que eu entendi errado 🙂

    Nesse caso, mil dólares em dinheiro vivo é até demais! Em todos os lugares, inclusive nas operadoras de passeios, vão aceitar cartão de crédito. Há fartura de caixas eletrônicos, provavelmente dentro do seu hotel vai haver um. Se o seu cartão de banco efetua saques no exterior da conta corrente (informe-se com o seu gerente; muito provavelmente, sim), você pode fazer saques diretamente em dólar.

    Não sei sobre a aceitação dos travelers, mas a alternativa moderna para eles é o Visa Travel Money, um cartão de débito internacional que funciona para compras e saques e que você carrega em dólar (e pode recarregar à distância, por internet banking).

    Leia mais aqui:
    https://www.viajenaviagem.com/2009/05/pros-x-contras-dolar-euro-peso-real-travelers-cartao-de-credito-saque-internacional-ou-visa-travel-money/

    Quanto ao comércio (lojas de roupas, eletrônicos, perfumes), ele está todo localizado no centro de Oranjestad, nas proximidades do porto. As lojas fecham cedo porque são voltadas basicamente para os turistas que vêm em cruzeiros e passam apenas o dia na ilha. À noite o centrinho meio que morre, e é por isso que eu não recomendo ficar no Renaissance, que é o único hotelão que fica nessa região.

    Palm Beach, onde está o seu hotel, não tem lojonas, mas tem shoppingzinhos com lojinhas e restaurantes e cafés. Há também um ou outro bar/restaurante no calçadãozinho à beira-mar (e também dá para usar bares e restaurantes dos outros hotéis).

    Dá para ir ao centrinho de ônibus ou táxi, também.

Estou adorando as dicas do pessoal aqui.
Vou para para Aruba dia 21 de novembro. Gostaria de ter uma idéia de quantos dólares devo levar para 7 dias. Irei com meu marido e meu filho de 11 anos, pela GOL, voo direto de Brasília. 1000 dólares é pouco, muito ou razoável? Ficarei no Marriot, diária com café da manhã. Pretendemos alugar um carro por, no máximo, 2 dias.
Obrigada.

    140 dólares por dia para três pessoas não é muito não, Ana. Mas não sei exatamente como andam os preços em Aruba (fui em 2007, quando o dólar era mais forte). O problema em Aruba é que não há muito lugar para onde correr — as áreas onde ficam os turistas são exclusivamente turísticas. Você deve achar carro por 35/40 dólares por dia. Tenha cuidado com os extras do hotel e tente resolver a vida nos shoppingzinhos da rua de trás do hotel. Mas leve cartão de crédito para o caso de não conseguir se manter no orçamento.

    Com orçamento apertado, teria sido melhor ficar em hotéis com quartos equipados com cozinha, como o Mills Resort, e fazer compras no supermercado.

Ricardo…. mais barato eu digo em ralação a moeda Venezuelano. Bolivar…. troca os dolares la… que deve estar 6 por um… 6 bolivares por um dolar… ai simmm sai muito mais barato…. Tambem tive outra informação que se comprar os pacotes depois do dia 05/01/2010… ficam bem mais baratos. abraço.

RICARDO…. Em janeiro estive na isla margarita.. olha achei a coisa mais linda… fiquei 08 dias la.. fiquei no hotel Hesperia… Ricardo… sabe me dizer se Aruba é mais bonito que Isla Margarita?.. digo isso porque nao conheci a isla inteira.. foram poucos dias… Meu cunhado mora em Caracas.. vou ficar na casa dele e fazer um pacote de caracas para Aruba.. olha;;; sai pelo menos 60% mais barato… abraço.

RICARDO….. MAIS UMA DUVIDA… EM ARUBA DEVO FICAR NO HOTEL RIU PALACE, OQUE VC SABE DESSE HOTEL..
OBRIGADO..

    É uma cadeia espanhola importante, Fernando. Nunca me hospedei. Os hotéis tendem a ter um ar clássico fake. A localização em Palm Beach é boa.

RICARDO… DEVO IR PARA ARUBA EM JANEIRO, VC PODERIA ME INFORMAR QUANTO TEMPO DE VOO DE ARUBA ATE CURACAO E SE TEM A OPÇÃO DE IR DE BARCO. OBRIGADO

Oi gente!
Vou viajar no ano novo com a família, a ideia é passar 3 noites em Curaçao e 4 em Aruba. Amei as dicas do blog, já anotei várias idéias de passeios e restaurantes!!

Estava com dúvidas dos hotéis tb… mas decidimos por pegar um hoteis mais simples em Curaçao e alugar um carro para visitar as praias, enquanto que em Aruba tentaremos pegar um All Inclusive que não seja “top” (parece que o Hollyday Inn trabalha com esse sistema, não sei o Marriot, você saberia informar ou teria outra sugestão??)

Estamos com milhas da TAM, que só vai até Caracas, então pegaremos um vôo de lá para Curaçao, depois Curaçao/Aruba e no final Aruba/Caracas. O vôo Curaçao/Aruba já encontrei fácil pela Inselair e Tiara, mas os outros (Caracas/Curaçao e Aruba/Caracas) estão mais carinhos… você teria outras opções de companhias?? Na DAE não há disponibilidade nas datas procuradas…

Bom, sou de Pernambuco e sei que vai ser difícil algum lugar barrar a beleza de Porto de Galinhas e Fernando de Noronha, mas pelos relatos tenho certeza de que não vou me arrepender!!!

    É um problemão comprar esse trecho avulso em Caracas, pela bagunça cambial, estrutural e chavezal da Venezuela. Melhor ir por Bogotá, com Avianca.

    Veja também os preços da Gol saindo de Brasília, estão bem competitivos.

Como descubro as taxas que deverei pagar na volta de Aruba e de Curaçao?

    Curaçao: 22 dólares internacional (incluindo Aruba), 10 dólares “doméstico” (outras ilhas das Antilhas Holandesas: Bonaire, St Maarten, Saba).

    Aruba: 33,50 dólares (para os Estados Unidos, 36 dólares). Acredito que esteja incluída na passagem no trajeto Brasil-Aruba-Brasil.

    Ricardo, não está incluída nenhum taxa. Todas são pagas na volta, assim como em Buenos Aires, Lima… Fechei com o Marriott, tanto em Aruba quanto em Curaçao. Estarei bem localizada? Obrigada pela resposta!

    Em Aruba, os três Marriotts estão no canto direito de Palm Beach, a cinco/dez minutos de caminhada da região dos restaurantinhos elojas.

    Em Curaçao, o Marriott está a dez minutinhos de carro do centro.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.