Enquete da semana: cursos no exterior

A enquete da vez é uma ótima sugestão do Ernesto, que está em San Francisco fazendo um curso de inglês. (A propósito: você já leu o relato dele sobre San Francisco? Então leia!)

Você já fez algum curso de idiomas no exterior? Então conte tudo pra gente: onde foi, como foi, o que você achou e que macetes você aprendeu que poderiam ser úteis a quem está pesquisando o assunto.

Nada como estudar em grupo….

117 comentários

Para estudar italiano em Roma: Torre di Babele ( http://www.torredibabele.com ). Fiz o curso todo deles, é muito bom!! Aprendi muito, seja nas aulas, seja nos passeios culturais que eles promovem!! O legal é que a escola oferece moradia por conta de um convênio que faz com moradores locais, que alugam quartos a preços acessíveis!!

Para estudar inglês em Brighton (Inglaterra): EF school
http://www.ef.edu.pt/master/ils/destinations/uk/main.asp?code=BRI

Abraço!
mcb

Eu fiquei 4 anos no Chile, estudando jornalismo. Recomendo muito o país para quem quiser aprender qualquer coisa. Eles levam muuuito a sério o estudo (as vezes até demais) e o grau de exigência dos professores e a competitividade entre os alunos é enorme. Santiago é uma cidade muito segura e alguns bairros respiram universitários e estudantes, como é o caso do Bairro República. O sistema lembra muito o americano, porque os estudantes passam o dia na faculdade, então há refeitórios, lugares de descanso, armários, etc. Muita gente de fora, é muito fácil conseguir lugar em república ou residenciais.

Nem preciso dizer que ralei muito e passei noites em claro estudando. Em compensação meu espanhol ficou perfeito, oralidade e escrita, inclusive melhor que o português. Aprendi a estudar de verdade e a ser pontual (eles não admitem atrasos de horário e nem data), não tem “jeitinho”. São inflexíveis mesmo. Mas isso é bom, porque aumentou minha produtividade e eficiência.

Estudei aqui: http://www.udp.cl

Eu fiz intercâmbio e estágio fora, acho que não conta… Mas sempre quis fazer um dauqeles cursos de idiomas que unem duas coisas, tipo: italiano + culinária, italiano + fotografia. 🙂 Já pesquisei muito a respeito.
Acho que os cursos de idiomas de 1 mês, só são válidos depois de ter estudado muito por aqui. Acho que quem ainda está no nível básico, não consegue agregar muito no curso fora.

Estudei espanhol em Barcelona em abri de 2003. Fiz tudo pela CI no Brasil. O serviço da agencia foi bom e a escola Don Quijote é excelente. Recomendo muito, os professores sao otimos, tem uma didatica maravilhosa, se aprende a lingua rapido e sem nem sentir. Tive a sorte de ter a casa de um aconhecido pra ficar hospedada. Tinha colegas de classe que ficaram na residencia estudantil da propria escola e odiaram, eram apartamentos caindo aos pedaçoes e ninguume fazia a sua parte na limpeza (porque normalmente as estancias eram curtas). A escola nao é barata, mas achei que valeu muito a pena. Quanto a hospedagem recomendo pesquisar, porque algumas escolas oferecem boas residencias estudantis e outras nem tanto. Bom, gostei tanto de tudo que acabei ficando em Barcelona todo aquele ano, e nao voltei mais pro Brasil pulando de pais em pais, ate chegar de volta na Espanha, mas agora estou em Madri, que alias recomendo muito como cidade pra estudar espanhol.

Estudei inglês em Toronto, em 2005. Fiz pela CI, na escola Berlitz… Que tem muuuito menos brasileiros do que as LSC da vida. Pergunte, antes de comprar, qual é a escola com menor número de brasileiros. Recomendo a Berlitz, tem gente do mundo todo e você treina seu ouvido para vários sotaques diferentes. Sem falar que a Berlitz tinha business English, adorava.

Fiquei hospedada em um bairro no subúrbio… Chinês, paquistanês e italiano. O nome é Scarborough, mas por ser tão freak é conhecido como Scary-borough. Kkkkk.

Toronto é uma delícia. Pois é um melting pot de nacionalidades. Pois vejam, conheci meu quase-marido em um bar nessa cidade no dia dos namorados. 🙂

Em princípio minha escolha seria ficar em Vancouver. Mas passei 4 dias na cidade e já estava me coçando para ir embora. Vancouver é maravilhosa, mas a vida cultural em Toronto era beeem mais interessante. 🙂

Alguém já fez ou sabe a respeito de algum curso preparatório para o TOEFL nos USA que seja bom ou se vale a pena ? Se alguém tiver essas informações estou bastante interessada nas dicas. Obriagada!

Espanhol em Madri e Barcelona, duas semanas em cada cidade. Tempo ideal para vivenciar as cidades, fazer turismo e também estudar um pouco.

Havia reservado casa de família em Madrid, o que foi roubada total, era muito longe e não tinha familia apenas uma senhora sozinha. Logo no primeiro dia já mudei para residencia estudantil que ficava mais centralizado, perto da escola e era um ambiente multicultural.

Em relação a escola eu fui para a Enforex, a qual sugiro a de Barcelona, pois a de Madrid tive que brigar pois queriam fazer uma turma só com brasileiros no periodo da tarde, mas no Brasil tinham me vendido que as aulas eram de manhã.

Pesquisei bastante o preço, mas optei por fechar com agência pela comodidade, já que a economia nao seria muito grande se fechasse tudo direto, além do que a ag~encia conseguiu um low-cost Madri-Barcelona duas semanas antes de eu embarcar (achado total!).

Recomendo? Sim, mas com ressalvas: pesquise muito.

Eu fui para Vancouver em 2005 pela STB. A cidade é fantástica (foi amor a primeira vista) estudei Inglês na ILSC (cheia de brasileiros) estudava de manhã até ás 14h30. Fiquei em uma casa de família muito boa (eles até lavavam a minha roupa e preparavam um lanche para eu levar de almoço o que não é muito comum). E agora estou me preparando para ir para Dublin em Fevereiro onde fico até o final de agosto e depois vou para Barcelona onde fico até outubro. Pretendo ir pela agência Sem Destino.

Eu estudei espanhol na cidade de Salamanca, na Espanha. A cidade até hoje mora no meu coração: tanto por ser linda de morrer como pelos momentos maravilhosos que passamos lá. A escola se chama Isla ( http://www.academiaisla.com.es ) e é muito boa, reconhecida pelo Cervantes, com ótima infra-estrutura. Eu acertei tudo via internet direto com a escola e saiu, pasmen, menos de um terço do preço cobrado pelas operadoras de intercâmbio. Foi tudo super seguro, super correto, sem desembolsar um centavo antes de chegar lá. Paguei o curso e a acomodação só depois de assistir a primeira aula. O apartamento que fiquei era enoooorme, com 3 quartos, embora eu tenha pedido um apê para 2 pessoas. Conheço pessoas que ficaram em apartamentos compartilhados e na residência estudantil e foi tudo perfeito também. Eu gostei tanto, mas tanto, que já encaminhei umas trocentas pessoas pra lá! Pra quem tá pensando em estudar fora, eu sempre recomendo fechar por conta própria, sem o intermédio de uma operadora. Para isso, tem que pesquisar bastante e, preferencialmente, seguir indicação de alguém que já foi, para ter garantias.

eu fiz intercâmbio e universidade fora, conta ? ou so serve cursos de idiomas mesmo ?

eu ja fui representante de agências com EF e ELS, ja mandei e rcebi irtemcambistas… precisaria de um tempo pra escrever mais sobre isso !

    Escolas e cursos de inglês na Austrália, Canadá, Irlanda, Inglaterra, EUA. Site da Kaplan International, contém informações sobre os programas de intercâmbio, estudo no exterior e cursos de inglês no exterior oferecidos pela escola.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.