Enquete da semana: frigobar

fantauva1600.jpg

Como é a sua relação com o frigobar?

Você resiste? Você detona?

Você desliga a tomada para ele não te acordar durante a noite?

Na sua opinião, o que não pode faltar num frigobar?

Já levou algum susto com a conta?

Saiba o que eu penso do assunto clicando aqui.

Mas depois volte para cá e conte todos os detalhes sórdidos entre você e o frigobar pra gente.

76 comentários

Geralmente nos hoteis onde tripulantes ficam, o frigobar eh vazio. Eles ja sabem dos truques, como furar as latinhas por baixo e depois colocar no lugar (Eu acho isso de uma pobreza absoluta), repor tudo o que comer e etc. Eh, Chris, se isso das aguas do hotel no Rio aconteceu no Gloria ou no Leme Othon, tem maozinha de tripulante nisso.
Frigobar geralmente vira geladeira, mas mesmo quando esta cheia, agora com essa onda dos hoteis de terem maquinas de gelo em todos os andares, basta colocar as comidinhas numa sacola cheia de gelo que tudo se conserva. Se eu ja sei que vou a lugares onde sei que vou comprar “pereciveis”, ja levo minha sacolinha termica. Na ultima viagem, ao Brazil, minha sacola voltou cheia de queijo minas frescal e requeijao!

faço meu suprimento de dilicias e uso como geladeira direto e ignoro solenemente o conteudo exposto…uma aguinha e olhe la…
odeio o barulho do motor,tiro da tomada se incomodar ou uso meus inseparaveis ear plugs de silicone tambem…:)

Eu evito frigobar de todo jeito – nada como ser saudavelmente pão-dura
😉
Normalmente, serve de geladeira mesmo – porque eu ADORO ir em supermercado em viagem (pra ver as novidades), e comprar coisinhas pra comer no quarto, além de um vinho nacional obrigatório. Só apelo pro estoque do frigobar quando não tem jeito, ou quando os preços são semi-razoáveis (podem até enfiar a faca, que eu entendo a conveniência da água geladinha na sua frente, mas torcer a faca, aí também não).
Coisa mais boba, mas um hotel de Buenos Aires nos conquistou justamente por não querer cobrar a Coca light que nós tomamos (justamente porque o preço era razoável) no check-out. Já voltei lá, com convidados, e recomendo: é o Loi Suites Recoleta, ótimo.
Em Orlando, Florida, tem alguns hotéis que cobram à parte por colocar à disposição um frigobar (vazio, lógico) pra você usar. E tenho óooodio até hoje de um hotel que tinha essa história insuportável de tudo que você tirar paga – sem contar que não deu pra guardar meus queijinhos 🙁

Em Havana fiquei no Hotel Riviera. Como tudo em Cuba é caríssimo para o turista, tive certa precaução no consumo do frigobar. A surpresa apareceu depois de sete dias de hospedagem e somente algumas garrafas de agua mineral e Tukola consumidas : 83 Euros, algo como R$ 230,00 reais na época. E não adianta reclamar pois agua e refri custam em torno de 3 Euros cada. Fidel é o mais capitalista dos comunistas que conheço.

Odeio frigo bar, ainda mais trabalhando na rede hoteleira, acho um pe no saco he, he. Acho que so hotel em estrada deveria ter uma geladeirinha para acomodar as pessoas que param la (que geralmente precisam guardar suas coisas). Acho sim que os hoteis deveriam oferecer uma geladeirinha se o hospede precisar.

Bjs.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.