Paraty: queremos as suas dicas!

Paraty

A Thereza disse em um comentário que planejava visitar Paraty. Veio aqui no site checar as dicas e… poxa, deixamos a Thereza na mão. O Comandante está atualizando e publicando aos poucos os miniguias de praias, mas ainda vai levar um tempinho para chegar ao litoral do Sudeste.

Isso não quer dizer que não possamos ajudar a Thereza. A Bóia se adiantou indicando as pousadas recomendadas pelo Riq no 100 Praias que valem a viagem: Casa Turquesa (a mais tchans), Pousada da Marquesa (charmosa), Pousada do OuroPousada do Sandi (confortáveis), Arte Urquijo (intimista), Arte Colonial (opção econômica no centro histórico) e Vivenda Paraty (tão bem recomendada que vale a pena ficar a 10 min a pé do centro histórico). O Santa Clara é para quem prefere ficar em hotel. Acrescento que a melhor época para ir é o outono, mais seco. No verão costuma chover bem.

Para quem gosta de agito, o calendário cultural da cidade é bastante movimentado: a FLIP de 2013 está marcada para os dias 3 a 7 de julho, e todos os anos acontecem os mais diversos festivais. Tem de música, de fotografia, de cachaça, de camarão… Fora de datas especiais e feriados, o clima na cidade é de sossego, e dá para encontrar ótimos preços nas pousadas.

Estive em Paraty duas vezes e morro de amores por lá. A última viagem foi a mais redondinha. Dei sorte de fazer um passeio de escuna com um grupo pequeníssimo de pessoas. No dia seguinte, consegui um barqueiro que, vendo o movimento fraco de turistas no cais, topou fazer um descontão para ir a outras praias por onde a escuna não havia passado. Também estava tranqüila a praia de Trindade, onde passei um terceiro dia inteiro.

Os eventos e as praias podem ser bem bacanas, mas o charme e a graça de Paraty estão, sem dúvida, no centro histórico. É ele o assunto deste post do De Garfos e De Quartos. O centrinho está tão bem descrito e fotografado que deu até um aperto de saudade.

Você também é fã de Paraty? Deixe suas dicas de pousadas, restaurantes e passeios! A Thereza agradece, e nós também!

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


125 comentários

Há algum tempo também estive por aqui atrás das dicas de Paraty e infelizmente ainda não existiam. Acabei me informando no blog da Emília. http://www.aturistaacidental.com.br/category/paraty/. Para primeira visita acho que é interessante a hospedagem no centro histórico. Também preferi o passeio com barquinho, para fugir da agitação das escunas e pela flexibilidade do horário.Adorei encontrar uma praia exclusiva para o meu mergulho. Paguei R$ 70,00 a hora. Outra sugestão é o menu degustação do Banana da Terra. Numa próxima vez pretendo fazer a trilha para praia do Sono, que dessa vez não deu tempo.

Paraty, cidade adorável! E para muitas viagens, especialmente fora de temporada. E a Pousada Villas de Paraty é a coadjuvante perfeita para tornar a viagem inesquecível. Ela está situada às margens do rio Perequê-Açu, fora do centro histórico. Tem uma fábrica de cerveja e um restaurante anexo (Cervejaria Caborê) com mesas no jardim, em frente a orla do Perequê-Açu.

Estive em Paraty nesse último carnaval com minhas amigas e adorei!! Foi bem tranquilo, tinha festa no centro histórico mas nada muvucado, bem gostoso!
Fizemos um passeio de escuna com a Paraty Tours e recomendo! A agência fica um pouquinho antes do centro histórico, pagamos R$40, tinha música, mas só pra dar um ambiente, nada alto, o pessoal foi muito simpático e educado, serviram frutas para os passageiros(estavam uma delícia!). Eu fiquei numa pousada que é mais um hostel na verdade, não recomendo…Um amigo ficou nessa Pousada Villagio que a Fê Moraes indicou e tb gostou muito!A localização é ótima.
Tem vários restaurantes bons lá, mas só me lembro de 2, o Viva la Pizza,que fica na avenida que vai para o centro histórico, bem simples mas bem gostoso e o Benditas, que fica no parte histórica. Gostamos bastante!!
A gte ainda foi para as praias de Trindade, lugar lindo tb! Fizemos a trilha da Praia do Sono, é uma trilha moderada, tem até escadas e corrimão rsrsrs..Mas pra voltar pegamos um barquinho pq estávamos mortas kkkk..Pagamos R$20 cada, achei caro,mas enfim…A praia do Sono é linda demais, águas claras e tranquilas, vale muito a pena!

Oi, Ricardo e tripulantes!
Paraty é uma das minhas cidades favoritas, talvez porque tenha sido lá, no Parati33, que o maridão me pediu em casamento há uns oito anos atrás! 😛 Além das dicas que o pessoal já deu ali em cima, um programa imperdível (mesmo!) é o restaurante Sancho Pança! Ele fica em uma casa de tijolos aparentes na estrada Paraty-Cunha e serve a melhor Costela de boi no bafo de todos os tempos! Para quem gosta de carne de porco, a picanha de leitão também é sensacional! Mas o melhor é o clima, super agradável, que os chefs mantém: há sempre uma boa história para ouvir! Thereza, vai lá que a dica é quente! 😉
Segue o site do restaurante: http://www.sanchoparaty.com.br
Abração,
Juliana

Recomendo a Pousada da Terra Paraty, atendimento excelente pelos proprietários e muito conforto,localizada um pouco afastada do centro, em uma area silenciosa ao lado de uma reserva ambiental. Para ir ao centro, o deslocamento de carro e facil com estacionamento próximo aos restaurantes. Quanto ao passeio de escuna escolha um barco sem música ao vivo e nao deixe de ir as praias de Trindade, paradisíacas!

Fiquei na Pousada do Príncipe e gostei muito, a localização é ótima, tem tudo por perto, bancos, restaurantes, mercados, e é perto para ir ao centro histórico a pé. É muito charmosa e o pessoal muito simpático e atencioso. Recomendo também a moqueca do Restaurante Arpoador, estava maravilhosa e não é caro. Uma dica que escutei lá de um senhor é que se a gente marchar igual cavalo não torce o pé, é esquisito, mas é verdade, rsrsrs

Uma opção bem bacana fora da cidade é ir almoçar na Gite de Indaiatiba. O lugar foi todo reflorestado com palmito juçara e a comida, ao menos da vez que lá estivemos, é muito boa, assim como as caipirinhas. Fomos muito bem atendidos pelo dono da pousada, um francês casado com brasileira e apaixonado pelo Brasil (enfim, um clichezão gaulês). Vale o passeio, dá até pra aproveitar a cachoeira que tem lá. http://www.legitedindaiatiba.com.br/iindex.htm

    Já fiquei nessa pousada e foi ótimo, Faz já alguns anos, os chalés eram simples mas charmosos, o café da manhã delicioso e a sauna, à lenha, imperdível, com direito a banho de cachoeira pra compensar. Bom pra casais e até para famílias, crianças (não muito pequenas)adoram!

Da última vez que fui a Paraty (fev/2013), fiquei no Jabaquara, que é 5 min do centro histórico. Os passeios estavam em promoção: escuna+jipe =R$60,00 p/ pessoa. Não caiam na roubada de fazer os passeios direto com a pousada, é sempre mais caro e não tem como barganhar.

Eu AMO Paraty!
Eu recomendo a pousada Villagio! Pequena, limpa, bons preços, café da manhã caprichado, enfim, bom custo benefício e pertíssimo do centro histórico!
Sempre que vou, procuro a escuna Rei Cigano. O pessoal é super simpatico, não é muito grande nem fica lotada, a comida é uma delícia e nada de axé/funks/afins, só rola uma mpbzinha de boa qualidade em um valume agradável.
Um lugar escondidinho e muito especial para comer é o Le Castellet, uma creperia francesa maravilhosa!
Ai que saudades que bateu!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.