villa-la-angostura

Enquete | Que destinos e atrações você considera subestimados?

villa-la-angostura

Uma das sensações mais legais quando viajamos são aquelas boas surpresas que aparecem no meio do caminho entre um lerê e outro, entre um destino e outro, como já diria o Comandante.

Isso aconteceu comigo quando cheguei em Chicago e dei de cara com uma metrópole interessante, repleta de boas atrações e um clima muito agradável. Meus dias por lá sempre se resumiam a um pensamento: “por que mesmo ainda não invadimos essa praia? ”

Outro destino geralmente subestimado que me surpreendeu foi Villa la Angostura, a menos de 100 km de Bariloche. Essa charmosa cidade é casa de hotéis aconchegantes que têm cara de lua de mel e paisagens patagônicas muito bonitas.

E o museu Germanisches Nationalmuseum – ou Museu Nacional Germânico? Depois de visitar a ilha de museus em Berlim, pensei que já tinha encerrado a cota de museus impressionantes. Ledo engano, meu caro! O acervo desse museu escondido dentro das muralhas de Nuremberg merece o desvio no roteiro de viagem pela Alemanha de qualquer aficionado por história.

Pensando nesses exemplos e lembrando do sucesso da enquete sobre quais destinos e atrações são superestimados, resolvi lançar a pergunta oposta: quais são os subestimados? Aquele segredo que ninguém parece dar muita bola, aquela praia incrível que passa desapercebida, aquele bate-volta que ninguém comentou ou aquele museu que nunca é citado… aqui vale tudo.

Então, conta pra gente: qual lugar você conheceu, curtiu bastante e acha que merece mais destaque?

Mais enquetes:

116 comentários

Taormina é a cidade que mais me surpreendeu até hoje. Linda vila medieval no alto da montanha , com todas as casas floridas, medieval , com um jardim público maravilhoso com uma vista linda da ferrovia e da praia bem abaixo e do vulcão Etna que visitei a partir desta cidade , uma vila menor ainda acima de Taormina que vale muito ir por ela mesmo e pela ampla visão abaixo .
O teatro grego de Taormina é belíssimo e muito conservado , fui a Saracusa em uma excursão a partir desta cidade . Tudo nesta pequena cidade é um charme total .

Lauterbrunnen, na Suíça! É uma cidade que fica em um vale belíssimo e é um dos pontos de partida para se subir ao Jungfraujoch (a outra opção é a cidade de Grindelwald). Pois então, todo mundo só fala em Grindelwald e ignoram Lauterbrunnen. Ou então as pessoas fazem um pequeno “pit stop” no local por causa da belíssima cachoeira que fica no centro da cidade e que é visível de dentro do trem, na descida do monte Jungfrau. Porém, o vale de Lauterbrunnen é um escândalo de bonito, uma verdadeira jóia relativamente desconhecida! São mais de 60 (juro!) cachoeiras distribuídas pelo vale, provenientes das águas de degelo das montanhas. Na minha opinião, Lauterbrunnen é uma miniatura da Suíça, está tudo ali: os alpes exuberantes do oberland bernês, campos floridos e as famosas vaquinhas pastando alegremente! Fiquei um dia inteiro na cidade (fiz um bate-volta a partir de Berna) e foi um dos melhores passeios da minha vida. Vale a pena pegar a trilha/estradinha que leva até as Trümmelbachfälle (ou Cataratas de Trummelbach). O percurso é todo plano, leva uma hora a pé e a gente nem vê o tempo passar, de tão lindas que são as paisagens. E a recompensa são as cachoeiras dentro da montanha. Se você for cedo, ainda dá tempo para subir de bondinho até Mürren, com direito a um passeio de funicular até Allmendhubel, onde , com um pouco de coragem, dá para imitar a Noviça Rebelde cantando sobre uma bela montanha florida! 😉

Guimarães, Portugal. Belíssimo centro histórico.
Khajuharo, Índia. Templos fabulosos.
Fez, Marrocos. Cidade exótica belíssima.

Voltei de lá ontem.
Não sei se o termo é subestimado, mas que é muito negligenciado na hora de ser escolhido como destino: Serra da Capivara – Piauí!!
É tudo que o Riq falou em 2013 e muito mais. Vale toda a viagem, deslocamento e afins. E nem precisa de mais de um dia no destino pra achar que tudo valeu a pena (mas claro que quanto mais puder ficar, mais legal vai ser)!

Quem quiser se surpreender com o Ceará das belas praias, precisa conhecer a Prainha do Canto Verde, uma praia onde não há (felizmente), a multidão de turistas que invadem as praias do estado, chegando lá, se depara com uma antiga vila de pescadores, sem as imensas infra estruturas hoteleiras, lá, as pessoas se hospedam na casa de pescadores, ou em pousadas administradas por eles, para relaxar ou fugir da agitação, não tem lugar melhor, fica há apenas 110 kilometros da saída de Fortaleza, no litoral leste, pegar a CE-040, e desfrutar do verdadeiro PARAÍSO.

Bóia, vale dar um chute? Um lugar onde não fui mas que, pelo que leio, sei que vou amar, e pelo que sei, é pouco visitado por brasileiros? Nashville. As notícias que tenho: vida noturna interessante, muita música tradicional e novíssima, boa comida e muito boa bebida. Nashville é o meu motivo para visitar o Tennessee e voltar com 5 litros de bourbon.

Aracaju. Ok, não é a capital nordestina com mais atrações, locais históricos etc. Mas é uma ótima para descansar: muitos hotéis, frutos do mar, orla muito bem cuidada e bem mantida para vários esportes e passatempos, tênis, bicicleta, caminhada, ótimos cafés (não do estilo parisiense ou italiano, mas do nordestino mesmo: de manhã e de noite você encontra bufês de especiarias do Sertão, cuscuz, bolos, carne do sol, doces, sucos). Para quem mora no Nordeste ou para quem está fazendo um tour de carro pela região, Aracaju é um ótimo pit-stop ou escapada. Um fim de semana lá revigora. E viva o pastel de aratu!

Tallinn! Quando fui (fev/2015) não achei nada em sites brasileiros, e olha que fucei…! Um dos centros históricos mais lindos que já vi na Europa, custo barato, facilmente combinada com a Finlândia (2hs e meia de uma enooorme ferry que mais parece um naviozão mesmo), a algumas poucas horas também de São Petersburgo. Surpreendente e apaixonante.
E a Noruega! É um país para ir duas vezes, no inverno e no verão. No verão tem inúmeras trilhas, passeio de caiaque nos fiordes, sol da meia noite. No inverno tem os fiordes com neve, aurora boreal. Sem dúvida o país com mais beleza natural que já visitei na Europa. A Noruega é incrível e há pouquíssimo conteúdo em português na internet, sem contar que os poucos brasileiros que vão, nem param em Oslo, o que também é um pecado!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.