Entreouvido no Arraial d’Ajuda

detalhebeijovento450.jpg

Foi no bar Girassol, sexta-feira, madrugada.

A turista: – Há quanto tempo você mora no Brasil?

O barman: – Diez años.

40 comentários

Vou pedir ao PAPAI NOEL para comprar uma casa para ele, prá ele não morar mais na arvore, escada e cordinha.

foi dito pela Bruna de 2 (dois) anos ao seu avô, na loja Americana no Iguatemir Shopping, em 17/11/2007.

Enviado por vovô Gil

Entreouvido aqui em Sampa mesmo, hoje de manhã:

“No Nordeste, até o tubarão que ataca os surfistas é cabeça-chata” 😆

Turma, não se esqueçam, bebam por mim. Com este frio (inclusive aqui em Rebs), um vinho cai bem, não? Então, uma taça é por mim, tá legal?
Beijos a todos e boa conVnVção.

Ricardo o argentino que mora en Brasil hace 10 anos e no fala portugués, não é e mesmo argentino que conocí en Arraial d’Ajuda, é otro.

Mais eu não me sentido incómoda, não. Eu sabia que você no hablaba de mí, que não era uma “indirecta”.

En la Costa Blanca y la Costa del Sol (Espanha) hay vilas (povos) que únicamente falan inglés o alemán, mais como os espanholes somos horribles com as línguas as dois o tres comunidades no falan entre elas, não se comunican. Elas viven de espaldas umas das otras.

Bemvindo a la “city”.

Pessoas,

Farei das tripas coração pra estar lá. Tenho prova de mergulho aqui em Jundiaí quinta à noite e se não me demorar muito eu chego. De qquer forma um ótimo encontro para todos.

Carmen, esse post não era uma “indireta” pra você, não! É que por aqui todo mundo conhece pelo menos um argentino que mora há 10 anos no Brasil e não fala uma palavra de português!

Só o fato de você LER em português (e neste português informal e cheio de gíria — jerga — e termos cifrados) já faz de você um caso especialíssimo! Continue escrevendo em espanhol, sim, que a gente também entende e aprende…

Meilin, não se usa “vos” en Espanha, mais muitos argetinos viven aqui.

Nos entendemos bem é a mesma língua, mais cada país tiene suas peculiaridades idiomáticas.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.